You are on page 1of 35

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO ESTRUTURAL DA ESPÉCIE HUMANA

NOÇÕES DE QUÍMICA GERAL APLICADA À BIOQUÍMICA

O ÁTOMO

O ÁTOMO

A ESTRUTURA ATÓMICA
CARACTERÍSTICAS DAS PARTÍCULAS
Prótons: tem carga elétrica positiva (+) e uma massa unitária.

Nêutrons: não tem carga elétrica (0) mas tem massa unitária. Elétrons: tem carga elétrica negativa (-) e quase não possuem massa.

CARACTERÍSTICAS DOS ÁTOMOS
PARTÍCULA Próton (p) Nêutron (n) Elétron (e) CARGA MASSA 1 1 1/1840

+
Neutro -

UM ÁTOMO É NEUTRO OU SEJA, O NÚMERO DE CARGAS POSITIVAS (PRÓTONS) É IGUAL AO NÚMERO DE CARGAS NEGATIVAS (ELÉTRONS).
EX: • O ÁTOMO DE OXIGÊNIO TEM 8 PRÓTONS, PORTANTO 8 ELÉTRONS. • O ÁTOMO DE HIDROGÊNIO TEM 1 PRÓTON, PORTANTO 1 ELÉTRON.

TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS 2011

Principais átomos moléculas e biomoléculas:

C, H, O, N, P, S

ESTRUTURAS ATÔMICAS DE ALGUNS EXEMPLOS DE ÁTOMOS, QUE TÊM PAPÉIS IMPORTANTES NO CORPO HUMANO

FORMAÇÃO DA LIGAÇÃO COVALENTE
NA PRÓXIMA REPRESENTAÇÃO, ESTÃO AS FORMAS DE REPRESENTAÇÃO DE UNIÃO ENTRE ÁTOMOS FORMANDO MOLÉCULAS. A REGRA DO OCTETO, QUE DIZ QUE OS ÁTOMOS TENDEM A SE ESTABILIZAR COMPLETANDO SUA CAMADA DE VALÊNCIA COM OITO ELÉTRONS, ASSEMELHANDO-SE À CONFIGURAÇÃO ELETRÔNICA DE UM GÁS NOBRE. A LIGAÇÃO COVALENTE É REPRESENTADA POR UMA LINHA RETA ENTRE OS SÍMBOLOS DE DOIS ÁTOMOS. NAS FORMAS MOLECULARES, O NÚMERO DE ÁTOMOS EM CADA MOLÉCULA FICA SUBSCRITO, À DIREITA. EM UMA LIGAÇÃO COVALENTE, DOIS ÁTOMOS COMPARTILHAM UM, DOIS OU TRÊS PARES DE ELÉTRONS DE VALÊNCIA.

Exemplos

Representação Estrutural da Água

ÁGUA

MOLÉCULAS QUE FORMAM DO CORPO HUMANO Aproximadamente 70 % da massa do corpo humano e constituída de Água. Por exemplo, uma pessoa que tenha 100 quilogramas, e admitindo que 1 quilograma = 1 litro, 70 quilogramas são constituídos de água. Fonte:UNESCO 2009

30% massa seca ( o que sobra tirando a água): • 21% Proteína
• 3% Lipídeos
• 1,5% Ácidos Nucléicos (DNA e RNA) • 1,5% Sais Minerais • 1% Açúcares (Carboidratos) • 1%Vitaminas Hidro e Lipossolúveis)

• 1% Outros

Carboidratos Gorduras Proteínas

Outros
Vitaminas Sais Minerais

Água

Material Genético

ÁGUA
("hidróxido de hidrogênio" ou "monóxido de hidrogênio" ou ainda "protóxido de hidrogênio") É uma substância líquida que parece incolor a olho nu em pequenas quantidades, inodora e insípida, essencial a todas as formas de vida, composta pelos átomos de hidrogênio e oxigênio.

MOLÉCULA DE ÁGUA

Quando falamos em polaridade, não podemos pensar em pólos pontuais, mas sim devemos imaginar um gradiente de distribuição de carga , pois estamos falando de interações eletrostáticas de nuvem eletrônica. a polaridade da ligação, ou seja, o deslocamento da nuvem eletrônica para um átomo de forma heterogenia em relação ao outro é explicada pela propriedade denominada eletronegatividade, a qual é diferente para cada elemento químico.

Escala de eletronegatividade

A ÁGUA É UM DIPOLO (MOLÉCULA POLAR)

δ¯

FORMAÇÃO DAS PONTES DE HIDROGÊNIO

2

2

AGREGADO OSCILANTE – GRAÇAS AO AUMENTO DA COESÃO ENTRE MOLÉCULAS DE ÁGUA

DEFINIÇÃO DE PONTES DE HIDROGÊNIO
Interação não-covalente, FRACA, entre um átomo de hidrogênio ligado a um elemento eletronegativo e um átomo eletronegativo em outra molécula. São as interações intermoleculares intensas devido ao seu grande número, medidas tanto sob o ponto de vista energético quanto sob o ponto de vista de distâncias interatômicas.

Tendo esse caráter, a água é um excelente solvente polar para compostos orgânicos polares de baixo peso molecular, como o metanol, etanol, ácido fórmico, ácido acético, dentre outros.

Possuindo um dipolo bastante acentuado, atrai por eletrostática (cargas opostas) o dipolo da outra molécula, de forma a facilitar a solubilização.

PROPRIEDADES DA ÁGUA
SOLVENTE UNIVERSAL
A água dissolve vários tipos de substâncias polares e iônicas (hidrofílicas), como vários sais e açúcar, e facilita sua interação química, que ajuda metabolismos complexos.

PROPRIEDADES DA ÁGUA
CAPILARIDADE
Quando a extremidade de um tubo fino de paredes hidrófilas é mergulhada na água, as moléculas dessa substância literalmente “sobem pelas paredes” internas do tubo, graças a coesão e a adesão entre as moléculas de água.

FUNÇÕES DA ÁGUA
 Transporte de substâncias

 Facilita reações químicas
 Termorregulação

 Lubrificante
 Reações de hidrólise (quebra)

 Equilíbrio osmótico (concentração de íons)
 Equilíbrio ácido base (pH)

TRANSPORTE DE SUBSTÂNCIAS
 Organismos mais evoluídos apresentam sistemas circulatórios (sangue e seiva vegetal).  A urina é uma maneira de eliminar toxinas.  As células apresentam-se em estado colóidal (rico em água) o que facilita transporte de substâncias.

FACILITA REAÇÕES QUÍMICAS
 Reações químicas ocorrem mais facilmente com os reagentes em estado de solução.
 Em algumas reações químicas a união entre moléculas ocorre com formação de água como produto (síntese por desidratação).

 Reações de quebra de moléculas em que a água participa como reagente são denominadas reações de hidrólise.

TERMORREGULAÇÃO
 Seres vivos só podem existir em uma estreita faixa de temperatura.  A água evita variações bruscas de temperatura dos organismos.  A transpiração diminui a temperatura corporal de mamíferos.

LUBRIFICANTE
 Nas articulações e entre os órgãos a água exerce um papel lubrificante para diminuir o atrito entre essas regiões.  A lágrima diminui o atrito das pálpebras sobre o globo ocular.

 A saliva facilita a deglutição dos alimentos.

VARIAÇÕES NA TAXA DE ÁGUA
 ESPÉCIE Água-viva Sementes Espécie humana

-

98% de água 10% de água 70% de água

VARIAÇÕES NA TAXA DE ÁGUA
 IDADE Feto humano – 94% de água Recém-nascido – 74% de água Adulto – 70% de água Idoso – até 55%