You are on page 1of 31

COLÉGIO MILITAR DE CAMPO GRANDE

Assunto:

ECOLOGIA
Biologia Ten Graziela Data:

Disciplina: Professor:

Ano:

09 a 11/08/2010

DINÂMICA DAS POPULAÇÕES BIOLÓGICAS
ECOLOGIA – B29

Característica das populações
• População biológica é um grupo de indivíduos de mesma espécie que convivem em determinada área geográfica. • Cada população evolui e se adapta ao ambiente como uma unidade no ecossistema. • Assim, populações surgem, crescem e se estabilizam, mantendo um equilíbrio com os demais componentes da biocenose; porém, elas podem também declinar ou se extinguir.

por exemplo. • O esgotamento dos recursos ambientais e o desequilíbrio ecológico estão entre as principais consequências desse superpovoamento. cresce atualmente em ritmo acelerado e encara sérios problemas de sobrevivência . . o que tem sido motivo de preocupação para cientistas e políticos – A TERRA ESTÁ SE TORNANDO SUPERPOVOADA PELA ESPÉCIE HUMANA.• A população humana.

.

• No caso as espécie humana.• Existem duas características importantes a serem analisadas no estudo de populações biológicas: a densidade populacional e a taxa de crescimento. (DEMOECOLOGIA) . o estudo estatístico do tamanho e da estrutura (idade e sexo dos indivíduos) e suas variações é chamado de demografia (do grego demos=povo e graphe=descrição).

D= NÚMERO DE INDIVÍDUOS ÁREA OU VOLUME .DENSIDADE POPULACIONAL • É o número de indivíduos de uma mesma espécie que vivem em determinada área ou volume.

naquele ano? Aproximadamente 17.• Na a população humana.6 hab/km2 . distribuídas pelos 8.5 milhões de quilômetros quadrados do território nacional. • Qual era densidade demográfica do Brasil. • Exemplo: censo realizado em 1990 estimou a população brasileira em aproximadamente 150 milhões de pessoas. a densidade demográfica é demonstrada nos censos demográficos.

.• Em 2000. Como o nosso território permaneceu o mesmo. a densidade demográfica aumentou para 19. o censo mostrou que a população brasileira estava constituída por 169 milhões de pessoas.8 hab/km2.

com o clima. entre outros. o que permite fazer correlações com a disponibilidade de alimentos. informam se ela está em expansão. tomadas em diferentes intervalos de tempo.TAXAS DE CRESCIMENTO POPULACIONAL • As medidas do tamanho de uma população. em declínio ou estável. .

TAXA DE CRESCIMENTO .

mas apenas a variação do número de indivíduos no período considerado. Taxa de Nf .Ni crescimento = t absoluto Nf = n° de ind. Ni = n° de ind. • Taxa de crescimento absoluto (TCA): quando não se leva em conta o tamanho da população.• Taxa de crescimento (TC): variação do número dos indivíduos em determinado intervalo de tempo. no início do período considerado. t = duração do período considerado. . no final do período considerado.

Uma hora mais tarde havia 4.000 crescimento = = indivíduos 1 hora absoluto por hora .2. no período analisado.000 indivíduos.000 4.000 . a taxa de crescimento absoluto foi. constituída inicialmente por 2. de: Taxa de 2.• Exemplo 1 Uma população de paramécios.000 indivíduos. Nesse caso.

• Exemplo 2 No estudo de suas populações de bactérias (A e B) foram registrados os seguintes resultados: TEMPO N° DE BACTÉRIAS/mL DE MEIO DE CULTURA POPULAÇÃO A Início Após 3 h 10.000 POPULAÇÃO B 200.000 40.000 500.000 Calcular a taxa de crescimento absoluto .

como a população B era inicialmente maior. • Para se saber isso. o aumento do n° de bactérias da população B foi dez vezes maior que na população A. não podemos afirmar se esse crescimento absoluto maior significa que ela tenha crescido proporcionalmente mais rápido que a população A. devemos incluir no cálculo o tamanho inicial de cada população – taxa de crescimento relativo. .• Os valores das taxas de crescimento absoluto informam que . no período considerado. • Entretanto.

Nf .• A taxa de crescimento relativo (TCR) é a variação do n° de indivíduos de uma população em relação ao seu n° inicial.Ni Ni t Taxa de crescimento = relativo Calcular para as bactérias • Essas taxas calculadas indicam que a população A cresce em ritmo mais acelerado do que a população B. .

TAXA DE NATALIDADE E TAXA DE MORTALIDADE .

.000 habitantes da população. que nascem) e pela mortalidade (n° de ind. que morrem).• O crescimento de uma população é determinado pela natalidade (n° de ind. costuma-se expressar a taxa de natalidade como o n° de crianças nascidas no período de um ano para cada 1. • Na espécie humana. Taxa de N° de nascimentos no ano natalidade = 1.000 pessoas Na mesma idéia calcula-se a taxa de mortalidade.

IMIGRAÇÃO E EMIGRAÇÃO TAXA DE IMIGRAÇÃO É a entrada de novos indivíduos na população (natalidade) TAXA DE EMIGRAÇÃO É a saída de indivíduos da população (mortalidade) .

CRESCIMENTO N (+) DIMINUIÇÃO M (-) DENSIDADE DENSIDADE I (+) E (-) .

C.OUTROS ÍNDICES ÍNDICE DE CRESCIMENTO POPULACIONAL (I.) I.= NATALIDADE MORTALIDADE IC > 1  população crescendo IC = 1  população equilibrada IC < 1  população diminuindo .C.

E se for inferior a 2.ÍNDICE DE FERTILIDADE • É o n° médio de descendentes produzidos por uma fêmea durante o seu período reprodutivo. o n° médio de filhos por casal é 2. Se esse valor foi superior a 2.: se o índice de fertilidade para a espécie humana for igual a 2. a população está diminuindo em tamanho. Esse valor indica uma população estável. indica que a população está crescendo. • Ex. . onde os filhos substituem os pais.

.

. capacidade para • Essa capacidade é chamada de potencial biótico.CURVAS DE CRESCIMENTO POPULACIONAL • Qualquer população tem crescer indefinidamente.

Um casal da espécie humana tem um potencial biótico reduzido. este casal deixará apenas um descendente a cada ano. coelhos. teoricamente. pois. • Já insetos. peixes. .• As diferentes populações apresentam potenciais bióticos variados. em condições normais. ratos apresentam potencial biótico bem maior do que a espécie humana.

abrigo. • Esse conjunto de fatores que limitam o crescimento de uma população é denominado resistência ao meio. espaço. parasitas e populações competidoras). .• Em condições naturais. o potencial de crescimento de uma população é limitado pela disponibilidade de recursos (alimento. ação de predadores.

. então.• A curva de crescimento real de uma população resulta. da interação entre seu potencial biótico (capacidade de crescer) e a resistência imposta pelo hábitat onde ela vive.

.

Fatores que regulam o tamanho das populações biológicas • Carga biótica máxima .