.

.

.

.

.

.

Procurar uma metodologia para solucionar (é também um processo de criação). Despertar para um problema (necessidade). Embasamento teórico (o que já foi dito por alguma autoridade da área). 2.Hitler e o método 1. . 3.

. 2. de Bernhard Kellermann lhe aguçou os sentidos quanto às possibilidades dos discursos demagógicos. O filme “O Túnel”. Uma passeata organizada dos operários vienenses foi sua primeira inspiração para a manipulação das massas mediante a demonstração pública de força. com a lei do mais forte determinando a vida e a morte na sociedade. Concepção esdrúxula de “darwinismo social”. 3.1.

.

•O messias. •Manipular a mente: “uma de suas máximas de psicologia era que uma demonstração de força. e constato que essa foi a razão pela qual teve de morrer sobre a cruz. •Comparar-se a outros grandes messias: Dois mil anos depois. tinha não só o efeito de intimidar como também o de arrastar ” •A própria palavra “nazi”. poesia e raciocínio científico. O essencial é que falem de nós e que se ocupem de nós incessantemente”. •Super homem. •Oportunidades: apoio das forças aliadas para evitar o comunismo. . •Ser lembrado: “pouco importa que nos apresentem como palhaços ou criminosos. •O rito: o rito das conferências semanais que se tornaram obrigatórias. as excursões em comum. o mito do grande líder” . •O mito: “Ele se revestiu assim de uma auréola de virilidade. que preparou. diante do combate inaudito que Ele travou em prol do mundo inteiro contra o veneno judeu. as refeições tomadas em conjunto. de modo decisivo. os concertos ou as festas do solstício de verão. inclino-me com profunda emoção. •Criou uma seita similar aos primeiros cristãos. os braços levantados coletivamente e o natal dos alemães. os cânticos em coro. por pessoas de uniforme. de destemor e de desprezo. •Imagem construída anseios da população.

As paradas das SA .eram uma maneira de arregimentar o povo em torno dos seus ideais totalitários .as milícias nazistas .

.

.

.

.

.

“é dar a verdadeiras multidões que erram em busca de soluções ocasião de achar ao menos um lugar onde seu coração respire em paz” . declarou Hitler naquela época.“A maior tarefa do movimento”.

ou não é. e então nem o diabo vai detê-lo.A imutabilidade “O Partido Nazi é realmente o futuro da Alemanha. e então merece ser aniquilado” .

.A perseguição aos judeus Similarmente ao que foi realizado na Inquisição Espanhola na América.

.

com maior segurança e economia. 2003. permite alcançar o objetivo . traçando o caminho a ser seguido. o método é o conjunto das atividades sistemáticas e racionais que. .Assim. detectando erros e auxiliando as decisões do cientista (MARCONI.conhecimentos válidos e verdadeiros -. 82). p. LAKATOS.

f) obtenção de uma solução. 1980 apud MARCONI. substantivos ou metodológicos). d) tentativa de solução do problema com auxílio dos meios identificados. i) correção das hipóteses. e) invenção de novas idéias (hipóteses. b) colocação precisa do problema. (BUNGUE. 2003) . teorias ou técnicas) ou produção de novos dados empíricos que prometam resolver o problema. g) investigação das conseqüências da solução obtida. LAKATOS. procedimentos ou dados empregados na obtenção da solução incorreta. h) prova (comprovação) da solução. à luz de novos conhecimentos (empíricos ou teóricos. teorias. ou ainda a recolocação de um velho problema. c) procura de conhecimentos ou instrumentos relevantes ao problema.a) descobrimento do problema ou lacuna num conjunto de conhecimentos.

4.3 MÉTODO INDUTIVO 4. infere-se uma verdade geral ou universal. partindo de dados particulares.1 Caracterização Indução é um processo mental por intermédio do qual.3. o objetivo dos argumentos indutivos é levar a conclusões cujo conteúdo é muito mais amplo do que o das premissas nas quais se basearam. não contida fias partes examinadas. Portanto. suficientemente constatados. .

mas não necessariamente verdadeira. pelo va. Se todas as premissas I. clusão já estava.são verdadeiras.fonnação que não esta. nas premissas. a conclusão deve ser verda. nas premissas.clusão é provavelmente deira. Se todas as premissas são verdadeiras. II. te.DEDUTIVOS INDUTIVOS I. a con. nem implicitamenmenos implicitamente. Toda a informação ou II. verdadeira. A conclusão encerra inconteúdo fatual da con. .

c) verificar a exatidão das análises e deduções que permitiram ao autor chegar às conclusões."a) reproduzir as experiências e obter os resultados descritos. b) repetir as observações e julgar as conclusões do autor. com a mesma precisão e sem ultrapassar a margem de erro indicada pelo autor." .

Albert Einstein: 2. Muitos não dizem o que pensaram ou dizem muito mal. E disseram muito bem. Charles Darwin: Lembrar que estes são os verdadeiros heróis da nossa história.Grandes nomes da ciência: 1. . Eles tiveram que informar o queriam dizer.

Níveis de profundidade e complexidade do trabalho a ser produzido: 1. Iniciação cientifica. 3. . 7. Trabalhos da faculdade. 5. Artigo do mestrado. 2. Dissertação do mestrado. 4. 8. Tese do doutorado. Trabalhos do doutorado. 6. 9. Artigos do doutorado. Monografia de conclusão de curso. Trabalhos do mestrado.

.Este trabalho prévio abrange três aspectos: a) orientação geral sobre a matéria que vai ser desenvolvida. c) reunião. seleção e ordenação do material levantado. b) conhecimento da bibliografia pertinente.

Este trabalho prévio abrange três aspectos: a) orientação geral sobre a matéria que vai ser desenvolvida. Basicamente aprende o este lhe fornece e orienta. É uma fase necessária. pois é a construção de uma base científica. Neste estágio o aluno de ensino médio ou da faculdade depende muito de seu orientador. .

Coadunam com este erro os orientadores despreparados que saem ávidos do mestrado e querem que seus estudantes leiam tudo que leu no mestrado ou doutorado. Ler menos e com qualidade.Este trabalho prévio abrange três aspectos: b) conhecimento da bibliografia pertinente. Leituras desnecessárias podem atrapalhar neste estágio. Antes de tudo. Especificamente para iniciantes. o mais seguro e ler os materiais orientados. . Para muitos materiais é o primeiro contato que um estudante está tendo. a iniciação científica é um período para aprender. Erro comum em iniciação científica é o estudante acreditar que deve aprender tudo sobre uma ciência na elaboração de seu primeiro artigo.

pois depende de cada um e também das tecnologias disponíveis. selecionar os textos que usarei e ao mesmo tempo pensar e elaborar o meu texto com meus resultados. Agora vamos focar um bom tempo em discutir estas técnicas e salientando que elas não são uma receita imutável. como por a mão na massa mesmo. Ponto crucial para não perder o trabalho e o futuro pesquisador. . ou seja. É uma questão de técnica. Ler o material que é preciso. ou técnicas. Atualmente as técnicas de confecção são bem diferentes do período que fazíamos os trabalhos na máquina de datilografia. seleção e ordenação do material levantado.Este trabalho prévio abrange três aspectos: c) reunião. Poucos ou quase nenhum estudante de iniciação científica recebe a orientação para esta etapa. Um dos problemas das excessivas tecnologias é a sua seleção para um uso proveitoso. a ser desenvolvida e no momento que você começa a escrever o trabalho é que percebe o quanto a metodologia é importante.

Artigos. Revistas pagas. Gratuitos.Internet amiga ou inimiga? Você decide. Físicos e pdf. Selecionando os textos para o meu trabalho: 1. 3. 4. 2. ii. Científicos. Importância das revistas. i. i. Imagens e filmes. v. . ou você controla e a usa. Livros. Livres. Edições antigas. ii. Clássicos. Comunicação com outros pesquisadores do mundo todo (língua). iii. iv. adquiridos. iii. ou ela controla você.

No IFPR temos uma “benção” e uma “desgraça” denominada bolsa social ou de iniciação científica. O estudante pode iniciar no projeto e descobrir que não gosta nada do assunto. Ele estava interessado no dia que se candidatou à vaga porque assistira uma super produção do Discovery sobre o assunto em laboratórios americanos do Instituto de Pesquisa de Saúde dos EUA. A partir daí teremos alguma decepções: o estudante com o assunto. . é o orientador que delimita o problema a ser atacado. com a pesquisa e o orientador com aquele que depositou tempo e dedicação para iniciar o projeto.Delimitação do problema: Para iniciação científica dificilmente o estudante sabe algo sobre o assunto e muito menos sobre um problema a ser resolvido naquela área. Esta característica da iniciação científica traz um grande problema. Assim.