You are on page 1of 20

PUC – Pontifícia Universidade Católica de Goiás Engenharia Civil – Construção Civil II

Planejamento e Controle e obras

Apresentar os documentos integrantes de um projeto Conceituar os documentos escritos Mostrar modelos de especificação técnica e memorial descritivo

____________________________________________________ _
Prof. Eng. Civil Priscilla Borges

Planejamento e Controle de obras
Resultados do projeto de edificações é dividido em: Documentos gráficos Documentos escritos

Enfim o objetivo da missão é orientar o profissional quanto a elaboração do projeto. o desempenho. O que se deseja. . a qualidade esperada.Planejamento e Controle de obras Definindo a nomenclatura e os objetivos dos documentos: 1) Termo de referência: documento destinado a explicitar os objetivos do projeto. seus destinos e usos.

.Planejamento e Controle de obras 2) Estudo Preliminar – Corresponde ao esboço ou concepção iniciais do que deverá ser construído para verificar se todas as necessidades foram corretamente identificadas e se a construção as atenderá satisfatoriamente.

Planejamento e Controle de obras 3) Anteprojeto – apresentação gráfica simplificada em escala de construção para confirmação e/ou correção do estudo preliminar e definição do projeto. .

avaliar e orçar o produto final. Dele é possível desenvolver o projeto executivo e os complementares. pois com ele é possível entender. .Planejamento e Controle de obras 4) Projeto básico – corresponde á concepção final do projeto.

.Planejamento e Controle de obras 5) Projeto legal – é uma versão do projeto indicativo contendo as informações para aprovação e registro nos órgão públicos de fiscalização e nas concessionárias de serviços.

. O projeto executivo prevê todas as interferências dos projetos complementares.Planejamento e Controle de obras 6) Projeto executivo – é o projeto completo. com todas as informações gerais necessárias á execução.

Planejamento e Controle de obras 7) Detalhamento do projeto – é a definição precisa de todos os elementos construtivos a serem empregados na construção. . Detalhes construtivos são informações gráficas adicionais para melhor definição. visualização ou esclarecimento de elementos construtivos a serem executados.

instalações. estrutura. etc.Planejamento e Controle de obras 8) Projetos complementares – são os projetos que complementam o projeto executivo. São os projetos de fundação. .

Possui as seguintes partes: a) Generalidades – incluem objetivo. fiscalização. modificações de projeto. identificação a obra. recebimento da obra.Planejamento e Controle de obras 9) Especificações Técnicas – descrevem de forma precisa. completa e ordenada. os materiais e os procedimentos de execução a serem adotados na construção. classificação dos . Tem como finalidade complementar a parte gráfica do projeto. regime de execução.

relaciona materiais aplicáveis a qualquer obra.Planejamento e Controle de obras b) Especificações dos materiais – pode ser escrito de duas formas: Genérica . . Específica – relacionando apenas os materiais a serem usado na obra em questão.

etc.Planejamento e Controle de obras ESPECIFICAÇÃO DE MATERIAL: DESCRIÇÃO DO MATERIAL:  DIMENSÃO:  NORMAS TÉCNICAS: especificações e procedimentos (execução)  RENDIMENTO/CONSUMO:  CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO:  EMBALAGEM:  ESTOCAGEM:  SEGURANÇA: transporte manuseio  ACESSÓRIOS:  DOSAGEM/MISTURA/TRAÇO:  DILUIÇÃO:  LIMPEZA DE FERRAMENTAS:  DESCARTE DO MATERIAL: resíduos. embalagem.  . sobra.

forma de corte das peças. método de assentamento. . etc.Planejamento e Controle de obras c) Discriminação dos serviços – especifica como devem ser executados os serviços indicando traços de argamassa.

Planejamento e Controle de obras 10) Caderno de encargos – é o conjunto de especificações técnicas. fiscalização e controle dos serviços e obra. execução. O texto é semelhante ao da especificação técnicas. condições e procedimentos estabelecidos pelo contratante para a contratação. critérios. mais normalmente é mais geral. servindo para todas as obras. enquanto que as ET são particulares. .

tais como venda. Há memoriais descritivos para finalidades específicas. propaganda. registro de imóveis ou aprovação de projetos na municipalidade. seguindo a mesma ordem deste (ordenamento e nome dos serviços ou atividades). Deve ser ajustado ao orçamento.Planejamento e Controle de obras 11) Memorial descritivo – é outro tipo de resumo de especificações técnicas. .

a posição da tubulações elétricas e hidráulicas. evitando os acidentes comuns de perfurações as paredes de imóveis. É importante que contenham detalhamentos e croquis das instalações elétricas. . telefônicas e hidro sanitárias.Planejamento e Controle de obras 12) Manual do proprietário – Parte do manual é um resumo das especificações técnicas destinado ao usuário final (proprietário) e indica como deve ser conservado o imóvel.

Planejamento e Controle de obras 13) Memória justificativa do projeto – é a descrição do projeto com justificativas para as soluções adotadas. sob os aspectos econômico. por exemplo. . técnico e artístico. São utilizadas em concursos ou perícias.

Planejamento e Controle de obras 14) Orçamento – documento cujo objetivo é estabelecer custos e preços. As diversa etapas de que se compõem a edificação são distribuídas no prazo de execução definindo-se ainda que provisoriamente. 15) Cronograma – Apresenta a programação temporal da execução da obra nos aspectos físicos e financeiros. datas de início e fim para cada uma. .

Planejamento e Controle de obras 16) RIMA – relatório de impacto ambiental é um documento onde constem o impactos e vantagens propiciados pelo projeto para o meio ambiente bem como conste a recomendação e solução apresentada. .