A empresa ideal

Ideal de

Cultura de uma organização
É um conjunto de valores, crenças e hábitos partilhados pelos membros de uma organização que interagem com a sua cultura formal, produzindo normas de comportamento.

Identificação
O colaborador deve identificar-se mais com a organização do que com a sua própria profissão. Deve trabalhar para um interesse comum e não só para o seu próprio interesse, contribuindo assim para o desenvolvimento e sucesso da empresa.

Ênfase no grupo
O trabalho na empresa deve estar organizado mais na base de grupo do que na base individual porque: A dinâmica de grupo é um instrumento de consciencialização e libertação o que representa uma estratégia para a mudança no relacionamento, no trabalho na comunicação e na auto estima.

Focus nas pessoas
Nas tomadas de decisões as empresas devem ter em consideração o impacto que essas vão ter nos membros da organização, porque: Essas decisões podem alterar e interferir na sua vida particular e no seu desempenho profissional. Os trabalhadores devem ser vistos como pessoas e não como números.

Integração Departamental
Os diferentes departamentos devem actuar de forma coordenada e interdependente facilitando a comunicação entre eles, optimizando o tempo, poupando recursos, minimizando custos e promovendo o funcionamento rentável da empresa.

Controlo
É necessário a existência do controlo como auxiliar do planeamento na gestão, pois permite detectar os desvios ao planeamento e apontar soluções para corrigir a trajectória e evolução da empresa, manter a plena visão do cumprimento de regras e objectivos e a ampla percepção do nível de desempenho da empresa, que se pretende eficiente e eficaz.

Tolerância ao risco
Deve de existir sempre, porque fomenta o espírito de competitividade e autorealização profissional, promovendo ideias e atitudes inovadoras. O sucesso individual dos colaboradores tem interesse para a empresa e contribui positivamente para o seu desenvolvimento global .

Critérios de Recompensa
Devem ser atribuídos de forma a contemplar a contribuição do trabalhador para a produtividade global da empresa. Atribuído pela quantidade e qualidade do próprio trabalho, pela contribuição para o desempenho do trabalho dos colegas e pela quantidade de supervisão requerida; recompensando a autonomia, pois esta vai condicionar a produtividade global.

Tolerância de Conflitos
Os colaboradores da empresa são sempre encorajados a encarar os conflitos com espírito de abertura, porque é a melhor medida a tomar para resolver qualquer problema. Deve praticar-se uma elevada tolerância a criticas e uma rápida intervenção e solução de qualquer conflito impedindo assim o seu crescimento e propagação.

Orientação para os resultados
A gestão está orientada para os resultados, mas preocupa-se com os meios e com as técnicas usadas para os atingir, pois depende da optimização dos meios o atingir ou não dos fins. A obtenção dos resultados está dependente da disponibilidade dos meios, logo, a gestão não os pode ignorar.

Sistema Aberto ou Fechado
A empresa tem uma concepção de sistema aberto, analisa o seu ambiente externo e actua em conformidade com as suas alterações, mantendo-se em constante actualização e aperfeiçoamento visando a satisfação das exigências evolutivas do mercado.

Cultura Organizacional
Elaborado por: Otília Colaço Anabela Vital Formador: Edmundo Bolinhas 01/04/2009