Usos da Ortografia

• Etimologia • De onde surgiu? • Quais suas implicações? • Como é delimitada? • Onde estamos hoje em dia.

onde o primeiro significa „correto‟ e o segundo. podemos inferir que Ortografia é a capacidade ou ação de escrever direito.  Sendo assim. „escrita‟.Usos da Ortografia . ambos de origem grega. Mas como isso é regido? Há regras? De onde vêm? .Etimologia  A palavra Ortografia vem da junção do radical „orto‟ + „grafia‟.

os egípcios. civilizações americanas.  As primeiras escritas eram em formas de desenhos. chamados hieroglífos.C.. De fato.De onde surgiu  As primeiras tentativas de se criar sistemas de escrita aconteceram por volta de 4000 a. chineses e mesopotâmicos começaram a desenvolver seus sistemas de representação gráfica. .  Note que a grnde complexidade e evolução foi quando os símbolos começaram a representar sons. Em épocas bastante próximas. não podemos atribuir o surgimento da escrita a uma única sociedade. Os sistemas mais rudimentares apareceram muito antes que os primeiros alfabetos – dois milênios mais tarde – ganhassem forma.

. Ela será responsável pelo regimento das regras que circulam a Ortografia. eram apenas faladas. anteriormente. e até mesmo cidade. se escreverem tudo como é falado. região. há uma Gramática Normativa.  A grande problemática desta linguagem. é que cada povo. terá sua própria pronúncia. tornando difícil o entendimento de outros povos que não sejam os seus.  Por isso.De onde surgiu  A ortografia surge da necessidade de passar para a linguagem escrita coisas que.

a letra H inicial só existe por questões etimológicas. moderno) > hoje.  Para quem nunca se deu conta. Certamente você nunca perdeu o sono por não saber por que HOJE tem H e ONTEM não tem . ou seja.Como é delimitada?  Nossa ortografia é de origem etimológica e fonética. geralmente escrevemos como falamos ou esta palavra terá algo ainda de seu radical. Mantêm o H aquelas palavras que já apresentavam a letra H na sua origem: hoc die (= este dia. geralmente latino. em latim) > hodie (daí hodierno = atual.

Como é delimitada?  A ortografia funciona como um recurso capaz de “cristalizar” na escrita as diferentes maneiras de falar dos usuários de uma mesma língua. as ortografias desses dois países não são exatamente iguais. vem sendo negociado um acordo entre os vários países de língua portuguesa para “unificar” as normas ortográficas usadas em cada um deles. No caso da língua portuguesa. Por isso. foi só neste século que se fixaram normas ortográficas no Brasil e em Portugal. Embora muito parecidas. nos últimos anos. .

a norma que usamos define não só o uso de letras e dígrafos. e utilizadores fluentes da língua sabermos que a forma correta das palavras é sempre uma convenção. ”rhinoceronte”. futuros professores. “thermômetro”.Observação  Cabe a nós. commércio” e “encyclopédia”. nos textos do início do século encontrávamos grafias como “pharmácia”. . Ela define também o emprego dos acentos e a segmentação das palavras no texto. Assim.  Hoje. ”archeologia”. algo que se define socialmente.

 Em 1986. Portugal e São Tomé e Príncipe. Desde o início do século XX.  O acordo de 1990 entrou em vigor em 2008. TimorLeste viria a assinar o documento em 2004. Brasil. . Depois de anos de trabalhos. depois de sua independência. sem alcançar um consenso. principalmente no Brasil e em Portugal. Guné-Bissau.Acordos ortográficos Luso-brasileiros  A ortografia portuguesa segue um conjunto de normas oficializadas através de acordos ortográficos. Cabo Verde. busca-se um estabelecimento de um modelo padrão de ortografia em publicações de ofício de ensino nos países lusófonos. em 1990 o novo Acordo Ortográfico recebe a aceitação e assinatura de todos os países lusófonos: Angola. As transformações e adequações foram maiores na ortografia usada em Portugal do que no Brasil. com prazo a ser completamente posto em prática em 2012. o governo de José Sarney promove um encontro com todos os países lusófonos no Rio de Janeiro. Moçambique.

como estudar e aplicar estas regras? .Dito isso.

pre_a. mai_sena. compreen_ão. esa.Tente completar os espaços em branco abaixo:  Creu_a. Papi_a. diaconi_a. defe_a. endeu_ar. surpre_a. gosto_o  Depois de ditongons. sufixos isa. usa-se S . famo_so.  Canoni_a. fai_ão. ês.

. querer e seus derivados sempre virão com „s‟. pôr.Vamos ao próximo!  Qui_era  pu_era  compu_era  opu_era  qui_éssemos  Os verbos usar.

não desanime!  Macie_  Altive_  Bele_a  Limpe_a  Os substantivos com sufixo „ez‟ e „eza‟ cujo radical é um adjetivo. serão grafados com Z.Mais uma. .

 Empregue X após ditongo!  Após a sílaba inicial „en‟. encher(e seus derivados). há exceções: encharcar. Mas calma.Algumas outras regras  Para emprego do „s‟ e „z‟:  Palavras com sufixo „izar‟ e „ização‟ serão escritas com Z.  Empregue X após a sílaba inicial „me‟. escreva X. já os verbos que derivam de palavras que não apresentam s. são grafados com z. enchiqueirar. Calma de novo! A Exceção aqui é Mecha(substantivo) .  Os verbos que derivam de palavras grafadas com s. são escritos com s.

Senão ou se não?  Se não(separado)  Serve como condicional e pode ser substituído por „caso não‟ou por „ou‟.  Ex: Se não vierem todos. . a não ser.  Você nada fez senão reclamar. exceto. como será?  Senão(junto):  Substitui-se por „do contrário‟. senão estamos arruinados.  Exemplos: Tomara que chova. sem que. mas sim.

deslocamento físico de um lugar para outro. que tem classificação diversa. menos os dinâmicos. isto é. Use com verbos dinâmicos e nomes relativos. conforme sua utilização na frase. derivados desses verbos. .  Aonde – é a combinação da preposição „A‟ mais „onde‟. Pode ser substituído por „para onde‟ou „a que lugar‟. os que indicam movimento.  Exemplo: Voce está onde? / Onde vocês me viram ontem? / Ninguém sabe onde as crianças estão.„Onde está?‟ ou „Aonde está?' Dica!!  Onde pode ser substituído pela expressão „em que lugar e é usado com qualquer tipo de verbo.