You are on page 1of 25

Faculdades QI

Era da Informação

Prof. Márcia Cristina Pereira Email: adm_pereira@hotmail.com

Introdução

A teoria administrativa tem pouco mais de cem anos. Essa jovem senhora é um produto típico do século XX. No decorrer do século, ela passou por grandes transformações. Agora, está enfrentando a forte turbulência da ERA DA INFORMAÇÃO.

. o recurso organizacional mais valioso e importante. graças ao tremendo impacto provocado pelo desenvolvimento tecnológico e pela tecnologia da informação. o capital financeiro cede o trono para o capital intelectual. A nova riqueza passa a ser o conhecimento.A Era da Informação: Mudança e Incerteza  O começo da década de 90 marca o surgimento da Era da Informação.  Na Era da Informação.

A ligação com a internet e a adoção da intranet e redes internas de comunicação  intensificam a globalização da economia por meio da globalização da informação.  A informação torna-se a principal fonte de energia da organização: seu principal combustível e o mais importante recurso ou insumo. tanto mais informado e poderoso se torna o usuário. organização ou país. quanto mais poderosa a tecnologia da informação.A Era da Informação: Mudança e Incerteza  A TI modifica profundamente o trabalho dentro das organizações e fora delas.  Nessa nova era. A informação direciona todos os esforços e aponta os rumos a seguir. . seja ele uma pessoa.

 2. Conhecimento. . A TI permite trabalhar um incrível volume de informações comprimidas e transmitidas na velocidade da luz. O conteúdo de conhecimento integrado em produtos e serviços está crescendo significativamente. Na transformação da informação de analógica para digital. as coisas físicas podem tornar-se virtuais. Digitalização. Virtualização.Os desafios da Era da Informação Na Era da informação existem doze temas básicos que diferenciam a nova economia em relação à velha economia:  1.  3.

 6. Integração: redes interligadas. grupo de indivíduos e entidades que foram a base da atividade econômica.  5. Molecularização. . As informações são on-line e proprietários e consumidores se conectam entre si dispensando intermediários  7. Convergência. O setor econômico predominante deixou de ser a indústria para ser a nova mídia da computação e da comunicação. As novas estruturas organizacionais em redes são horizontalizadas e conectadas pela internet. Desintermediação.Os desafios da Era da Informação  4. A antiga corporação foi desagregada e substituída por moléculas dinâmicas.

Os ciclos de vida dos produtos estão se tornando cada vez menores. Discordância.Os desafios da Era da Informação  8. 11. Imediatismo. Globalização. Inovação. Produ-consumo. 12. O intercâmbio eletrônico de dados interliga sistemas de computadores entre fornecedores e clientes proporcionando concomitância de decisões e ações. A distância entre consumidores e produtores é pouco nítida. Questões sociais sem precedentes estão emergindo provocando traumas e conflitos que precisam ser administrados. Negócios e conhecimento não conhecem fronteiras. . 10. 9. Tornar os produtos obsoletos é o lema das     organizações.

A velocidade e a intensidade das mudanças foram além do que se esperava. A solução? Recorrer a medidas extremas e rápidas para a busca da sobrevivência e da excelência.  Pegou a maior parte das organizações totalmente despreparadas para a nova realidade.A Era da Informação: Mudança e Incerteza  A Era da Informação trouxe um novo contexto e uma avalanche de problemas para as organizações.  O diferencial entre o que as organizações estão fazendo e o que elas deveriam fazer tornou-se enorme e inultrapassável. . Foi assim que começaram a surgir os modismos na Administração.

surgiram várias técnicas de intervenção e abordagens inovadoras de mudança organizacional. A sobrevivência delas estava em jogo.As soluções emergentes  Como a mudança chegou para valer. pelo menos. as organizações tatearam várias tentativas para acompanhá-la ou. outras pedagógicas e baseadas no mercado e outras rápidas e revolucionárias como reação tipicamente americana. O filão está em oferecer soluções práticas e que atendam às emergências impostas pelas mudanças e transformações.  No final da era neoclássica. Algumas lentas e incrementais vindas da experiência japonesa. não ficar muito longe dela. .

Ela começou com os primeiros trabalhos de implantação do controle estatístico da qualidade.  Trata-se de uma abordagem incremental e participativa para obter excelência na qualidade dos produtos e serviços a partir das pessoas. .As soluções emergentes  Teve seu início com os autores vinculados com a Teoria Matemática.  É uma técnica de mudança organizacional suave e contínua centrada nas atividades em grupo das pessoas.

pois tudo deve ser revisto continuamente. As melhorias não precisam ser grandes mas devem ser contínuas e constantes. Kaizen é uma palavra que significa um processo de gestão e uma cultura de negócios e que passou a significar aprimoramento contínuo e gradual. .As soluções emergentes  A filosofia da melhoria contínua deriva do Kaizen (termo japonês). nada é estático e nem há manutenção do status quo.  Para o Kaizen. implementado por meio do envolvimento ativo e comprometido de todos os membros da organização no que ela faz e na maneira como as coisas são feitas.

 Melhorar sempre e constantemente e identificar soluções para os problemas.  Conhecer os propósitos da qualidade para melhorar processos e reduzir custos.  Suspender a prática de fazer negócios apenas na base do preço.Os 14 pontos de Deming para produtividade gerencial O programa de melhoria contínua deve basear-se em:  Criar objetivos de melhoria e publicá-los para todas as pessoas.  Todos devem aprender e adotar a filosofia de não conviver com erros. .

 Garantir a ação necessária para acompanhar essa transformação.  Eliminar o medo de errar. .  Demolir as barreiras funcionais entre departamentos. Criar a confiança e um clima para a inovação  Incentivar grupos e equipes para alcançar os objetivos da empresa.Os 14 pontos de Deming para produtividade gerencial O programa de melhoria contínua deve basear-se em:  Instituir treinamento no trabalho.  Encorajar a educação e o auto-aperfeiçoamento de cada pessoa.  Ensinar e instituir liderança para conduzir as pessoas.  Remover as barreiras que impedem as pessoas de orgulhar-se do seu trabalho.

Enfatizar o cliente. 9. Desenvolver a autodisciplina. Reconhecer o problema abertamente. 8. Promover a discussão aberta e franca. 3. .As soluções emergentes O Kaizen é uma maneira de pensar e agir baseada nos seguintes princípios: 1. Incentivar o relacionamento entre as pessoas. 7. Gerenciar projetos por intermédio de equipes multifuncionais. 4. 6. 5. Comunicar e informar a todas as pessoas. 10. Criar e incentivar equipes de trabalho. Treinar intensivamente e capacitar todas as pessoas. 2. Promover o aprimoramento contínuo.

. “Qualidade é a conformidade com as exigências” Crosby Por trás dos conceitos de qualidade está a figura do cliente.  A palavra qualidade tem vários significados: “A qualidade deve ter como objetivo as necessidades do usuário.As soluções emergentes – Qualidade Total  A Qualidade Total é uma decorrência da aplicação da melhoria contínua. presentes e futuras”. Deming Para Juran: representa a “adequação à finalidade ou ao uso”.

a qualidade total estende o conceito de qualidade para toda organização. . O objetivo é fazer acréscimos de valor continuamente. abrangendo todos os níveis organizacionais.As soluções emergentes – Qualidade Total  Enquanto a melhoria contínua da qualidade é aplicável no nível operacional.  A melhoria contínua e a qualidade total são abordagens incrementais para obter excelência em qualidade dos produtos e processos.

.  2. Escolha uma área de melhoria.  3. Faça um estudo piloto da melhoria. Defina a equipe de trabalho que tratará da melhoria.  6. Identifique os benchmarks (padrão de excelência que deve ser identificado. Implemente as melhorias. Analise o método atual.  5. Guia de referência)  4.As soluções emergentes – Qualidade Total A melhoria contínua e a qualidade total seguem um processo composto das seguintes etapas:  1.

As soluções emergentes – Qualidade Total  A qualidade total se aplica em todas as áreas e níveis da organização e deve começar no topo da empresa. além do investimento para melhorar a produtividade. tais como:  Enxugamento (downsizing) – O policiamento externo é substituído pelo comprometimento e autonomia das pessoas. O comprometimento da alta administração é indispensável para garantir uma profunda mudança na cultura da organização. O gerenciamento da qualidade total trouxe técnicas conhecidas. .

Os conceitos de fábrica enxuta e just in time (tempo certo) são baseados no ciclo de tempo reduzido. queda de barreiras e obstáculos intermediários.As soluções emergentes – Qualidade Total  Terceirização (outsourcing) – Simplificação da estrutura e do processo decisório das organizações e uma focalização maior no core business (negócio principal) e nos aspectos essenciais do negócio.  Redução de tempo do ciclo de produção – A redução do ciclo operacional permite a competição pelo tempo. . o atendimento mais rápido do cliente. etapas de produção mais encadeadas entre si.

7. . 9. Demonstrar reconhecimento às pessoas. Comunicar os resultados alcançados. Promover a conscientização da necessidade e oportunidade de melhorias. Organizar para atingir as metas. Executar os projetos para resolver os problemas. Prover treinamento a todas as pessoas. 6. 2. 10. 3. 5. 8. Conservar os dados obtidos.Os 10 passos para a qualidade segundo Juran 1. Estabelecer metas de melhoramentos. 4. Relatar e divulgar o progresso. Manter o entusiasmo.

    . Se baseia nos processos empresariais e considera que eles é que devem fundamentar o formato organizacional. Nem se pretende automatizar os processos já existentes. Não se trata de fazer reparos rápidos ou mudanças cosméticas na engenharia atual.As soluções emergentes – Reengenharia   Significa fazer uma nova engenharia de estrutura organizacional. mas a sua total substituição por processos inteiramente novos. Não se pretende melhorar os processos já existentes. Não se confunde com a melhoria contínua: pretende criar um processo inteiramente novo e baseado na TI e não o aperfeiçoamento gradativo e lento do processo atual. mas de fazer um desenho organizacional totalmente novo e diferente.

. Drástica. Impõem uma renovação radical. desconsiderando as estruturas e os procedimentos atuais para inventar novas maneiras de fazer o trabalho. Radical. Fundamental. A reengenharia joga fora tudo o que existe atualmente na empresa. Busca entender o “quê” e o “porquê” e não o “como” do processo. A reengenharia reorienta o foco para os processos e não mais para as tarefas ou serviços.As soluções emergentes – Reengenharia  A Reengenharia se fundamenta em quatro palavras-chave: 1. Não aproveita nada do que existe. Processos. As questões: por que fazemos o que fazemos? E por que fazemos desta maneira? 2. Busca reduzir a organização ao essencial e fundamental. 3. 4. nem para pessoas ou para a estrutura organizacional. Destrói o antigo e busca sua substituição por algo inteiramente novo.

As soluções emergentes – Reengenharia  A reengenharia está preocupada em fazer cada vez mais com cada vez menos. Daí. jogá-lo fora. virar o velho e tradicional organograma de cabeça para baixo ou. Seus três componentes são: Pessoas TI Processos   Focaliza os processos organizacionais A solução é focalizar a empresa nos seus processos e não nos seus órgãos. .

As soluções emergentes – Reengenharia  A reengenharia de processos direciona as características organizacionais para os processos. 6. 3. De treinamento específico para educação integral das pessoas. De gerentes com habilidades técnicas para habilidades interpessoais. De gerentes controladores para líderes impulsionadores. 9. 4. Suas consequências para a organização são: 1. . De tarefas para equipes multifuncionais. De departamentos para equipes de processos focadas no cliente. 5. 8. De subordinação para foco no cliente – interno ou externo. De avaliação do passado para metas futuras. 2. 7. De regras e regulamentos para autonomia das pessoas. Downsizing: achatamento e enxugamento.

 Apesar de estar ligada a demissões em massa devido ao consequente downsizing e à substituição de trabalho humano pelo computador. a reengenharia mostrou a importância dos processos horizontais das organizações e do seu tratamento racional.As soluções emergentes – Reengenharia  A reengenharia nada tem a ver com a tradicional departamentalização por processos. . Ela simplesmente elimina departamentos e os substitui por equipes.