You are on page 1of 29

Gaudium et Spes

SOBRE A IGREJA NO MUNDO DE HOJE

 Desejo da Igreja de acompanhar a

evolução atual do mundo;
 Expor o seu modo de conceber a

presença e atividade da Igreja no mundo de hoje.

A condição do mundo de hoje homem no .

 Transformação social e cultural que já reflete também na vida religiosa. Investigar os sinais dos tempos e interpretá- los à luz do Evangelho.  Os homens enfrentam a dificuldade da inversão dos valores. .

.A Igreja e a Vocação do Homem  O homem deve discernir quais são os verdadeiros sinais da presença divina ou da vontade de Deus.  A fé ilumina todas as coisas e nos faz conhecer o desígnio divino acerca da vocação integral do homem.

.  A dignidade do homem consiste no fato dele ter sido criado a imagem e semelhança de Deus.  Papel da Igreja: sentir suas dificuldades e instruída pela revelação definir a verdadeira condição do homem.A dignidade da pessoa humana  Tudo o que existe sobre a terra deve ser ordenado em função do homem.

levantando-se contra Deus.  Encontra-se dividido em si mesmo. Ser social. . ao olhar para dentro do seu coração reconhece que está inclinado para o mal. não pode desprezar o seu corpo.  Mesmo na busca por aquilo que é espiritual.  Abusa da sua liberdade.

mas deve obedecer. A sua inteligência tem a capacidade de contemplar os mais incríveis fenômenos. sua dignidade se revela pela obediência a essa lei. . ela é capaz de atingir a verdade inteligível.  A consciência é uma lei que o homem não impôs a si mesmo.  Possui em seu coração uma lei escrita por Deus.

 Só na liberdade que o homem pode se converter para o bem!  Liberdade é um sinal da imagem divina no homem. .  A razão mais sublime da dignidade do homem consiste na sua vocação à união com Deus. Deus quis deixar o homem entregue a sua própria decisão para que livremente o buscasse.

 “Tão grande é o mistério do homem que a revelação cristã manifesta aos que crêem (.) em Cristo se esclarece o enigma da dor e da morte... destruindo a morte com a própria morte. exclamemos no Espírito: Abbá.) para que tornados filhos no Filho. Pai!” GS 22 . nos deu a vida (...

.

A comunidade humana  O homem pode ser facilmente afastado do bem ou impelido para o mal pela condição que vive ou que experimentou na infância.  Tornar acessível ao homem todas as coisas de que necessita para levar uma vida verdadeiramente humana. .

Alimentos Educação Vestuário .

 “O homem vale mais por aquilo que é do que por aquilo que possue”.A atividade no mundo  Governar o mundo na justiça e na santidade. ordenar tudo para Deus. . (Paulo VI)  Norma da atividade humana: Tornar possível ao homem a realização de sua vocação.

.

O papel da Igreja no mundo contemporâneo  “A Igreja tem a sua origem no amor do eterno Pai. o qual só se poderá atingir plenamente no outro mundo”. foi fundada. e reúne-se no Espírito Santo. no tempo. por Cristo Redentor. tem um fim salvador e escatológico. GS 40 .

Existe atualmente na Terra como agrupamento visível e comunidade espiritual. A Igreja Participa da mesma sorte terrena do mundo. . Missão de manifestar o mistério de Deus. é o fermento e a alma da sociedade humana. Composta por homens que são membros da cidade terrena e chamados a formar a família dos Filhos de Deus. que deve ser renovada em Cristo.

. GS 41 . “A Igreja em virtude do Evangelho que lhe foi confiado. proclama e reconhece os direitos do homem (.. Estamos sujeitos a tentação de julgar que os nossos direitos pessoais só são assegurados quando nos libertamos de toda norma da Lei divina”.) este movimento deve ser penetrado pelo espírito do Evangelho e defendido de qualquer falsa autonomia.

próprios de sua vocação afastam-se da Verdade.  Aqueles que se descuidam de seus deveres terrenos. . Erram também aqueles que se entregam a atividade humana e se divorciam da fé.  Exorta os cristãos que procurem cumprir fielmente os seus deveres terrenos.A Visão do Concílio sobre a atividade humana  Considera com muito respeito o que há de bom. guiados pelo espírito do Evangelho. verdadeiro e justo de autoria humana.

profissionais. subordinado aos quais tudo se ordena para a glória de Deus”. “A exemplo de Cristo que exerceu um mister de operário. científicos ou técnicos com os valores religiosos. domésticos. alegram-se antes os cristãos por poderem exercer todas as suas atividades terrenas unindo numa síntese vital todos os seus esforços humanos. GS 43 .

Impregnar o mundo com o espírito cristão .

Problemas mais urgentes  A promoção da dignidade do matrimônio e da família Divórcio Poligamia Amor livre .

A visão do Concílio sobre o Matrimônio  O amor conjugal é assumido no amor divino. dirigido e enriquecido pela força redentora da Cristo e pela ação salvadora da Igreja. mas exortaos a viver na fidelidade e cumplicidade conjugal.  Os esposos cumprindo a sua missão conjugal e familiar avançam sempre mais na própria perfeição e mútua santificação e cooperam juntos para a glória de Deus. .  Não ignora as dificuldades encontradas.

A visão da Família Escola de valorização humana Fundamento da sociedade .

se tornem pela fidelidade do seu amor. “Seguindo o próprio Cristo. através das alegrias e sacrifícios da sua vocação. GS 52 . princípio da vida. testemunhas daquele mistério de amor que Deus revelou ao mundo com a sua morte e ressurreição”.

.  Dominar pelo estudo e trabalho o próprio mundo. por cultura se entende todas as coisas por meio das quais o homem apura e desenvolve as múltiplas capacidades do seu espírito e do seu corpo.Promoção do progresso cultural  É próprio da pessoa humana necessitar da cultura. ao passo que o mundo sinta a transformação do mesmo pelo Evangelho a partir da utilização de recursos “humanos” em prol da evangelização.

.  Testemunho do uso dos bens conforme os preceitos evangélicos. renúncia de toda dependência ou escravidão ao dinheiro e o convite a partilha.A vida econômico-social  Se deve respeitar e promover a dignidade e vocação integral a pessoa humana e o bem de toda a sociedade.

na promoção do bem comum e na estruturação das relações dos cidadãos entre si e com o poder público. .  Necessidade de uma consciência política.A vida da comunidade política  Direitos e deveres de cada um no exercício da liberdade cívica.

Promoção da paz e da comunidade internacional  Chamados a ser “construtores da paz”. é um fruto da ordem que o divino Criador estabeleceu para a sociedade humana. . sempre anelantes por uma perfeita justiça.  A paz não é ausência de guerra. e que deve ser realizada pelos homens.  O Concílio assume o compromisso de articular um organismo que estimule a comunidade católica na promoção do progresso das regiões necessitadas e da justiça social entre as nações.