O ORDENAMENTO JURÍDICO POSITIVO

Conceito:
O ordenamento jurídico pode ser dividido em dois grandes hemisférios ou setores: o direito público e o direito privado

Em Roma: POPULUS (POVO): INTERESSE DA COLETIVIDADE → → PUBLICUM PRIVATUS (PESSOA AFASTADA): INTERESSE PARTICULAR PRIVATUM .

IUS IUS PUBLICUM: Assuntos de interesse público Natureza religiosa IUS PRIVATUM: Assuntos de interesse privado Não conhecimento do indivíduo como agente a exercer seus direitos pessoais e patrimoniais .

Atualmente: DIREITO DIREITO PÚBLICO: Assuntos de interesse público Natureza laica DIREITO PRIVADO: Assuntos de interesse privado reconhecimento do indivíduo como agente a exercer seus direitos pessoais e patrimoniais .

DO PERÍODO MEDIEVAL À CONSTRUÇÃO DO ESTADO NAS SOCIEDADES CAPITALISTAS: Emilio Sala Frances . .A expulsão dos Judeus da Espanha.

Louis XIV. Rei da França e Navarra .Rigaud .

Delacroix – La Liberte guidant le Peuple .

Jaques-Louis David .O Juramento da Péla .

Howard Chisty – Assinatura Constituição dos Estados Unidos. .

Critério Interesse Direito público Direito privado Geral Particular Sujeitos Relação Politicidade Imperatividade Presença de autoridade estatal Submissão dos particulares ao Estado Forte Forte Particulares Paridade Fraca Fraca .

Definição de funções. . poderes e serviços públicos. forma de organização.Direito Público: Regulamentação da atividade do Estado. Regulamentação das relações do Estado com os particulares e os demais Estados.

b) Garantia dos direitos dos particulares diante do poder estatal em forma de direitos fundamentais. . c) Igualdade nas relações entre os Estados soberanos d) Caráter imperativo das normas jurídicas.Princípios: a) Superioridade do Estado e sua vontade diante dos particulares. sejam particulares. que limitam a atuação do estado. cuja aplicação não depende da vontade das partes envolvidas na relação. sejam estas autoridades estatais.

Divisão: DIREITO PÚBLICO DIREITO PÚBLICO EXTERNO DIREITO PÚBLICO INTERNO Origem: Poder Legislativo Origem: acordos entre Estados e decisões de organizações internacionais .

muitas leis esparsas e decisões administrativas que regulamentam o funcionamento das autoridades administrativas e o modo de prestação de serviços públicos. Direito Administrativo: Regulamenta a atividade da administração pública. Os princípios básicos da administração pública encontram-se na Constituição. finalmente.DIREITO PÚBLICO INTERNO: Direito Constitucional: Traça os princípios básicos da organização das autoridades do Estado e suas competências. Atua na fixação de meios e formas para a atuação do Estado. ainda. Configura as relações entre o Estado e os particulares por meio de direitos e deveres fundamentais e. formula os princípios que devem nortear a atuação do estado na esfera internacional. . existindo.

o modo de criação e recolhimento dos vários tributos e a gestão dos recursos econômicos públicos. dos integrantes do Ministério Público e dos advogados.Direito eleitoral: Área do direito que aborda o procedimento de eleição do Poder Executivo e Legislativo e sua fiscalização. Direito dos partidos políticos: Regula a criação. . ou seja. Direito financeiro e tributário: Regulamenta a receita e a despesa pública. funcionamento. Direito judiciário: estabelece as regras de organização e funcionamento do Poder Judiciário e regulamenta o estatuto dos magistrados. competências e forma de fiscalização dos partidos políticos.

regulamentando os modos de fixação e execução.Direito ambiental: Dispõe sobre normas que regulamentam a utilização de recursos naturais e tutelam a integridade do meio ambiente natural e cultural. Direito Penal: Dispõe sobre os delitos que constituem as violações mais graves ao ordenamento jurídico e estabelece as penas criminais. Direito do Consumidor: Aborda as normas referentes à qualidade e aos preços das mercadorias e a responsabilidade do produtor e do fornecedor. .

Direito processual: Disciplina os vários tipos de processos judiciais. Ou seja. Teoria geral do processo → Regras básicas. os tipos de ações e recursos. Regimento interno do STF. o direito processual organiza a prestação jurisdicional. Lei 9868-99. Processo constitucional → Fontes: CF. Processo civil → Fonte: CPC Processo trabalhista → Fonte: CLT Processo penal → Fonte: CPP Processo penal militar → Fonte: CPPM . os meios de prova e os efeitos da decisão judicial. estabelecendo competência. o fluxo dos processos.

Direito internacional privado: Aborda as normas relacionadas com a resolução de conflitos entre aquelas oriundas de diferentes países. principalmente em relação à nacionalidade. . situação familiar. modo de solução dos conflitos de jurisdição. reconhecimento de sentenças estrangeiras e aplicação de normas tributárias. direitos patrimoniais. transações comerciais.

. o funcionamento das organizações internacionais e também as relações entre os Estados e os particulares no âmbito internacional.DIREITO PÚBLICO EXTERNO: Direito internacional público: Regulamenta os direitos e obrigações dos Estados soberanos em suas relações internacionais.

.Direito Privado: Regulamentação da situação jurídica e as relações entre os particulares (pessoas físicas e pessoas jurídicas de direito privado).

Em muitos casos as normas legais são aplicadas nas relações jurídicas privadas de forma supletiva. Autonomia da vontade dos particulares.Princípios: a) Igualdade entre os sujeitos. . c) Flexibilidade. b) Liberdade individual. sejam particulares. não havendo privilégios para os partícipes dessa relação. cuja aplicação não depende da vontade das partes envolvidas na relação. d) Caráter imperativo das normas jurídicas. sejam estas autoridades estatais.

higiene. das coisas e das sucessões) e familiares (direito de família e grande parte dos direitos de sucessões). Direito empresarial ou comercial: Regula as relações jurídicas no âmbito das atividades empresariais São assim delimitados os atos realizados com fins lucrativos.Direito civil: Direito privado comum. . o status da pessoa que exerce habitualmente atividade com fins lucrativos (empresário) e as regras de funcionamento da empresa. bem como suas relações jurídicas sobretudo em seus aspectos patrimoniais (direito das obrigações. é área do direito que regulamenta a capacidade e o estado dos sujeitos de direito. Direito do trabalho: Regulamenta as relações de trabalho. regulamentando suas condições (segurança. férias) a remuneração dos assalariados e a representação coletiva.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful