You are on page 1of 12

Informatividade e senso comum

GORNATTES, Renata Martins

as palavras se integram para formar um todo coeso. • Unidade semântica: o texto é um todo significativo e coerente. . ao contexto sociocultural.Propriedades básicas do texto: • Função sociocomunicativa: refere-se às intenções do autor. • Unidade formal: refere-se aos aspectos coesivos.

 Coerência (aspectos lógicos. . dito".  Aceitabilidade (expectativa do leitor de que o texto seja útil e relevante). Fatores de textualidade  Intencionalidade (valor ilocutório. semânticos e cognitivos). sociocomunicativa). isto é.  Situacionalidade (Situar o texto é adequá-lo à situação  Intertextualidade (Um texto constrói-se em cima do "já Informatividade (informações veiculadas através dos textos escritos ou visuais).  Coesão (mecanismos gramaticais e lexicais). a mensagem que o texto pretende passar).

um lugar na fila do ônibus etc.Pense no tema violência e destaque do texto seguinte as informações que julgar relevantes: “A violência está presente em todas as esferas sociais. há rivalidades até entre famílias.” . Por exemplo. como ocorreu há pouco tempo e continua acontecendo. as brigas por posses de terras causam guerras entre países. Além disso. com filhos matando os pais para tomar o que lhes pertence e irmãos brigando entre si. Por qualquer motivo se pratica violência: uma simples discussão. ciúmes.

Que informações faltam neste texto? Como você responderia à pergunta feita sem mais informações sobre o caso? .

INFORMATIVIDADE = INFORMAÇÃO  O grau de informatividade de um texto é medido de acordo com o conhecimento de mundo das pessoas a que ele se destina. Isso significa: QUANTO MENOR A PREVISIBILIDADE MAIOR A INFORMATIVIDADE!! Mas lembre-se: A informatividade do texto deve ser adequada ao interlocutor.  um texto possui um alto grau de informatividade quando a compreensão mais ampla desse texto depender do repertório cultural do leitor...Para entender a informatividade. .

Se. do chamado senso comum. . populares. diz-se que o texto apresenta baixa ou alta informatividade conforme a probabilidade de ocorrência das informações: se forem veiculadas as excessivamente comuns. ao contrário. visto que mínimo será o valor de surpresa. presentes nos discursos cotidianos.Assim. que motivem o interesse do leitor. pelo desconhecido ou inesperado. houver informações incomuns. então diz-se que o texto apresenta alta informatividade. sacudindo-o pela surpresa. a informatividade será baixa.

São argumentos aceitos universalmente. ou ainda “a mulher de hoje ocupa um papel social diferente da mulher do século XIX”. sem necessidade de comprovação. Exemplos: “o homem depende do ambiente para viver”. .“Senso comum” são aquelas informações óbvias e previsíveis.

] No entanto o homem se ausenta desta amizade. porém o que se vê é que não existe fim. é apenas jogar. estes escondem a verdade por traz da alegria passageira. disputando ou couperando entre si.]” (Trecho da redação de aluno) . Jogos deste tipo são conhecidos como: RPG’ s. jogar e jogar [. Observe o seguinte trecho de redação cujo tema era “A amizade está em declínio na sociedade contemporânea?” “[.A baixa informatividade também está relacionada à fuga do tema.. em que ele enfrenta varios desafios em busca deste objetivo. tem como o objetivo a evolução do personagem. enquanto se esta “online”. milhares de pessoas conectadas. está os jogos em rede. como exemplo.. games deste tipo... em tempo real.

como proceder??? . seu texto argumentativo não pode ser: • Acrítico • Subjetivo • Superficial Mas.Assim.

efeito. . Coloque-se em seu lugar).Como fugir do senso comum? • Especifique as informações com exemplos de situações e fatos concretos. trazendo diversas áreas do conhecimento humano para discussão (cuidado apenas para não exigir de quem lê um conhecimento específico demais. finalidade. • Construa raciocínios de causa. • Agregue à argumentação conhecimento de mundo. comparação. ressalva etc. Desse modo você mostrará real conhecimento acerca do assunto.