You are on page 1of 16

ÉTICA, POLÍTICA E CIDADANIA

“A Sociedade na busca pelo bem comum’’ JANAINA NOGUEIRA MAIA CARVALHO

Refletir de forma autônoma e participativa sobre o ser como agente transformador da sociedade em que vive. Investigar a origem e a Importância da ética.OBJETIVOS:  Desenvolver capacidade de análise crítica em torno de aspectos da ética. da política e da cidadania nas questões que envolvem cultura e identidade e que permeiam as relações sociais e políticas no mundo contemporâneo.   . da política e da cidadania.

. Rios.. Vila Nova. 1993 CIDADANIA POLÍTICA “A principal função da política é dar perspectivas às pessoas.” Nogueira. ÉTICA “É a reflexão crítica que se faz sobre os conceitos e valores morais”.Para iniciar nosso diálogo. 1991 . 2001 “Conjunto de direitos e deveres ao qual um indivíduo está sujeito à sociedade em que está inserido”.

o Nazismo. científicas e invasões territoriais em nome da civilização. quando instauraram a razão. duas Guerras Mundiais. Revolução Industrial. desmitificando preconceitos e mitos. as duas Guerras do Golfo e outros tantos conflitos ) fez com que exaltasse as consciências dos povos. * Uma era de revoluções e guerras ( a Revolução Francesa. fato que conclamou os indivíduos à uma nova postura ante os assuntos políticos. há dois mil e quinhentos anos atrás. instando o cidadão no poder. surgiram novas descobertas filosóficas. * O mundo conheceu o poder monárquico. . e quando derrotaram tiranias.NOSSO TEMA NA HISTÓRIA: * Grandes transformações ocorreram no ciclo histórico da humanidade desde a experiência filosófica e democrática vivida pelos gregos antigos. Com a derrocada das monarquias e impérios.

com o advento de novas técnicas. tecnologias e processos mais agressivos de globalização. POLÍTICA E CIDADANIA ???? .E hoje. as mudanças ocorrem de forma muito mais complexa e acelerada. Mas por que é importante neste momento dialogar sobre: ÉTICA. exigindo cada vez mais das pessoas um posicionamento crítico sobre os fatos.

Portanto.Porque estamos inseridos em um contexto social e cada um possui uma concepção de homem. cultura.. compreender todo esse conjunto de fatos e acontecimentos que constituem a História da Humanidade. sociedade. política e cultural. é antes de tudo. Lembrando sempre que as interpretações são tão distintas quanto às visões sócio econômica. .. política e cidadania. educação ética. política e cidadania . discorrer sobre ética.

O contexto social caracteriza a educação. O que somos está ligado ao que devemos ser. por isso deve estabelecer relações entre a cultura e a sociedade. um comportamento que seria o “desejado”. uns aos outros. os seres sociais impõem.Os valores não são estáticos. . estão sempre mudando conforme o tempo passa e diferem de uma cultura para a outra.

esperase então que esta sociedade alcance o “bem comum”. e se encontra no campo da liberdade. a ética define os valores sobre o que eu quero. é uma necessidade instituída. entretanto. é autodeterminação humana. Para a autora.Quando se espera que uma sociedade seja construída. pautada nos princípios da ética. Rios (1993) diz que o ser humano é social e é cultural. . é um modo de vida. posso e devo e é ainda a reflexão crítica sobre os valores morais. Ética.

Nessa perspectiva. a conduta. . pois o homem só é verdadeiramente autônomo no grupo. E nas palavras de Nogueira (2001). cujo fim é o “bem propriamente humano”. a principal função da política é dar perspectiva às pessoas.Mas e a política? É a política que orienta a ética. Somente ele diz o que deve ser produzido para o bem de cada um e de todos. a política é ciência prática que estrutura as ações e as produções humanas.

Já se tornou senso comum retratar política como sinônimo de iniquidade. Isso porque uma grande parcela dos sujeitos que protagonizaram a grande política do século XX se esqueceram de que a vontade do governante não é maior nem superior às leis. ela já está enfraquecida. desde as últimas décadas. mas exprime-se por meios delas. .

quando um regime político se torna tirânico. porque é dentro dela que se torna possível a manifestação das virtudes individuais e coletivas. ele ruma para o despotismo – o governo de um só. quanto dos governados. À comunidade política. A vida ética. portanto. que trata as coisas públicas como coisas privadas e governa para atender aos seus interesses pessoais e privados. das virtudes morais e intelectuais. disse Aristóteles. Tanto dos governantes. cabe a educação dos cidadãos. a política desaparece sob o egoísmo do tirano. ao romper com sua legitimação.Por isso. Neste momento. . o bem viver. só se realiza na comunidade política.

Ninguém nasce cidadão. um processo. . Processo que começou nos primórdios da humanidade e que se efetiva através do conhecimento e conquista dos direitos humanos. nesse sentido. mas torna-se cidadão pela educação. portanto. não como algo pronto. Cidadania é.À comunidade política. acabado. Porque a educação atualiza a inclinação potencial e natural dos homens à vida comunitária ou social. como aquilo que se constrói. mas. cabe a educação dos cidadãos.

. A atitude ética. da desigualdade. é tolerante e solidária e não apenas aceita. ao contrário. A falta ou a quebra de ética significa a vitória da injustiça. seja ele econômico. da discriminação. A transgressão aos princípios éticos acontece sempre que há desigualdade e injustiças na forma de exercer o poder. cultural ou político.CONSEQUÊNCIAS DA FALTA DE ÉTICA A falta de ética prejudica os que tem menos poder. mas também valoriza reforça a pluralidade e a diversidade.

a falta ou quebra de ética tem um efeito mais destruidor. O mesmo acontece quando a classe política se apoia no poder público para fazer valer seus interesses privados.A falta de ética ameaça a humanidade. A falta e a quebra de ética ameaça a todos os setores e aspectos da vida e da cultura de um país. . Mas não há como negar que. A política é um ponto de equilíbrio de uma nação. Quando a política não realiza a sua função – ser a instância que faz valer a vontade e o interesse coletivo – rompe-se a confiança no processo político do país. na vida política.

transparente. uma vida política saudável. natural e corriqueira. responsável. . diante da qual os cidadãos são levados a concluir que “sempre foi assim e nada vai fazer isso mudar”.A pior consequência é a falta de ética se converter em coisa banal. Do outro lado. tem o poder de aumentar a autoconfiança do povo e consegue reerguer um país. democrática. ética. representativa. ou seja.

São Paulo: Cortez. 2001. . São Paulo: Atlas.NOGUEIRA. 1991. 14 ed.MATTAR.VILA NOVA. Introdução à Sociologia. . São Paulo: SENAC. Compreender e Ensinar: Por uma Docência da melhor qualidade. São Paulo: Cortez. Administração. Em defesa da Política. J. TA. Filosofia e Ética.RIOS. . 2001.RIOS. S. Ética e Competência. 4 ed. .REFERÊNCIAS . 1993. MA. . São Paulo: Saraiva 2004. TA.