You are on page 1of 8

Normas da moral à ética e às éticas Predicados do permitido e do proibido ‘ética anterior’ metamoral o domínio comum dos costumes dupla

função da moral

Sujeito Sentimentos de obrigação ‘ética posterior’ Inserção das normas em situações concretas obrigação Dever-ser Do sujeito obrigado com a obrigação Sujeito capaz de imputação ‘Capacidade de designar-se como autor de seus próprios atos’

Enraizamento das normas na vida e no desejo
formalismo Ser Das ações e de suas máximas Absolutas: ‘isso dever ser feito’ Relativas: ‘isso é preferível àquilo’

estratégia de depuração destinada a preservar os usos legítimos do predicado de obrigação ‘...uma norma chama a um confronto um ser capaz de entrar numa ordem simbólica

prática, isto é, capaz de
reconhecer nas normas uma pretensão legítima a regular as condutas.’ (592b)

Conceito misto de autonomia

Norma Objetiva

determinação mútua da norma e do sujeito obrigado

Imputabilidade subjetiva

‘A moral não pressupõe outra coisa senão um sujeito capaz

de afirmar-se ao afirmar a norma
que o afirma como sujeito.’

Dogmatismo
Sistemas religiosos

Ética aplicada filo. moral e ética aplicada
‘questões e conteúdo moral na primeira metade do séc. XX’

Psicologização
Papel das emoções e desejos inconscientes nas opiniões morais

moralização

inseminação artificial transplante de órgãos psicofarmacologia

Antropologização
Diferenças de costumes e práticas entre grupos humanos

metaética

Objeto da ética é um propósito normativo

consequências da ação moral

ética aplicada não é uma ética a aplicar...

Mas um trabalho ético no interior dos problemas práticos

Ética aplicada Vida privada Liberação sexual . universalidade . relação com interesses e necessidades práticas . razões orientam as ações . noções de bem . justificação do ato moral Vida pública Afirmação dos direitos individuais e coletivos sociedade pluralista referenciais éticos não mais necessariamente partilhados (subjetivamente irredutíveis) situações precisas da vida cotidiana: análises de casos práticos tais como se apresentam nos hospitais, nas empresas, nos governos Avanço técnico-científico Progresso:

Materialismo
Contestação política

Condições de vida (saúde/habitação, etc)
Perigos: Meio ambiente Manipulação do ser humano

Formas de governo

Moral individual

Ética profissional . Campo de ? éticas no contexto das estruturas sociais das sociedades industrializadas 3 forças normativas: 1. Economia (racionalidade/eficácia/rendimento/concorrência) 2. Desenvolvimento tecnocientifico (racionalidade do tipo operatório) 3. Direito (regulamentação via normas/interdições)

Ética ambiental . Campo de ? Que têm por objeto as relações que o ser humano mantém com a natureza

. Animais (domesticação)
. Seres vivos (recursos/precificação) . Biosfera (agricultura/indústria/urbanização)

condições de sobrevivência do planeta

Filosofia moral . Problemas de ordem prática (metodológicas) e de ordem reflexiva (ligação das práticas e discursos com a tradição de pensamento filosófico moral) a fim de propor caminhos normativos.