You are on page 1of 26

Prevenção ao uso de álcool e outras drogas

Psicóloga: Dayana N.Nobre Crp 03/ 6710

Mais o que são drogas?
Droga, segundo a definição da Organização Mundial da Saúde, é qualquer substância não produzida pelo organismo que tem a propriedade de atuar sobre um ou mais de seus sistemas, produzindo alterações em seu funcionamento. Podem ser: ingeridas injetadas inaladas

.

os reflexos e a coordenação motora são prejudicados. Fica difícil expressar um pensamento em palavras. O tempo parece fluir mais devagar. os movimentos e acelera pensamentos. COCAÍNA Aumenta a frequência cardíaca. o apetite aumenta. o coração bate mais rápido e a boca fica seca. a pressão arterial e causa excitação e ansiedade: melhora o estado de alerta. . mas fica irrequieta.MACONHA Os olhos ficam vermelhos. A pessoa tem uma intensa sensação de poder.

não sente sono e treme. Em seguida. paranoia e forte síndrome de abstinência. Causa excitação. dependendo da quantidade. .CRACK Faz efeito no cérebro cerca de dez segundos depois que sua fumaça é aspirada. Vicia mais rápido que as outras drogas e pode matar em menos tempo. ouvir e sentir coisas que não existem. acelera a respiração. ÁLCOOL Pode apenas reduzir a inibição e causar euforia. LSD As pupilas ficam dilatadas. mas. euforia. Causa alucinações que duram até seis horas: a pessoa pode ver. a pessoa começa a suar muito. Essas sensações podem ser boas ou desagradáveis. angustiantes. causa depressão. provocar visão dupla e até levar ao estado de coma. pode reduzir a capacidade de julgamento. a coordenação motora. prejudicar os reflexos.

dos batimentos cardíacos e pode causar desidratação.ECSTASY É uma droga sintética que causa. a pessoa entra em um estado de letargia. aumento da pressão arterial. ao mesmo tempo. em que se sente flutuando. HEROÍNA Injetada na corrente sanguínea. alucinações (como o LSD) e efeitos estimulantes (como a cocaína). Provoca um perigoso aumento na temperatura do corpo. Em seguida. Apenas cerca de 30% dos viciados se curam . prazer intenso e bem-estar. produz em sete a oito segundos uma injeção avassaladora de euforia.

mesmo que seja esporadicamente. priorizandose o consumo em detrimento dos danos que causa e de outros interesses pessoais.  Uso abusivo ou problemático – consumo que causa danos à saúde física. ou o expõe a riscos.uso compulsivo de uma ou mais substâncias. sociais ou profissionais.  Dependência . geralmente para satisfazer a curiosidade. . psíquica ou social do indivíduo.Experimentação – significa a primeira vez (ou as primeiras vezes) em que se usa uma determinada substância.  Uso eventual ou não problemático – consumo moderado que não expõe o indivíduo ou o grupo a situações de risco para a sua saúde e do qual não decorrem problemas sociais.

neste caso. sempre que prevenimos. Prevenção secundária – evitar que o uso aumente de freqüência. É a prevenção que se destina às pessoas que já fazem uso da substância seja de modo moderado ou abusivo.Níveis de prevenção Prevenção – significa chegar antes. As ações têm como objetivo fornecer informações e educar os jovens a adotarem hábitos saudáveis e protetores em suas vidas. prevenimos alguma coisa. o uso de drogas. Prevenção primária – evitar que o uso se inicie ou retardar ao máximo seu início. É a prevenção que se destina às pessoas que ainda não fizeram uso de drogas ou que apenas experimentaram. Prevenção terciária – tratamento da dependência e de seus problemas. pois. se agrave ou resulte em dependência. .

 Impulsividade  Inconstância  Necessidade de fazer parte de grupos  Contestação  Distanciamento da família  Descoberta da sexualidade  Concepção do tempo desajustada  Insegurança  Crise e busca da construção de sua identidade  Atenção flutuante .

Curiosidade Busca de prazer Quebrar barreiras sociais Ser aceito no grupo Diminuir a timidez Conseguir status .

 Toda e qualquer atividade educativa pode ser promotora de saúde  Nenhuma atividade promotora de saúde ou preventiva é “perda de tempo”  As ações individuais merecem ser valorizadas e reconhecidas  Ter atitudes coerentes entre as atividades preventivas e o cotidiano na sala de aula  Estar aberto ao diálogo e às perguntas que podem surgir referentes a temas trabalhados em situações anteriores .

.

tendo especial atenção às regras que devem valer para todos na escola e não produzindo discursos que podem ser contraditórios e por isso manipulados de acordo com interesses imediatos Abrir espaços e garantir a continuidade de atividades promotoras de saúde. Apoiar e valorizar as iniciativas das diversas instâncias da instituição  Favorecer a boa formação dos educadores. inserindo-as no planejamento escolar global . tanto em suas áreas específicas de conhecimentos como em assuntos de interesse geral que digam respeito à realidade escolar  Ter uma atitude coerente entre as diversos setores da instituição.

.

Apresentação de fotos de pessoas antes e depois de uso de drogas.. Tanto para os adultos como para as crianças.. A bebida também. Confecção de cartazes sobre o assunto. . colocado em lugares estratégicos pra que toda a comunidade tenha acesso. Estes lugares poderão ser outros locais que a comunidade costuma freqüentar. O cigarro faz mal. por exemplo. e depois poderão fazer o desenho sobre o tema..Educação Infantil e Fundamental I do 1º ao 5º ano Histórias infantis relacionados ao uso de álcool e cigarro Roda da conversa abordando o tema com as crianças..

FUNDAMENTAL II (6º ao 9º) ano e Ensino Médio LINGUA PORTUGUESA -Leitura de textos sobre violência no trânsito e álcool. então.Debates e apresentação de vídeos. acidentes de trânsito por causa de bebida. SUGESTÃO DE ATIVIDADE: propor que os alunos façam uma redação com essa temática. . . -Leitura sobre mortes e acidentes por conta das drogas. Ou. -Elaboração de redações e poesias com essa temática. dividir a sala em grupos e pedir que cada grupo elabore um programa de rádio que pode abordar: noticias e informações sobre o uso de drogas. crimes e violência doméstica.

SUGESTÃO DE ATIVIDADE: organizar uma pesquisa em estabelecimento de saúde para que os estudantes vejam a quantidade de pessoas vitimas de trânsito e por violência associada ao uso de álcool. o professor pode trabalhar os dados usando gráficos. Após a pesquisa. tabelas e cálculos diversos.Organizar gráficos com números de acidentes de trânsito e consumo de álcool.MATEMÁTICA . -Organizar tabelas com dados de ocorrências policiais nos dias de festas e feriados. .

Direção de Mimi Leder. de bebidas. Direção de Murilo Salles. Direção de Luis Mandoki. álcool e drogas. a turma pode assistir vídeos com essa temática. (3) Quando Um Homem Ama Uma Mulher (1994). de fumo e demais entorpecentes. como por exemplo: (1) A Corrente do Bem (2000). . . SUGESTÃO DE ATIVIDADE: Sugerir que os alunos tragam letras de música de diversos estilos que falem do uso remédios.traduzir e comparar letras de músicas que falam de problemas sobre drogas.tradução de textos com a temática “educação antidrogas”. . e (4) Todos os Corações do Mundo (1995).INGLÊS .propor aos alunos que pesquisem artistas e músicos de língua inglesa que tiveram problemas com abuso de remédios. Direção de Betty Thomas. Além disso. (2) 28 Dias (2000).

Poluição do ar. . .QUÍMICA . vinho etc. como por exemplo: pegar um guardanapo branco ou lenço e colocar próximo ao escapamento de um veículo e comparar a sujeira da queima de combustível com a sujeira do cigarro nos pulmões.Verificar o teor alcoólico de soluções (perfume. vinagre. SUGESTÃO DE ATIVIDADE: o professor pode experimentos no laboratório ou nas proximidades da Escola.).Componentes do cigarro. . .Processo de destilação e fermentação de bebidas.

(2) uma mulher que passa a gravidez abusando de remédios e tem um filho prematuro.Risco do consumo de álcool e cigarro durante a gravidez. .BIOLOGIA . como por exemplo: (1) um pai de família que chega em casa bêbado e agride a família. . . (3) um filho viciado que comete pequenos crimes para sustentar o vício e traz problemas para dentro de casa. . SUGESTÃO DE ATIVIDADE: dividir a turma em grupos e propor que cada grupo faça uma dramatização do uso de drogas. e (6) um usuário de drogas que encontra apoio na Igreja. (5) um viciado que é levado para uma clinica de tratamento e se recupera.Males do consumo excessivo de remédios.Males do consumo de drogas. e após um tempo sai de casa por causa do vício e acaba sendo preso.Produção de remédios.

SUGESTÃO DE ATIVIDADE: Apresentar o problema da alta vulnerabilidade de alguns grupos sociais em relação aos malefícios do álcool e demais drogas. e (3) crianças e moradores de rua. .Males das drogas na história da humanidade. . egípcios etc.História da produção de medicamentos.HISTÓRIA . . em seguida. .Drogas em rituais mágicos nas comunidades indígenas. Dividir a turma em grupos e pedir que realizem pesquisas na internet ou na biblioteca tratando: (1) populações indígenas.Origem do Carnaval e demais festas nacionais e estaduais.Drogas nas civilizações antigas (gregos.). mostrar que a exclusão socioeconômica deixa esses grupos mais vulneráveis. romanos. babilônios. (2) migrantes e êxodo rural no Brasil. . Cada grupo deve apresentar brevemente dando um contexto geral do assunto e.

Origem das drogas no mundo e no Brasil. na sua comunidade.Tráfico Internacional de drogas. em visita a uma instituição publica. -Visão das religiões e o consumo de álcool e fumo. Essa atividade pode ser feita em grupo ou individualmente.Patentes de medicamentos e biopirataria. . Igreja etc. SUGESTÃO DE ATIVIDADE: Propor que os alunos façam vídeos com o uso de celulares e maquinas fotográficas digitais abordando a temática “Educação Antidrogas”.GEOGRAFIA . . e cada aluno pode registrar sua experiência familiar. .

-Prejuízos do uso de anabolizantes. Outra sugestão é organizar um passeio ciclístico no “Dia Mundial Sem Tabaco”. . SUGESTÃO DE ATIVIDADE: propor aos alunos pesquisas com entrevistas e aplicação de questionários em academias e clubes para identificar a dieta.EDUCAÇÃO FÍSICA .Doping nos esportes nacionais e internacionais. ou uma blitz educativa com distribuição de panfletos e adesivos. a suplementação alimentar e a prática de esportes.

naranon.br (2) AL-ANON E ALATEEN (Para familiares e amigos de alcoólicos) www.org.abratecom.8m.ANON (Grupos para familiares e amigos de usuários de drogas) www.br(7) Pastoral da Sobriedade www. SUGESTÃO DE ATIVIDADE: dividir a sala em grupos e pedir que os alunos pesquisem na internet os trabalhos desenvolvidos por Grupos de Auto-ajuda.na.vidasemcigarro.AA www.o papel das igrejas no apoio aos usuários de drogas.org.sobriedade.br (5) Narcóticos Anônimos – NA www.org.org.org. como por exemplo: (1) Alcoólicos Anônimos .ENSINO RELIGIOSO -.alcoolicosanonimos.org.com .org. .br (4) Grupos Familiares .br (6) Associação Brasileira de Terapia Comunitária – ABRATECOM www.amorexigente.br (8) Liga de Apoio ao Abandono do Cigarro www.br (3) Amor-exigente (Para pais e familiares de usuários de drogas) www.NAR .a visão da bebida e do fumo nas religiões.al-anon.

(3) produtos de escritório. no estilo “hip hop” ou “repente do nordeste”. SUGESTÃO DE ATIVIDADE: convidar um “Bombeiro Militar” para um evento com a presença de pais e responsáveis para abordar os riscos de uso de substâncias químicas. álcool e thinner. mencionando produtos visíveis no cotidiano das crianças e adolescentes. (4) produtos de beleza (esmalte e acetona. como: (1) remédios.Compor músicas. por exemplo . principalmente à base de solventes como benzina.Desenhos com a temática “educação antidrogas” e vida saudável. (2) produtos de limpeza. .EDUCAÇÃO ARTÍSTICA . principalmente) e produtos de higiene pessoal (desodorantes. como corretivos (os “branquinhos”).

com .PRECISO ME DROGAR PARA SER UM GÊNIO. NÃO PRECISO SER UM GÊNIO PARA SER HUMANO. CHARLES CHAPLIN “NÃO OBRIGADA!!!!!!! daynobre@hotmail. MAS PRECISO DO SEU SORRISO PARA SER FELIZ”.