Reciclagem de Pneus

• • •

Dorival Pena Junior Kauana Rafael de Paula Larissa Chmilouski Taraciuk

Pedro Henrique Damasceno Otranto

Introdução
• Na natureza, o passivo ambiental de um pneu é caro: • Demorar muito para se decompor (600 anos); • Quando queimado, o pneu solta uma fumaça negra, que é poluente; • Nos leitos dos rios, eles atrapalham o fluxo natural das águas;

.Introdução • Dengue. • Na limpeza do rio Tietê (2002 e 2006) 120 mil pneus foram encontrados (Estadão). • Estimativas são de 30 milhões de pneus jogados por ano (Akatu).

• 8 milhões para automóveis. • 2 milhões para motos. • 300 mil para veículos agrícolas ou off roads ( Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus). • Anualmente são : • 7.. .6 milhões de pneus reformados para caminhões e ônibus. • Receita de R$ 5.Introdução • No entanto. o Brasil é um grande reformador de pneus.6 bilhões ao ano (dados de 2007).

Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos) .Introdução • Cerca da metade dos pneus usados é reaproveitada. • Levando em conta que 63 milhões de pneus novos são produzidos por ano. (Fonte: Anip . do que é produzido. é como reformar 28%.

• Pela Resolução 258 do CONAMA. . fabricantes e importadores de pneus passaram a ter a obrigação de dar uma destinação correta aos pneus.Legislação • O Brasil foi o primeiro país a adotar uma legislação específica para pneus. de 1999.

pneu ou pneumático inservível: aquele que não mais se presta a processo de reforma que permita condição de rodagem adicional. considera-se: • . • Art. constituído basicamente por borracha e materiais de reforço utilizados para rodagem em veículos.1º . 2o . As empresas fabricantes e as importadoras de pneumáticos ficam obrigadas a coletar e dar destinação final. Para os fins do disposto da Resolução. . • .• Art.pneu ou pneumático: todo artefato inflável.

as empresas importadoras deveriam dar destinação final a quatro pneus inservíveis. as empresas deveriam dar destinação final a um pneu inservível.a partir de 1o de janeiro de 2004: a cada quatro pneus novos fabricados. inclusive aqueles que acompanham os veículos importados. Os prazos e quantidades para coleta e destinação final dos pneumáticos inservíveis.• Art. E para cada três pneus reformados importados. 3o . deveria haver destinação final a cinco pneus inservíveis.a partir de 1o de janeiro de 2002: para cada quatro pneus novos fabricados no País ou pneus importados. pelas empresas fabricantes e as importadoras : • . . de qualquer tipo. • .

comprovar junto ao IBAMA. . 7o As empresas fabricantes de pneumáticos deveriam. anualmente.• Art. a partir de 1o de janeiro de 2002. a destinação final das quantidades de pneus.

. para armazenamento temporário e posterior destinação final ambientalmente segura e adequada. 10°.• Art. Os fabricantes e os importadores poderão criar centrais de recepção de pneus inservíveis. a serem localizadas e instaladas de acordo com as normas ambientais e demais normas vigentes.

Vulcanização da Borracha • Processo descoberto incidentalmente em 1839 por Charles Goodyear. Processo em que se adiciona de 2 a 30% de enxofre à borracha sob aquecimento e na presença de um catalisador como PbO2 com a formação de um polímero tridimensional de enxofre servindo de ponte entre as cadeias carbônicas. .

Composição do Pneu .

Métodos de Reciclagem do Pneu • Pirólise genérica .decomposição química por calor na ausência de oxigênio • Processo Petrosix – São Matheus do Sul -Pr .

Esse método preserva cerca de 80% da matéria-prima e energia necessária para a fabricação de um novo pneu.Métodos de Reciclagem do Pneu • Reforma ou Recauchutagem .Recoloca a parte da borracha gasta na banda de rolagem. .

reduzidos a pó fino. .A recuperação consiste na simples trituração dos pneus e moagem dos resíduos. A borracha contida nos resíduos.Métodos de Reciclagem do Pneu • Recuperação . não sofre modificação e não é separada dos demais compostos. na forma vulcanizada.

• Pistas de atletismo.Aplicações • Na Engenharia Civil • Pavimentos/Estradas • Grama sintética. .

Aplicações • Pisos de academia de ginástica. • Obstáculos para trânsito . • Elementos de contrução em parques e playgrounds. • Quebra-mar.

.Métodos de Reciclagem do Pneu • Regeneração ou desvulcanização .a borracha é separada dos outros componentes e desvulcanizada.

Aplicações • • • • • Reutilização do aço Chinelos Tapetes de carro Chão de academia Movéis .

Conclusão .

Vídeo .

alunosonline.html .br/quimica/vulcanizacaoborracha.com.Referências • http://www.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful