introdução ao pensamento filosófico

introdução ao pensamento filosófico

1

introdução ao pensamento filosófico

O ser humano se diferencia dos demais seres pelo seu corpo e sua capacidade de pensar.

2

introdução ao pensamento filosófico

Existimos na encruzilhada de duas dimensões:

• •

EXTENSÃO
concreto / real / corpo

PENSAMENTO
abstrato / ideal / alma
3

introdução ao pensamento filosófico

temos mãos porque pensamos ou pensamos porque temos mãos

4

introdução ao pensamento filosófico

A outra encruzilhada na qual existimos é aquela que surge do “risco” que separa dois mundos: o que está DENTRO e o que está FORA de nós mesmos.

5

introdução ao pensamento filosófico

Encruzilhadas geram a necessidade da de-cisão. Todas as outras necessidades são filhas dessa: precisamos decidir /

escolher

6

introdução ao pensamento filosófico

Nossas necessidades não se ausentam; povoam nossa alma com inquietudes, desconfortos, angústias, desejos, dilemas.

7

introdução ao pensamento filosófico

Pensar é lidar com encruzilhadas.

8

introdução ao pensamento filosófico

MODOS DE DESCRUZAR
• PRAGMÁTICO (prático) • RELIGIOSO • CIENTÍFICO • ARTÍSTICO • FILOSÓFICO
9

introdução ao pensamento filosófico

pensamento
RELIGIOSO CIENTÍFICO ARTÍSTICO PRAGMÁTICO FILOSÓFICO

verbo
TRANSCENDER EXPLICAR EXPRESSAR RESOLVER ADMIRAR
10

introdução ao pensamento filosófico

Se muitas são as formas de pensar, único é o desejo: queremos nos localizar: saber onde estamos e o que estamos fazendo.

11

introdução ao pensamento filosófico

introdução ao pensamento filosófico

Questões NÃO filosóficas:
• Por que o azul estragou o quadro?
• Será que vai chover? • Por que as maçãs caem e a lua não? • Por que o avião não cai? • Por que os preços subiram? • Por que a martelada inchou meu dedo? • Por que Abraão precisou ser provado por Deus ? • Será que um dia ela vai me diz sim?
13

introdução ao pensamento filosófico

Quando um filósofo indaga, ele não faz uma pergunta que é simples manifestação de um não-saber.

14

introdução ao pensamento filosófico

A filosofia não propõe questões e não traz as respostas que preencheriam paulatinamente as lacunas. As questões são interiores à nossa vida, à nossa história: nascem aí, aí morrem, se encontram resposta, o mais das vezes aí se transformam. Em todo o caso, é um passado de experiência e de saber que termina um dia nesse abismo.

Merleau-Ponty
15

introdução ao pensamento filosófico

Esta característica singular do pensamento filosófico deriva do seu esforço fundamental: pensar sem qualquer hipótese prévia. - Não há ciência, religião, arte, pragmatismo, que não parta de hipóteses.
16

introdução ao pensamento filosófico

Não podemos descobrir a filosofia como, por exemplo, descobrimos uma nova planta na floresta, uma carta perdida na gaveta, uma cárie em nossa boca, um vizinho no elevador...

17

introdução ao pensamento filosófico

Ao invés de objetos, a filosofia prefere estudar atitudes

mentais.
Modos de “formatar” o mundo e a existência.
18

introdução ao pensamento filosófico

A natureza é uma fonte inesgotável de onde podemos extrair nossa riqueza e conforto. Francis Bacon

19

introdução ao pensamento filosófico

Adotar uma atitude mental é fechar-se numa prisão sem grades.
Sartre

introdução ao pensamento filosófico

A filosofia é a batalha contra o encantamento de nossa inteligência pela linguagem. Wittgenstein

introdução ao pensamento filosófico

Ao questionar, o filósofo não enfrenta um “não-saber”. Ele quer mergulhar no interior de uma necessidade (inquietação, desejo...): ele quer de-cidir.
22

introdução ao pensamento filosófico

O conceito filosófico é a cicatriz endurecida de um problema não resolvido. Adorno

23

introdução ao pensamento filosófico

A filosofia é saudade, desejo de estar em casa onde quer que se esteja. Novalis

24

introdução ao pensamento filosófico

A sophia que o filosofo ama não é aquela que lhe permite saber muitas coisas. A sophia do filósofo lhe revela como se conduzir bem na vida, ser feliz e ajudar os outros.

25

introdução ao pensamento filosófico

Em geral, só imaginamos Platão e Aristóteles com grandes túnicas de pedantes. Eram pessoas honestas e, como as outras, rindo com seus amigos; e, quando se divertiram em fazer suas Leis e sua Política, fizeram-nas brincando. Era a parte menos filosófica e menos séria de sua vida. A mais filosófica consistia em viver simples e tranqüilamente. Pascal
26

introdução ao pensamento filosófico

A verdadeira sabedoria não brota do conhecimento das coisas mas de um cuidado da alma. Mais do que uma ginástica intelectual, a filosofia é um exercício espiritual.

27

introdução ao pensamento filosófico

O pensamento filosófico é constituído de práticas voluntárias e pessoais destinadas a transformar o pensador, isto é, a livrá-lo da prisão sem grade em que se colocou.

28

introdução ao pensamento filosófico

Transformação de si = nirvana. • Compreensão de que o mundo é maior do que o eu.

29

introdução ao pensamento filosófico

Na Grécia dos tempos de Pitágoras e Platão, esses exercícios espirituais incluíam “técnicas de respiração”, pois psique também tinha o significado de sopro.

30

introdução ao pensamento filosófico

Há pessoas que não vivem a vida presente: é tudo como se elas se preparassem para, consagrando-lhe todo o seu ardor, para viver não se sabe qual outra vida, mas não esta, e, enquanto fazem isso, o tempo é perdido. Não se pode pôr em jogo a vida como um dado que se torna a jogar. Antífon
31

introdução ao pensamento filosófico

Viver a vida presente não é “deixar a vida nos levar”. Não é uma prática hedonista. É viver uma relação “saudável” consigo mesmo e com os acontecimentos.

32

introdução ao pensamento filosófico

Em todos os teus atos, ditos e pensamentos, procede como se houvesses de deixar a vida dentro de pouco. Desempenha cada ação de tua vida como se fosse a última, isenta de toda leviandade. É da perfeição moral passas cada dia como se fosse o último, sem comoções, nem torpores, nem fingimento.

Marco Aurélio

33

introdução ao pensamento filosófico

O pensamento filosófico é um exercício espiritual: é cuidado terapêutico.  terapia: gesto de servir à alma O filósofo busca a consciência do que é e do que faz.

34

introdução ao pensamento filosófico

O exercício da consciência de si remete à atenção e vigilância de nossos hábitos, propósitos e desejos. O resultado da filosofia é a renovação ou manutenção da escolha de vida.
35

introdução ao pensamento filosófico

O mar está levemente encrespado e pequenas ondas quebram na praia arenosa. O senhor Palomar está de pé na areia e observa uma onda. Não que esteja absorto na contemplação das ondas. Não está absorto, porque sabe bem o que faz: quer observar uma onda e a observa.

introdução ao pensamento filosófico

Não está contemplando, porque para a contemplação é preciso um temperamento conforme, um estado de ânimo conforme e um concurso de circunstâncias externas conforme: e embora em princípio o senhor Palomar nada tenha contra a contemplação, nenhuma daquelas três condições se verifica para ele.

introdução ao pensamento filosófico

Em suma, não são as “ondas” que ele quer observar, mas uma simples onda e pronto: no intuito de evitar sensações vagas, ele predetermina para cada um de seus atos um objetivo limitado e preciso.

Palomar - Italo Calvino Cia das Letras

introdução ao pensamento filosófico

É preciso aprender a viver cada dia como um dia inesperado. Apressa-te para viver assim e considera cada dia uma vida inteira. Sêneca

39

introdução ao pensamento filosófico

Como podemos ver, uma “certa” filosofia ocidental e a ioga não são tão diferentes assim.

40