You are on page 1of 34

O Rebite é um elemento de fixação mecânico metálico de união permanente. Antes de sua instalação, consiste num cilindro com uma cabeça em uma das extremidades, similar a um prego ou pino.

Os materiais devem ser resistentes e dúcteis, sendo os mais utilizados: o aço, cobre, alumínio e latão;

Rebite de Aço .

Rebite de Cobre .

Rebite de Alumínio .

.

Os tipos de rebite são divididos pelo formato da cabeça. onde há uma relação padronizada entre diâmetro (d) do corpo e da cabeça. .

.

Vamos ver outros exemplos.O quadro apresenta alguns tipos de rebite. Mas é grande a variedade dos tipos de rebite. . Um mecânico precisa conhecer o maior número possível para saber escolher o mais adequado a cada trabalho a ser feito. segundo a forma de suas cabeças.

.

. escariada ou especiais. os rebites maciços são utilizados para unir e fixar duas ou mais peças.Rebites maciços são peças com cabeça e corpo sólidos conformados á frio. Podendo ser estampados com cabeças chata. abaulada.

. os rebites semi-tubulares são aplicados em peças com articulações. abaulada. escariada ou especiais. união de peças e para facilitar a fixação sem deformar a parte maciça da haste.Rebites semi-tubulares são peças conformadas á frio com um furo na extremidade de sua haste. podendo ser estampados com cabeças chata. Em sua industrialização o furo é conformado no rebite com o processo de extrusão inversa.

abaulada. corpo maciço conformados á frio com o recartilho em sua haste. em alguns casos o recartilho serve como trava na injeção plástica. sendo aplicado com interferência o recartilho na peça. . Podendo ser estampados com cabeças chata. escariada ou especiais.Rebites recartilhados ou rebite tipo ‘‘U’’são peças com cabeça. os rebites recartilhados são utilizados para unir e fixar duas ou mais peças onde não há possibilidade de fixação por sua haste.

os rebites escalonados são aplicados em peças com articulações e fixações de peças com geometria complexa. os rebites escalonados. podendo ser estampados com cabeças chata.Rebites escalonados são peças onde sua geometria consiste em cabeça e haste com dois ou mais corpos em alguns casos também podem ser conformados com sua haste semi-tubular conformados á frio. escariada ou especiais. abaulada. .

.

.

da cabeça e do comprimento dos rebites conforme sua utilização.A fabricação de rebites é padronizada. são calculados através de fórmulas. ou seja. segue normas específicas que indicam as medidas corretas do seu corpo. As dimensões dos diâmetros dos rebites. .

Sendo:  dR = diâmetro do Rebite.  < S = menor espessura (considere a sempre a chapa de menor espessura no cálculo).  1.5 = valor constante. .

06 = valor constante. .  = diâmetro do Furo.Sendo:  dF = diâmetro do Furo.  1.

 dR = diâmetro do rebite.  S = soma das espessuras das chapas. .Sendo:  L = comprimento útil do rebite.  y = constante determinada pelo formato da cabeça do rebite.

5? Diâmetro Rebite: dR = 1.5 ·5 mm dR = 7. qual o diâmetro do Rebite.5 mm .5 · < S dR = 1.5 + (6+5) L = 22. específica deste rebite 1.Para rebitar duas chapas de aço.5 · 7. sendo a const.0 mm Comprimento útil: L = y · dR + S L = 1.06 dF = 12. diâmetro do Furo e seu comprimento útil.06 dF = 7.5 mm Diâmetro do Furo: dF = dR · 1.5 · 1. uma com espessura de 6 mm e outra com espessura de 5 mm.

.

    Para adquirir os rebites adequados ao seu trabalho. . o diâmetro do seu corpo.  o tipo de cabeça a ser formado. Na especificação do rebite é importante você saber qual será o seu comprimento útil (L) e a sobra necessária (z). é preciso levar em conta:  o diâmetro do rebite. ou seja: de que material é feito. é necessário que você conheça suas especificações. Nesse caso. o seu comprimento útil.  o modo como vai ser fixado o rebite: a frio ou a quente. o tipo de sua cabeça.

para facilitar o processo ou para modificar das características mecânicas da peça final.Os Rebites em geral são feitos por Conformação que é o processo mecânico onde se obtém peças através da compressão de metais sólidos em moldes. . O processo pode ou não ser executado com o aquecimento da matéria-prima. utilizando a deformação plástica da matéria-prima para o preenchimento das cavidades dos moldes.

.

.

3. outros fatores também devem ser examinados.Em qualquer ligação rebitada. Cisalhamento nos rebites. além de se levar em conta o cisalhamento nos rebites. Espaçamento mínimo entre rebites. Compressão nas paredes dos furos. Sempre que se projeta ou verifica uma ligação rebitada deve-se analisar os seguintes itens: 1. 2. Tração nas chapas enfraquecidas. . 4.

 .. unindo materiais de diversas espessuras. arruelas de pressão. sem distorcer ou danificar as superfícies aplicadas. independente da habilidade ou força do operador Resistente à vibração.  Na rebitagem "CEGA". onde existe acesso por um só lado. etc. os Rebites garantem um aperto uniforme. dispensando o uso de porcas.Elevado poder de Tração.

Os defeitos causados pelo mau preparo das chapas são:  .  É um tipo de união permanente. ou seja.  Os principais defeitos na rebitagem são geralmente o mau preparo das chapas a serem unidas e à má execução das operações nas fases de rebitagem. uma vez instalados não podem ser retirados sem que fiquem inutilizados.Os defeitos. por menores que sejam. representam enfraquecimento e instabilidade da união.

formando degraus Chapas mal encostadas Diâmetro do furo maior que diâmetro do rebite .Furos fora do eixo.

Calçados Calça Jeans Biquíni Cinto Chapéu .