Linux Fundamentos

Copyright © Alexandre Sauer Paes Leme

Objetivo Geral da Disciplina
•Demonstrar conhecimento do Sistema Operacional Linux, utilizando seus comandos e funções, realizando sua instalação, administração e correta utilização. •Demonstrar flexibilidade e espírito crítico frente a situações-problema. •Ampliar conhecimentos através de pesquisa e leituras especializadas, para manter-se atualizado quanto às inovações tecnológicas. •Desenvolver trabalho em equipe, utilizando-se de princípios de ética e cidadania para um relacionamento interpessoal harmonioso.

Referências Bibliografia
Livros

Sites
http://www.guiafoca.org
http://www.vivaolinux.com.br/ http://www.debian.org/ http://www.ubuntu.com

.Introdução O Linux Sistema operacional de código aberto que hoje conta com uma legião de programadores e usuários empenhados. na medida em que sua capacidade vai sendo descoberta. graças a essa característica. Atualmente esse sistema vem ganhando muito terreno entre usuários e empresas.

a ajudá-lo na tarefa de criar um sistema operacional semelhante ao Unix. escreveu uma mensagem em uma lista de discussões na internet. • Para isso ele disponibilizou o código fonte do Linux (kernel) a outros programadores.Introdução • 1991 – Linus Torvalds .começou a desenvolver um sistema operacional que se assemelhasse ao Unix. então. uma linguagem poderosa e versátil. além de ser a linguagem preferida pelos desenvolvedores da época. . • Linus. encorajando programadores e usuários Unix. para micros domésticos. escrito em C. em Helsinque. • Código original. para que todos pudessem desenvolvê-lo.

Introdução A evolução do Linux .

e ele passou a fazer parte de uma comunidade que costumava compartilhar programas. •Como o Unix era predominante na época. •O nome GNU foi escolhido seguindo uma tradição hacker. •Richard Stallman começou a trabalhar no laboratório do MIT. completamente livre: o sistema GNU. com o objetivo de desenvolver um sistema operacional Unix-compatível. seria possível ter novamente uma comunidade de pessoas que cooperassem entre si. como um acrônimo recursivo para “GNU’s Not Unix” . nada mais sensato que desenvolver um sistema operacional Unix-compatível. por Richard Stallman.Introdução O Projeto GNU •Foi iniciado em 1984. •Na década de 80 o conceito de que programas deviam ser compartilhados diminuiu bastante •Stallman chegou à conclusão de que desenvolvendo um sistema operacional Livre.

além de um kernel. com editores de texto. foi possível utilizar o kernel do linux no sistema GNU •Finalmente passou a existir um sistema operacional Unix-compatível completamente livre. surgiu o Linux.Introdução O Projeto GNU e o Linux •Um sistema operacional é compreendido por vários aplicativos e utilitários. compiladores e outras ferramentas do Projeto GNU . •No início do projeto não havia nenhum kernel Unix-compatível livre foi decidido que se deveria desenvolver um: o Hurd •Pouco depois do início do desenvolvimento do Hurd. um kernel Unix-compatível livre •Com algumas modificações na biblioteca GNU C e em outros pontos do sistema.

• A liberdade de estudar como o programa funciona. e adaptá-lo para as suas necessidades (liberdade nº 1). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade. para qualquer propósito (liberdade nº 0). .Introdução Software livre Um software é considerado como livre quando atende aos quatro tipos de liberdade para os usuários do software definidas pela Free Software Foundation: • A liberdade para executar o programa.

e liberar os seus aperfeiçoamentos. . Acesso ao códigofonte é um pré-requisito para esta liberdade. • A liberdade de aperfeiçoar o programa.Introdução Software livre • A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo (liberdade nº 2). de modo que toda a comunidade se beneficie (liberdade nº 3).

.Características do Linux •Multitarefa real ( Dois programas executando ao mesmo tempo ) .

Características do Linux •Multitarefa real ( Dois programas executando ao mesmo tempo ) . .

.Características do Linux • Multiusuário ( Mais de um usuário usando recursos do sistema ao mesmo tempo ) .

O sistema roda bem em computadores 386Sx 25 com 4MB de memória RAM. . liberando totalmente a memória assim que o programa/dispositivo é finalizado.O Linux somente carrega para a memória o que é usado durante o processamento.Características do Linux • Modularização . • Não precisa de um processador potente para funcionar.

como veremos adiante). programas como vírus tornam-se inúteis pois tem sua ação limitada pelas restrições de acesso do sistema de arquivos e execução. .Características do Linux • LINUX É MENOS VULNERÁVEL A VÍRUS! Devido a separação de privilégios entre processos e respeitadas as recomendações padrão de política de segurança e uso de contas privilegiadas (como a de root.

sendo responsável por gerenciar os recursos do sistema computacional como um todo. . • Ele representa a camada mais baixa de interface com o Hardware.Kernel • Kernel é o núcleo do Sistema Operacional.

. causando uma duplicação de trabalho e uma perda enorme de tempo. entre outras. de impressão. a cada programa novo que se criasse seria necessário que o programador se preocupasse em escrever as funções de entrada/saída. pois. em baixo nível.Kernel • O kernel é a parte mais importante do sistema operacional. sem ele.

Em um único bloco. .Tipos de Kernel • Monolítico . dinamicamente. com todas as funcionalidades carregadas na memória. • Modular .com os módulos específicos para cada tarefa carregados opcionalmente.

firewalls. .Distribuições Linux Existem grupos de pessoas. ambientes de programação. bancos de dados. planilhas. empresas e organizações que decidem "distribuir" o Linux junto com outros programas essenciais (como por exemplo editores gráficos. formatação de documentos. etc).

A escolha de uma distribuição é pessoal e depende das necessidades de cada um. o objetivo. As figuras abaixo mostram as principais distribuições disponíveis no mundo Linux. Cada distribuição tem sua característica própria.Distribuições Linux Este é o significado básico de distribuição. a localização de programas. . etc. como o sistema de instalação. nomes de arquivos de configuração.

Inicialização do Linux • Passos para inicialização do Linux: 1 2 3 4 . .Ligar hardware. . .Gerenciadores de Inicialização do Linux.Verificação da BIOS do Hardware. .Carregado programa MBR.

que localiza a partição ativa e carrega a partição. . e/ou carrega um gerenciador de inicialização.Inicialização do Linux • Passos para inicialização do Linux: Carregado programa MBR (Registro Mestre de Inicialização ).

permitindo que o usuário possa escolher entre as opções disponíveis.Inicialização do Linux • Passos para inicialização do Linux: Gerenciadores de Inicialização do Linux Sua principal função é gerenciar as várias partições do disco rígido. O gerenciador de inicialização é geralmente utilizado quando existe mais de um sistema operacional na máquina. .

Inicialização do Linux • Passos para inicialização do Linux: 4 . mais novo Tipos: • Grub • Lilo .Gerenciadores de Inicialização do Linux Mais Usado.

Inicialização do Linux • Passos para inicialização do Linux: Processo INIT .

INIT. é chamado o programa .Término do INIT •Terminando o TERMINAL.Inicialização do Linux • Passos para inicialização do Linux: 6 .

No linux. No Linux deve-se usar o nome do usuário e a senha propriamente dita. LOGIN: Processo de entrada para o sistema operacional. várias pessoas podem estar logado no mesmo linux. é chamado um programa chamado getty. ou seja. TERMINAL: é o teclado e tela conectados em seu computador. pode-se usar vários terminais virtuais. .Terminais e Similares • Quando o linux é inicializado . que espera que o usuário entre com o nome do usuário e a senha.

• Nome do Super Usuário: root • É o “DEUS” dos usuários. • Usuário: São usuários comuns. usuários.Usuário e Super Usuário • Super usuário: Usuário que tem acesso a todo o computador. • Usuário de Sistema: São logins/contas que rodam programas. ou seja. • Ex: apache tem usuário chamado: www-data . Sua senha pode ser definida no momento da instalação.

Prompt / Shell Prompt / Shell: É um interpretador de comandos que analisa o texto digitado na linha de comandos e executa esses comandos produzindo algum resultado. [root@NomeDaMaquina root]# Programas Linux Kernel .

Práticas • Iniciar o Linux e reparar o processo de inicialização. • Gerencia do GRUB. • Logar no Linux: login: usuario password: senha do user . • Processo INIT sendo carregado e inicializando os programas carregados. • Carregar a BIOS e verificar a ordem de inicialização ( boot ) dos dispositivos.

Práticas • Comando: • exit .sai do linux • logout .sai do linux • shutdown <opção> <tempo> • Exercício: • Sair do Linux e logar novamente exit ou logout • Desligar o Computador Shutdown –h now .

Como identificar o usuário do super usuário? 8. O comando shutdown pode ser executado pelo usuário? Justifique.Exercício 1 1. Quais as formas de ligar e desligar o Linux? . 7. O que é linux? O que é Kernel? O Linux é um programa Livre ? Por que? Quais foram as primeiras Distribuições Linux que surgiram? 5. 10. Qual a performance mínima e hardware para instalação? Justifique. O que é um gerenciador de boot? Qual a diferença entre eles? 9. 4. 3. 2. Como surgiu o Linux? E qual a distribuição que estamos usando? 6.

Prática Desligando o Computador: [root@NomeDaMaquina root]# Linux Kernel .

ajuda muito nessa tarefa de help para os comandos ).Manual dos Comandos • O Linux possui muitos comandos.Comando Man man . Sintaxe: [root@NomeDaMaquina root]# man “comando” . • Difícil memorizar os parâmetros. • O man ( manual de comandos.