You are on page 1of 20

ABORTO
(Art. 124 a 128, CP)

 Conceito: Interrupção do processo de gravidez. com a conseqüente destruição do produto da concepção.  . É a eliminação da vida humana intrauterina.

125 . de 1 a 4 anos.reclusão. Parágrafo único. Aborto provocado por terceiro Art.Aborto provocado pela gestante ou com seu consentimento Art.Provocar aborto.Provocar aborto em si mesma ou consentir que outrem lho provoque: Pena . de 1 a 3 anos.detenção. ou é alienada ou debil mental.reclusão. ou se o consentimento é obtido mediante fraude. de 3 a 10 anos. Aplica-se a pena do artigo anterior. sem o consentimento da gestante: Pena . se a gestante não é maior de quatorze anos. grave ameaça ou violência .Provocar aborto com o consentimento da gestante: Pena . Art. 126 . 124 .

a gestante sofre lesão corporal de natureza grave.se não há outro meio de salvar a vida da gestante.se a gravidez resulta de estupro e o aborto é precedido de consentimento da gestante ou. .Não se pune o aborto praticado por médico: Aborto necessário I . 127 .As penas cominadas nos dois artigos anteriores são aumentadas de um terço. Aborto no caso de gravidez resultante de estupro II . quando incapaz. se. de seu representante legal. 128 . Art. e são duplicadas. por qualquer dessas causas. em conseqüência do aborto ou dos meios empregados para provocá-lo. lhe sobrevém a morte.Forma “qualificada” (na verdade aumento de penal) Art. se.

Espécies de Aborto a) Auto-aborto (art. parágrafo único) – Mesmo sendo com o consentimento da gestante a pena é equivalente ao “aborto sem consentimento da gestante” – Motivos: “gestante menor de 14 anos. sem o consentimento da gestante (art. com o consentimento da gestante (art. alienada.. 124 – 2ª parte) – “permitir que outrem lho provoque” c) Aborto provocado por terceiro. 126) e) Aborto Majorado (art.. consentimento mediante fraude..” . 124 – 1ª parte) – “provocar em si mesma” b) Aborto Consentido (art. 126. 125) d) Aborto Provocado por terceiro..

eugênico ou piedoso (crime) – Há jurisprudência que acolhe como fato atípico – Feto ANENCEFÁLICO. .  Aborto Necessário ou Terapêutico (128.Espécies de Aborto – Continuação f) Forma “qualificada” do aborto (NA VERDADE AUMENTO DE PENA) (art. (para o art. II) – “estupro” h) Aborto Natural – Não tipificado. I) – “salvar a vida da gestante”  Aborto Sentimental. 127) – 1/3 de aumento em caso de lesão à gestante e duplicada diante de sua morte. 125 e o art. i) Aborto Eugenésico. humanitário ou ético (128. 126) g) Aborto Legal (128). Causas de exclusão da ilicitude.

reclusão. consentimento da gestante: Pena . 125 . Auto-aborto e Aborto Consentido Art. de um a três anos.  Aborto Provocado por terceiro. sem o . de três a dez anos.Provocar aborto em si mesma ou consentir que outrem lho provoque: Pena . 124 . consentimento da gestante sem o Art.detenção.Provocar aborto.

reclusão. com o consentimento da gestante Art. . 126 .Provocar aborto com o consentimento da gestante: Pena . de um a quatro anos. Aborto Provocado por terceiro.

ou se o consentimento é obtido mediante fraude. Aborto Majorado (relativo ao Aborto Provocado por terceiro. ou é alienada ou debil mental.reclusão. 126 Parágrafo único. Aplica-se a pena do artigo anterior. Pena . com o consentimento da gestante) Art. de três a dez anos. se a gestante não é maior de quatorze anos. grave ameaça ou violência. .

As penas cominadas nos dois artigos anteriores são aumentadas de um terço. se. lhe sobrevém a morte. . por qualquer dessas causas. 127 . e são duplicadas. em conseqüência do aborto ou dos meios empregados para provocá-lo. a gestante sofre lesão corporal de natureza grave. se. Forma qualificada do aborto Art.

I) I .se não há outro meio de salvar a vida da gestante. 128 . Causas de exclusão da ilicitude.Não se pune o aborto praticado por médico: 1) Aborto Necessário ou Terapêutico (128. Art. Aborto Legal. .

quando incapaz. II) II . Aborto Sentimental.se a gravidez resulta de estupro e o aborto é precedido de consentimento da gestante ou.  Aborto Natural: Interrupção espontânea da gravidez. normalmente causada por problemas de saúde da gestante (fato atípico. um indiferente penal) . de seu representante legal. humanitário ou ético (128.

 Aborto miserável. Também não exime o agente de pena. Aborto honoris causa: usado para interromper gravidez fora do casamento.  . incapacidade financeira de sustentar a vida futura. pois não há previsão legal. Esse tipo de aborto não exime o agente de pena. social ou econômico: praticado por razões de miséria.

 Aborto Acidental: aquele que decorre de traumatismo ou outro acidente. Aqui não há crime. .

vida e incolumidade física da mãe. somente a gestante pode ser sujeito ativo. 125 e 126). por tratar-se de crime comum. pois trata-se de crime de mão-própria. Sujeito Passivo: pessoa sobre quem recai a conduta. no caso. Sujeito ativo: no auto-aborto ou aborto consentido (art. o feto. o aborto pode ser praticado por qualquer pessoa. além da vida do produto da concepção (aborto provocado por terceiro).   . * No aborto provocado por terceiro. com ou sem o consentimento da gestante (arts. 124).Estrutura Típica do Crime  Proteção Jurídica: direito à vida do feto (auto-aborto).

• Não se admitindo a modalidade culposa. Tipo Objetivo: “provocar” é o núcleo (verbo) do tipo penal (dar causa. Tipo Subjetivo: dolo direto ou eventual (na segunda hipótese há apenas a assunção do risco do resultado). originar o aborto) – Ação realizada antes do parto.  .

 . dá causa a aborto.DESTAQUES  A conduta de terceiro que. responderá pelo delito de lesão corporal. culposamente. A conduta descuidada da mulher que provoca a morte do feto é fato atípico. pois não se pune a auto-lesão.

i) Tentativa: é possível. como na hipótese de a manobra ou meio abortivo empregado não desencadear a interrupção da gravidez.h) Consumação: com a interrupção da gravidez e a conseqüente morte do feto. A expulsão do feto é irrelevante para a consumação. pois a medicina aponta diversos casos em que o feto morto não é expelido das entranhas maternas. . em qualquer modalidade de aborto. j) Ação Penal: é sempre Pública Incondicionada.

meios físicos (curetagem). enfermeira ou parteira que não toma as medidas para evitar). Meios de execução do crime:  É crime de ação livre (podendo ser realizado de várias formas.      meios químicos (drogas). por qualquer meio): ação ou omissão (médico. elétricos (choque) . térmicos (bolsas de água quente). meios psíquicos (susto).