You are on page 1of 43

A LÍNGUA PORTUGUESA

apresenta:

O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO O que mudou, afinal?

O ALFABETO

Retornam, oficialmente, as letras:

K ,W,Y totalizando 26 letras.
... J, K, L , M , N ,O ,P , Q, R, S , T, U ,V ,

W, X, Y , Z .

Hiato em “i”ou “u” 3.Trema .Ditongos abertos 4.Acentuação 1.Acentos diferenciais 2.

• A saber : POLO ( substantivo) . Acentos diferenciais Caem os acentos diferenciais de algumas palavras.1.

.:polo aquático / polo industrial / polo Sul . Milionários indianos apreciam jogar polo Não existem pinguins no polo Norte.Ex. A cidade de São Paulo é considerada um polo gastronômico. jogar polo.

: a palavra pôlo. também perde o acento. que designa açor ou falcão de menos de um ano de idade.Obs. • .

Achei o anel e vou pô-lo no cofre. Não quero pôr lenha na fogueira . flexionado ou não.Vale lembrar : O mesmo não acontece com o verbo PÔR.: . Ex.

Como era : Comi uma pêra.PÊRA/PERA. . PARA (verbo ) / PARA (preposição) Ambas serão escritas sem acento.   Como ficou: Comi uma pera.

:Ele para o carro ao ver o sinal vermelho. Para de gritar.menino! - .Para( verbo parar ) Ex.

. Ela não para de repetir a mesma ladainha. Ex.: Estas flores são para você.Dessa forma.tanto o verbo para quanto a preposição para serão escritas sem acento.

:para-brisa / para-raios .ATENÇÃO: Esta regra aplica-se também às palavras compostas: Ex.

. Pelo ( substantivo ) perde o acento. Ex.: Sentiu que os pelos de seu corpo se arrepiaram.

O substantivo.ou seja. .e a preposição pelo serão grafados igualmente.sem acento.antes grafado pêlo.

Ela caminhava pelo lugar revivendo sua infância. .Exemplos: O pelo do gato era macio e perfumado.

que passa a ser grafado como a contração de preposição + artigo pela .PELA / PELA O mesmo acontece com o verbo péla. Passou pela amiga sem vê-la. .  Exemplos: Ela se pela de medo de baratas.

.: Ele não pôde reagir. no pretérito perfeito: Ex.PARA LEMBRAR: Foram mantidos os acentos diferenciais do verbo poder.

que indica tempo presente. Ex.: Ele não pode reagir.A fim de evitar confusões com pode. .

FÔRMA / FORMA Neste caso.porém é aconselhável o seu uso a fim de evitar confusões como no exemplo abaixo:  . o uso do acento é facul – tativo.Qual é a forma da fôrma do bolo? .

Não se acentuam mais as palavras terminadas em: ôo e êem: .

Como era  abençôo  crêem (verbo crer)  dêem (verbo dar)  dôo (verbo doar)  enjôo  lêem (verbo ler)  magôo (verbo magoar)  perdôo (verbo perdoar)  povôo (verbo povoar)  vêem (verbo ver)  vôos  zôo Como fica abençoo creem deem doo enjoo leem magoo perdoo povoo veem voos zoo .

 RESUMINDO ESSA REGRA: VER = ele vê – eles veem CRER=ele crê – eles creem LER = ele lê .eles leem .

reter.  .intervir. conter. advir etc.convir. deter.).Permanecem os acentos que diferenciam o singular do plural dos verbos: ter e vir. assim como de seus derivados (manter.

: Ele tem muitas qualidades. Ele vem de longe. Eles têm muitas qualidades. Ele mantém Eles mantêm . Eles vêm de longe.Exemplos.

2. não se usa mais o acento no i e no u tônicos quando vierem depois de um ditongo. . Hiatos em “i” ou “u”  Nas palavras paroxítonas.

 Como era Como fica baiuca bocaiuva feiura baiúca  bocaiúva  feiúra  .

baús. Itaú. VALE LEMBRAR QUE : .Piauí. o acento permanece.Atenção: se a palavra for oxítona e o i ou o u estiverem em posição final.  .saí. o acento permanece.Quando i ou u forem tônicos e apare – cerem isolados na sílaba ou seguidos de S.  Exemplos: tuiuiú.

da = Sa .va = Ma.ís.ta.ús.        Exemplos: Saída Saúde Balaústre Ataúde Caíste Saúva Maniqueísta = Sa – í .te = Sa – ú .la.de = Ca – ís .ni.ta .de = Ba.que.ú .tre = A.ú.

.

3.permanece a mesma.Ditongos abertos  Não se usa mais o acento dos ditongos abertos éi e ói das palavras paroxítonas (palavras que têm acento tônico na penúltima sílaba). VALE LEMBRAR: a pronúncia. . contudo.

           Como era alcalóide alcatéia andróide apóia (verbo apoiar) apóio (verbo apoiar) asteróide bóia celulóide clarabóia colméia Como fica alcaloide alcateia androide apoia apoio asteroide boia celuloide claraboia colmeia .

                Coréia debilóide epopéia estóico estréia estréio (verbo estrear) geléia heróico idéia jibóia jóia odisséia paranóia paranóico platéia tramóia Coreia debiloide epopeia estoico estreia estreio geleia heroico ideia jiboia joia odisseia paranoia paranoico plateia tramoia .

.

ATENÇÃO: tal regra vale apenas para as palavras paroxítonas. Exemplo prático:heroico –he-roi-co é paroxítona cuja sílaba tônica apresenta um ditongo aberto. etc. mausoléu.anzóis. . troféu . . mantêm o acento.a nova regra não se aplica.céu. carretéis. herói. a despeito do ditongo aberto. portanto. Herói – é uma oxítona e. -Por isto. pastéis.

 . qui. que.4. gui.TREMA Não se usa mais o trema (¨). sinal gráfico colocado sobre a letra u para indicar que ela deve ser pronunciada nos grupos gue.

.

temos:                  Como era agüentar argüir bilíngüe cinqüenta delinqüente eloqüente ensangüentado eqüestre freqüente lingüeta lingüiça qüinqüênio sagüi seqüência seqüestro tranqüilo Como fica aguentar arguir bilíngue cinquenta delinquente eloquente ensanguentado equestre frequente lingueta linguiça quinquênio sagui sequência sequestro tranquilo .Dessa forma.

 . portanto.012.As duas normas deverão vigorar até 2. quanto mais cedo nos familiarizarmos com elas. menos dificuldades teremos para incorporá-las a nossa escrita. Mas lembrem-se : a reforma corresponde a menos de 5% das palavras da nossa Língua a serem afetadas .

.por enquanto..somente a escrita.Bem. além de machucar os ouvidos... Aproveitando o ensejo. verdadeira praga..explicação ou sentido para ter sido tão ampla e incorretamente adotado. O Gerundismo ( argh ! ).pelo menos. vale combater em nossa fala um dos piores vícios de linguagem.. que.  . Porém.Nenhuma dessas alterações afeta a fala. não tem qualquer lógica.

Morte ao gerundismo! Essa praga importada dos manuais americanos e do telemarketing ! .

.

é só.Por enquanto. . Até a Formação sobre a Reforma Ortográfica nas regras de uso do hífen!  Obrigada pela atenção.