You are on page 1of 24

FIFE- Faculdades Integradas de Fernandópolis

FEF – Fundação Educacional de Fernandópolis

Ecologia e Análise Ambiental
Profª Rosangela Aparecida de Souza

Biomedicina - Semestre III

Ana Carolina Nogueira Tosta Daniela Fávaro Fernando Alcino da Silva Ponciano Luana Gabriela Bovo Cavalcante Mércia da Silva

Defensivos Agrícolas

História  A agricultura iniciou-se no Neolítico onde após modificações climáticas.  A agricultura foi se desenvolvendo pelos séculos e adquirindo novas tecnologias para a produção agrícola. . o homem se sedentarizou.

História  Começaram a ser usados no mundo após a Segunda Guerra Mundial. .  Muitos eram armas químicas contra soldados.

fertilizantes. .História  Na década de 50. maquinas agrícolas e agrotóxicos promoveram a “Revolução Verde”.

História “Revolução Verde” = controle da produção agrícola Fim da fome no mundo .

 No Brasil os maiores usos eram no café e no algodão. .  Uso indiscriminado de agrotóxicos nas plantações sobre a pressão dos financiadores da agricultura.História  Nos anos 50 e 60 usado sob o termo “defensivos agrícolas”.

História  Em 1962. Rachel Carson publica. nos EUA. “Silent Spring”. .

3T (agente laranja). o DBCP  Paraquat  Fungicidas à base de mercúrio. Aldrin. . o EDB.4. Fundal  O 2. Dieldrin  Clordane e Lindane  Heptacloro  Gama BH  Parathlon  Monocrótofos: Azodrin. Nuvacron  Aldicarb (Temik)  Clordimeform: Gelecron.História A Dúzia Suja  DDT  Os “drins” .Eldrin.

DE 11 DE JULHO DE 1989. .802.Legislação  LEI Nº 7.

hídricos e industriais. a fim de preservá-las da ação danosa de seres vivos considerados nocivos” . nas pastagens. cuja finalidade seja alterar a composição da flora ou da fauna. e de outros ecossistemas e também de ambientes urbanos. destinados ao uso nos setores de produção. na proteção de florestas. químicos ou biológicos. no armazenamento e beneficiamento de produtos agrícolas. nativas ou implantadas.Legislação  “Os produtos e os agentes de processos físicos.

Aniquiladores ( -cida)  Inseticidas  Fungicidas  Acaricidas  Nematicidas  Herbicidas  Bactericidas  Vermicidas .

.  Durante a entrevista. formado pela Universidade Estadual do Norte do Paraná Campus Luiz Meneghel Bandeirantes.Entrevista  Engenheiro Agrônomo Francisco Calvoso Paulon. ele citou os benefícios e malefícios e comentou sobre a nova Lei que determina a rotulação dos frascos de Agrotóxicos.

Benefícios  Produção de alimentos em grande escala  Baixo custo na produção final .

 Aparecimento de resistência dos seres vivos aos agrotóxicos. intoxicação e até morte de agricultores  Extinção de espécies animais. rios.Malefícios  Contaminação do solo  Contaminação alimentícia (consumidor final)  Poluição das águas (aquíferos. lagos)  Contaminação.  Alterações do solo e clima. .

.

comparando-as com as doses mortais. aproximadas.Tabela apresenta os diferentes grupos de perigo das substâncias químicas. para o homem. a dose letal de 50% (DL50*). Fonte: Ministério da Saúde .

.Legislação  Desde Julho de 2012 todos os frascos de agrotóxicos são necessariamente rotulados com uma cor que indica o índice de toxicidade.

Classe Toxicológica de Embalagens .

.Descarte de Embalagens  Coordenação Geral de Agrotóxicos e Afins realizam a fiscalização Federal .

.

Possível Solução – Controle Biológico de Pragas  Cigarrinha-da-Raiz (Mahanarva fimbriolata) é um inseto que atinge a cultura de cana-de-açucar.  Metarhizium anisopliae. também chamado de fungo- verde é o agente controlador da .

.

sp.pdf?sequence=1 . Ministério da Agricultura – Agrotóxicos.pdf .gov. Acessado em 29 de Maio de 2013 às 00 horas e 31 minutos.Agencia Nacional de Vigilancia Sanitária.sigrh. Acessado em 27 de Maio de 2013 às 13 horas e 46 minutos. Geraldo. Dísponível em http://bd. ANVISA. Disponível no link http://www. Ministério do Meio Ambiente – Segurança Química: Agrotóxicos.planalto.br/sigrh/arqs/relatorio/crh/cbh-alpa/1121/Uso_de_agrotoxicos_na_agricultura.br/vegetal/agrotoxicos. Disponível no link http://www. José e Nelson.br/bd/bitstream/handle/bdcamara/2227/agrotoxicos_construcao_lucchese. Lucchesi.mma.anvisa. Editora Ática.gov.com. TODA A HISTORIA – HISTORIA GERAL E HISTORIA DO BRASIL. 6ª Ed.ESTUDO.agricultura.br/artigos/agrotrab. AGROTOXICOS – CONSTRUÇÃO DA LEGISLAÇÃO.htm.gov.html . http://www.ergonomianotrabalho. Disponível no link http://portal. Disponível no link http://www. Sistema de Informação de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo. Acessado em 27 de Maio de 2013 às 13 horas de 12 minutos.gov.  Arruda e Piletti.       .br/ccivil_03/leis/l7802. – Estudo sobre uso de agrotóxicos na agricultura.br/segurancaquimica/agrotoxicos. Acessado em 28 de Maio de 2013 às 00 horas e 53 minutos. 1997.br/wps/portal/anvisa/anvisa/home/agrotoxicotoxicologia/!ut/p/c4/04_SB8K8xLLM9MSSzPy8xBz9CP0os3hnd0cPE3 MfAwMDMydnA093Uz8z00B_A3djM_2CbEdFANFW4Q0!/?1dmy&urile=wcm%3Apath%3A/anvisa+portal/anvisa/inicio/agrotoxicos+e+toxic ologia/publicacao+agrotoxico+toxicologia/rotulagem. Acessado no dia 29 de Maio de 2013 às 03 horas e 01 minutos. Legislação sobre Agrotóxicos disponível no link http://www.gov.camara.gov. Acessado em 27 de Maio de 2013 às 22 horas e 20 minutos. Acessado em 28 de Maio de 2013 às 23 horas e 31 minutos.