You are on page 1of 10

PRÁTICAS EMERGENTES

Profª Claudia Sandroni

psicologia jurídica. psicologia ambiental e psicologia das emergências e desastres. 2 . psicologia do trânsito.. Objetivos Demonstrar as práticas emergentes em psicologia no Brasil. trânsito. enquanto campos potenciais de atuação do psicólogo no esporte.Ementa Práticas emergentes em psicologia: psicologia do esporte. ambiental e das emergências e desastres. jurídico.

avaliações.Conteúdo Programático Psicologia Jurídica: concepções. • interface com o Direito.com/atuacao/psicologiajuridica/psicologia-juridica#ixzz23BA1R4hB 3 . nos casos onde se faz necessário um inter-relação entre o Direito e a Psicologia.psicologado. violência doméstica. princípios e características. com o mundo jurídico • Objeto de estudo da psicologia jurídica . Fonte: Psicologia Jurídica . novas maneiras de atuar em instituições penitenciarias. O psicólogo judiciário e o laudo pericial: conceito. O psicólogo perito judiciário: conceitos e atuação.os comportamentos que ocorrem ou que possam vir a ocorrer.Atuação Psicologado Artigos http://artigos.Psicologia Jurídica . entre outros. como no caso de adoções.

marítimo. em cruzamentos e em lombadas. e num sentido mais largo ainda.Psicologia do trânsito: histórico. fluvial e ferroviário. de todos os participantes do tráfego aéreo. de diferenciação e de percepção. . • série de automatismos percepto-motores. • motivação e a tomada de decisões. (usuários das rodovias e das redes viárias urbanas). de manobras rápidas e uma capacidade de reagir prontamente ao feedback. e também. estuda portanto o comportamento dos pedestres . do motoqueiro. O psicólogo do trânsito e a avaliação de condutores. uma série de 4 atitudes em relação aos outros usuários. • tomada e o processamento de informações. reflexões.de todas as idades -. a previsão de situações em curvas. dos passageiros e do motorista de coletivos. do motorista amador e profissional. de detecção. Caracterização técnica dos instrumentos psicológicos utilizados na avaliação psicológica do trânsito. • aprendizagem e o conhecimento de normas e de símbolos. Comportamento complexo: •processo de atenção. do ciclista. • memória a curto e a longo prazo.

Compreender e lidar com os fatores psíquicos que interferem nas ações do exercício físico e no esporte. Psicologia do esporte de reabilitação. Treinamento psicológico de atletas de alto nível. 5 . a iniciação esportiva como meio educacional por meio do trabalho interdisciplinar. O Psicólogo do Esporte precisa estar atento a tudo que diz respeito ao atleta. A psicologia do esporte e a ética. motivacionais e emocionais que estão diretamente ligados na questão do desempenho esportivo.Psicologia do esporte no Brasil. precisamos estar atentos na influência dos fatores cognitivos. Além disso. Precisa trabalhar toda a sua história de vida dentro do esporte e dentro da modalidade. psicologia do esporte e no esporte.

tanto construído quanto natural = relações indivíduo-ambiente. Trata do relacionamento recíproco entre comportamento e ambiente físico. Teorias da relação comportamento-ambiente. Característica interdisciplinar e por ser um campo que possibilita o estudo de fenômenos os mais diversos. 6 . a Psicologia Ambiental utiliza uma abordagem multi-metodológica .Conceitos sobre a psicologia ambiental Evolução histórica e contexto cultural da psicologia ambiental.O que determina a escolha do método é o problema em estudo em cada situação.

Manter a qualidade de naturais gera a sensação de que o mundo é desta forma e nada pode ser feito. • reconstrução.Conceito de Psicologia das emergências.enfatizar a perspectiva de que a cultura da prevenção seja instalada como uma premissa para a atuação dos psicólogos e dos demais atores envolvidos nessa importante tarefa de construir comunidades mais seguras. Conceituação de catástrofe. desastre. Psicologia tem papel fundamental nas quatro fases preconizadas pela Defesa Civil Brasileira: • prevenção. A participação de psicólogos em contextos de emergências e desastres já é uma realidade em muitos países . Devemos despojar os desastres de sua qualidade de naturais e considerá-los eventos eminentemente humanos e sociais. • resposta. ambiente disruptivo. • preparação. 7 .

Psicólogo Brasileiro : Construção de Novos Espaços. 2005. 8 .Bibliografia Básica Padrão 1) CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Campinas: Átomo. 1ª ed.

Emilio. Manual de Psicologia Jurídica. Roberto M (orgs.. 2007. Comportamento Humano no Trânsito. Sorocaba: Minelli.Bibliografia Básica Padrão – FAC3 1) MYRA E LOPES. 1ª ed. 2) HOFFMANN.) et al. 1ª ed. São Paulo: Casa do Psicólogo.). João Carlos (orgs. Maria H. 9 . 2003. ALCHIERI. CRUZ.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR 1) ROZESTRATEN.. Afonso Antonio. 2007. R. um olhar criativo sobre a pratica em psicologia: proposições teoricas e tecnicas. São Paulo: Atlas. 3) GOULD. Fundamentos da Psicologia do esporte. D.. Psicologia do Esporte : Da Educação Física Escolar ao Esporte de alto Nível. 5) FIORELLI. 2008. 2004. Porto Alegre: Artmed. WEINBERG. S. São Paulo: EPU. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2006. 2012. 1ª ed. 4) MACHADO. José Osmir. 1ª ed. R. 10 . 1ª ed. Cleuza Kazue. 1ª ed. Psicologia Juridica. 4ª ed. 2) SAKAMOTO. São Paulo: Mackenzie. Psicologia do Trânsito : Conceitos e Processos Básicos.