You are on page 1of 57

ARTE E ARQUITETURA ISLÂMICA

A arquitetura islâmica : Agrupa o conjunto de estilos seculares e religiosos aplicados no desenho e construção de edifícios e estruturas, desde a época de fundação do Islão, até os dias atuais. Os tipos principais de construções da arquitetura islâmica são: as mesquitas, as tumbas, os palácios e os fortes. De menor importância são os banhos públicos, as fontes, e a arquitetura doméstica. A coluna, o arco e a cúpula são características marcantes dessa arquitetura, na medida em que as três juntas lhe dão beleza e originalidade.

Apesar dos muçulmanos terem se inspirado em vários traços artísticos dos povos conquistados, eles conseguiram adaptar seu modo de pensar e agir, conseguindo transmitir sua própria identidade em uma arte rica e variada.  A produção artística islâmica é marcada de idéias religiosas, imateriais (usando conceitos de eternidade e infinito) e concepções do Profeta.  Suas artes visuais constituem-se de elementos geométricos e arabescos que geralmente não possuem expressões figurativas. Mesmo assim encontramos expressões com imagens de animais e humanos.

AS MESQUISTAS

As construções que são reservadas para as orações Islâmicas são chamadas de Mesquitas.

 

Todo o local reservada para o mulçumano rezar é uma mesquita, não precisa ser necessariamente uma construção especial. Na ilustração abaixo, destacamos alguns dos lugares mais importantes em uma mesquita: Mihrab: É um nicho côncavo, para onde se volta na prece. Indica a direção de Meca. Salão de Oração: Maddjid, que significa “local onde se ajoelha”. Geralmente é ornada de versos e tapetes Domo: A cúpula é uma criação da arquitetura que remota à Síria bizantina do século 5. Miranete: Torna o templo visível, ajudando a chamar os fiéis. Mirrante: Local onde existe uma fonte para o ritual de purificação.

A MESQUITA DA KAABA EM MECA. É UM IMPORTANTE PONTO DE PEREGRINAÇÃO MULÇUMANA. .

É UMA COMBINAÇÃO DA TRADIÇÃO ISLÂMICA COM UM DESIGN MODERNO.FOI INAUGURADA EM 1986.GRANDE MESQUITA NO KUWAIT . .

MESQUITA DO KUWAIT – CAPACIDADE PARA 10.000 HOMENS EM ORAÇÃO .

EM JERUSALÉM. É UM MONUMENTO À ASCENSÃO DE MAOMÉ (MOHAMMAD) . É UMA DAS MAIS BELAS CONSTRUÇÃO ISLÂMICA.MESQUITA DA ROCHA.

.

.

.

.

Mesquita de Omar – Jerusalém (690) .

Mesquita de Omar – Jerusalém (690) .

Mesquita de Omar – Jerusalém (690) .

Mesquita de Omar – Jerusalém (690) .

Mesquita de Omar – Jerusalém (690) .

.

Mesquita de Omar – Jerusalém (690) .

Mesquita de Omar – Jerusalém (690) .

LOCAL DE ONDE MOHAMMAD (MAOMÉ) FEZ SUA ASCENSÃO AO CÉU. .INTERIOR DA MESQUITA DA ROCHA.

.

Grande Mesquita de Samarra – Iraque (883) .

Grande Mesquita de Samarra – Iraque (883 .

Mesquita de Ibn Tulun – Cairo (876-879) .

Mesquita de Ibn Tulun – Cairo (876-87 .

Mesquita de Ibn Tulun – Cairo (876-87 .

Mesquita de Ibn Tulun – Cairo (876-87 .

Mesquita de Ibn Tulun – Cairo (876-87 .

Mesquita de Ibn Tulun – Cairo (876-87 .

Mesquita de Córdoba – Espanha (785) .

Indica a direção da cidade de Meca.Mesquita de Córdoba – Espanha (785) Mihrab = nicho em forma de abside. Cada mesquita possui apenas um. É no mihrab que se posiciona a pessoa que lidera as orações. que é ponto mais ricamente decorado. . cuja voz que difunde mais facilmente pela mesquita.

Mesquita de Córdoba – Espanha (785) ARCO EM FORMATO FERRADURA .

Mesquita de Córdoba – Espanha (785) .

Mesquita de Córdoba – Espanha (785) .

Irã .Grande mesquita de Isfahan .

Irã .Grande mesquita de Isfahan .

Grande mesquita de Isfahan .Irã .

Irã .Grande mesquita de Isfahan .

Grande mesquita de Isfahan .Irã .

Grande mesquita de Isfahan .Irã .

Palácio Alhambra. Espanha (133 . Granada.

Palácio Alhambra. Granada. Espanha (133 .

Espanha (133 . Granada.Palácio Alhambra.

A JAMI MASJID EM DELHI É UMA GLORIOSA MESQUITA .

TIMBUKTU EM MALI. .MESQUITA DE SANKORE.

.

.

MALI.MESQUITA DE BANKASS EM DOGON. .

MESQUITA OMAR IBN KHATAB .BRASIL .

.

.

que são baseados nos métodos de análise de conchas.CARACTERÍSTICAS ARQUITETURA ISLÂMICA 1 .As Colunas (Al A’midah): As colunas são parte importante da arte islâmica. porém os muçulmanos mudaram sua forma. Mesmo havendo arcos antes disso.As cúpulas . arcos e laços de madeira.  . com os seus capitéis. Os arcos em forma de ferradura se tornoram um sinal distintivo da arquitetura islâmica.(Al Qibab): Os muçulmanos foram excelentes construtores de abóbadas enormes e tiveram sucesso na realização de seus cálculos complexos.  2 . a ponto de surgir um ramo da arquitetura denominado de ciência dos arcos estruturais.

As Abóbodas (Al Muqarnasat): Elas são uma das principais características da arquitetura islâmica e são as partes que descem do teto. 3 . que são normalmente construídas nos oratórios (mihrab. nas portas e varandas dos palácios. E externas. construídas em minaretes. nichos de oração) e nos tetos. Existem dois tipos de abóbadas: internas. .

Isso se tornou uma característica básica em casas islâmicas.As Janelas (Al Mashrabiyat): Elas são um dos elementos mais marcantes da arquitetura islâmica. 4 . Um de seus benefícios é amenizar a nitidez da luz que vem de fora. Elas são feitas de madeira cortada para ser instalada como cortinas para as janelas do edifício. . a mulher também pode observar quem está do lado de fora sem ser vista. e mashrabiyat shamsiah (solares) se não forem de forma arredondada. É uma janela de sacada fechada com treliças de madeira talhada localizada no segundo andar de um edifício ou andar superior. Elas são chamados mashrabiyat qamariah (lunares) se forem redondas. ou é denominada shish. Muitas vezes são revestidas com vitrais e podem ser perfuradas ou ornamentadas.

O objetivo era transmitir e fazer a voz do orador mais forte durante os sermãos às sextas-feiras e nos dias de festa (id).A acústica arquitetônica (Al Sautiyat Al Mi’mariyah): Acredita-se que os muçulmanos originaram a acústica e firmaram os seus princípios. que reflete em superfícies de espelhos côncavos. Os técnicos muçulmanos usaram a técnica da focalização do som em fins de construção civil e. algumas mesquitas antigas em Bagdá. . particularmente nas grandes mesquitas congregacionais. Mesquita de al-Adiliya em Halab (Aleppo). O teto e as paredes da mesquita costumavam ser projetados com superfícies côncavas distribuídas perfeitamente nos cantos da mesquita a fim de assegurar que o som irá atingir todos os cantos dentro da mesquita. Os muçulmanos empregaram as aplicações da acústica no desenvolvimento da técnica de engenharia acústica e no uso do que hoje é chamado de “acústica arquitetônica”. Exemplos da acústica arquitetônica islâmica podem ser vistos na: velha Mesquita de Isfahan. Eles perceberam que o som reflete em superfícies côncavas e se reúne em um único foco como a luz. 5 .