You are on page 1of 15

As aves

• • • •

Existem cerca de 9.000 espécies. Têm hábitos muito variados. Respiração pulmonar – pulmões mais complexos que répteis. Têm sangue quente:
– Endotermos – Produzem seu próprio calor. – Homeotermos – Mantém sua temperatura constante.

• Todas têm o corpo coberto de penas. • Todas possuem bico sem dentes. • Todas botam ovos.

Cuidados com as penas:
• Funções das Penas:
– Controle térmico. – Voo (aerodinâmica), hidrodinâmica). – Corte. Natação (impermeabilização,

• Glândula Uropigiana:
– Secreção oleosa funciona como um “condicionador de penas”.

• • • •

Dióicos – Sexos separados. Fecundação interna. Maioria sem órgão copulatório. Ovo com casca rígida (idêntico ao de réptil):
• • • • Cório – trocas gasosas. Âmnio – evita desidratação e choques mecânicos. Saco vitelino – reserva energética. Alantóide – armazena excretas.
CO2 O2

• O número de ovos varia com a espécie. • As aves constroem muitos tipos de ninhos.

O chupim:

A corte:

Adaptações ao vôo:
• • • • • • Membros anteriores modificados em asas. Corpo aerodinâmico. Esterno com quilha. Ossos pneumáticos. Presença de sacos aéreos. Ausência de Bexiga urinária.
Asa

Quilha

Alimentação e digestão: • Sistema digestório completo – boca, faringe, esôfago, papo (armazena alimento), estômago, intestino delgado, intestino grosso, ânus inserido em uma cloaca. • OBS.: Estômago dividido em 2 partes:
– Proventrículo – digestão química. – Ventrículo (Moela) – digestão mecânica.

Mais Adaptações:

Respiração: • Pulmonar: Movimentos dos sacos aéreos, anteriores e posteriores, bombeiam o ar oxigenado através de pulmões que não se movimentam.
– Órgãos: Narinas, traquéia, brônquios, pulmões e sacos aéreos.

• Siringe: responsável pelo canto.

Sistema circulatório: • Coração com 4 câmaras: 2 átrios e 2 ventrículos. • Sem mistura de sangue arterial com venoso = Circulação completa. • Circulação dupla.

Aves que não voam:

Curiosidades: