REALISMO SOVIÉTICO

A renovação estética nas Américas

Realismo soviético – denominação genérica usada para classificar as obras literárias, visuais, arquitetônicas e até musicais que serviam ao propósito de fazer propaganda do regime comunista. Associação dos Artistas da Rússia Revolucionária (1922) – esboço das regras do realismo socialista – OBJETIVO – retomar o FIGURATIVISMO CLÁSSICO – pessoas, objetos e paisagens. Comitê Central do Partido Comunista (1932) – determina por escrito os princípios ideológicos do realismo socialista, com caráter de lei. Estética oficial do regime soviético a partir de 1932, instituída por Josef Stalin. "O artista deve mostrar a vida com veracidade. E, se ele mostra nossa vida verdadeira, não pode deixar de mostrá-la avançando para o socialismo. Isso é, e será, realismo socialista", disse Stalin. (Livro – Stalin – A Corte do Czar Vermelho,
historiador inglês Simon Sebag Montefiore).

-

Na história das vanguardas a europeias . . .
 

 

No início do século XX – período fértil e turbulento – grandes transformações culturais e sociais. Não se representava mais com base na antiguidade clássica, possibilitando um aparecimento de vários movimentos/propostas artísticas. No contexto da revolução russa – a necessidade de mudança invadia vários setores da sociedade. Aparecimento de vários laboratórios na mais variadas linguagens – plásticas, teatro, música, cinema, dança, poesia.

Os diversos grupos/movimentos
De um lado, – um estilo pobre e previsível sufocando as demais estéticas. Lênin não tinha apreço pelas vanguardas. - produzem uma arte que propaga o retorno a uma estética tradicional, com o objetivo de serem compreendidos pelas massas.  Do outro lado, – uma arte de vanguarda mais radical.

Os diversos movimentos na Rússia
 

“Do espiritual na arte”, formulado por Kandínski em 1911, trazem as bases dos ABSTRACIONISMO. O mesmo pensamento também perpassa pelos artistas russos, que fundiram as experiências das vanguardas europeias com a arte popular e as tradições: - CUBO-FUTURISMO
- RAIONISMO - SUPREMATISMO - CONSTRUTIVISMO

CUBO-FUTURISMO
Geometrização das figuras.  Contraste cromático.  Resgate de tradições populares (folclore e arte popular) – que são a grande base das vanguardas russas.

RAIONISMO (Lariónov e Gontcharova)
  

Estética do simples, voltada para a vida cotidiana dos camponeses. Focado no mundo rural, mas dialogando com a cidade – uma espécie de contradição. Remete diretamente à noção de raios de luz entrecruzados a partir dos quais a composição geralmente orientada na diagonal - é construída. Luz e cor são os componentes fundamentais das obras raionistas

Ciclista - 1913

Este quadro tem muita influência do Futurismo.
Não esqueçam que o Marinetti viajou o mundo todo divulgando suas idéias (inclusive vem até ao Brasil e fica amigo de nossos artistas modernistas!!!), ou seja, Gontcharova conhecia os ideais futuritas e utilizou-os neste quadro.

Floresta amarela e verde - 1912 Vestido de 1924 com a proposta raionista na estampa.

As flores – 1912

Mikhail Larionov

Raionismo vermelho - 1911

Retrato de Tatlin - 1911 Figurino para o balé de Serguei Diaghilev

SUPREMATISMO (Maliévitch e outros)
Fundado por Maliévitch - A supremacia do puro sentimento.  Afastou-se da figuração – o QUADRADO e o CÍRCULO.  A forma segue rigor geométrico.
 

“Eu sentia apenas noite dentro de mim e foi então que concebi a nova arte, que chamei de SUPREMATISMO.” (Kazimir Maliévitch, 1915)

Maliévitch

Quadrado branco sobre fundo branco -1918

Quadrado negro sob fundo branco - 1913/15

8 quadrado vermelhos – 1918

Círculo preto

Maliévitch

CONSTRUTIVISMO (Tátlin e seu grupo)
Negava a ideia da arte pura, como também RADICALIZAVA AS EXPERIÊNCIAS COM ABSTRAÇÃO.  Misturava técnica e incluía diversos materiais (metal e madeira).  Arte a serviço das causas sociais (utilizava restos da vida cotidiana e da produção industrial – abandonando o conceito tradicional de beleza).

Alexander Rodchenko
 Fica

famoso por causa dos cartazes que produz para o governo russo. Este é de 1923.  O Construtivismo como um todo serviu como "propaganda" para as propostas do novo governo russo.

Naum Gabo

Figurino para ballet feito em parceria com seu irmão (Naum Gabo), com a utização das propostas construtivistas

Cabeça Construtivista nº 1 - 1915

Cabeça Construtivista nº 2 - 1916

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful