Relações entre períodos Tópico I

Frase, oração e período Período simples e composto Coordenada e subordinada

Frase, oração e período
Frase é um enunciado linguístico que, independente de sua estrutura ou extensão, traduz um sentido em uma situação de comunicação! (A) Silêncio! (B) Fogo! (C) Siga! Frases nominais Frases verbais

Conclui-se que: toda oração é uma frase.Oração é um enunciado linguístico que se organiza em torno de um verbo. . Não existe oração sem predicado. mas nem toda frase é uma oração. Empresa leva Internet a escolas públicas de 16 estados.

) Complemento nominal: Tenho necessidade de dinheiro. Atenção: Confetes choviam sobre elas. criou-o Deus. OI. Predicativo do sujeito (Ela estava imóvel) Predicativo do objeto (O juiz declarou o réu culpado) Predicação verbal – complementos: VI. (Linguagem figurada) Predicado: nominal (Os livros eram meus. O espetáculo foi considerado imoral.). indeterminado. Período simples: apenas uma oração.) . (a) Programas de informática ajudam a gestão escolar. verbal (Abrirei a porta.VTDI.) Atenção: sempre vai aparecer o predicativo objeto. VTD. VTI. sem sujeito.Objeto Pleonástico (O homem.Período é a frase organizada em oração ou orações. Análise Sujeito: simples. verbo-nominal (Os velhos morreram doentes.). elíptico. .Objeto Direto Preposicionado (Maria ainda ama a Pedro. Termos integrantes: Complemento verbal: OD. composto.Objeto Direto interno (Voamos um vôo espetacular. Diferente de: Necessito de dinheiro (OI).) . .

] Quantas orações? Qual a relação sintática entre as orações? Conjunções são palavras que servem para relacionar duas orações ou dois termos semelhantes na mesma oração. ordenada = ordem) é autônoma.(b) Programas de informática ajudam a gestão escolar e fazem o maior sucesso entre os alunos durante as aulas. pois não exerce função sintática em relação à outra oração. [Eu canto] [porque o instante existe] [e a minha vida está completa. Quais são as conjunções presentes no período acima? . Período composto: duas ou mais orações. Subordinada: (sub = inferior) exerce função sintática em relação à outra oração. Coordenada: (co= igual.

Conjunções coordenativas: que relacionam termos ou orações que têm a mesma função gramatical. uma das quais determina ou completa o sentido da outra. . Conjunções subordinativas: que ligam duas orações.

Período composto por coordenação Tópico II Orações assindéticas Orações sindéticas .

ninguém reparou em mim: todos estavam pasmados... portanto... etc. ora... Adversativas: mas... pois (após o verbo). mas também. Coordenada sindética: Tem conjunção e são classificadas de acordo com o tipo de conjunção que as introduz. de modo que. por isso. Alternativas: ou. no entanto. Conclusivas: logo. nem... etc. . porquanto. ou.. já. etc. não só.. etc. quer. Aditivas: e. ou. tanto como. (b) Entrei.. entretanto.. ora. Explicativas: pois (antes do verbo).. vi. contudo... todavia. que.... etc. porque.Coordenada assindética: sem conjunção (a)Vim. já. porém. venci. quer.

Atenção: Deitei-me. “Não nos deixeis cair em tentação.” . e não pude adormecer. mas livrainos do mal.

Período composto por subordinação Tópico III Oração subordinada substantiva Oração subordinada adjetiva Oração subordinada adverbial .

(d) A finalidade é a aprendizagem do conteúdo.Oração subordinada substantiva É uma oração que depende da principal e que equivale a um substantivo. Só peço a você isto: que me ajude. É muito provável que você vença. Nós duvidamos que você venha. . Ela tem certeza de que vai ser aprovado no exame. (b) Marcos decidiu não ir à festa. (c) Nós duvidamos da sua vinda. Introduzida pela conjunção integrante QUE. (a) É muito provável a sua vitória. (e) Só peço você isto: ajuda. (f) Ela tem certeza da sua aprovação no exame. A finalidade é que você aprenda o conteúdo. Marcos decidiu que não ia à festa.

Subst. predicativo.A oração substantiva pode desempenhar no período as mesmas funções que o substantivo pode exercer nas orações: sujeito. Objetiva Indireta} . Objetiva Direta} Substantiva objetiva indireta: função de objeto indireto. objeto indireto. Substantiva subjetiva: função de sujeito É importante {que o ator esteja concentrado}. objeto direto. complemento nominal e aposto. subjetiva} Substantiva objetiva direta: função de objeto direto Eu espero {que você goste do presente}. Sujeito + VTD {oração Sub. Os torcedores confiam {em que o time vença o campeonato}. Verbo de ligação+ predicativo {oração Sub. Subst. Sujeito + VTI {oração sub. Subst.

. A previsão era {que o número de desaparecidos diminuísse}. predicativa} Substantiva completiva nominais: função de complemento nominal Eu tenho certeza {de que você está entendendo tudo}. Sujeito + Verbo de ligação {oração Sub.} Oração principal + {oração Sub. Subst.Substantiva predicativa: função de predicativo do sujeito. Subst. Predicativa} Substantiva apositiva: função de aposto. Apenas uma coisa me preocupava: {que ele esquecesse as chaves em casa.

Oração subordinada adjetiva Observe: Não se faz uma grande cidade sem grandes cidadãos. Nossa maior atração é você. cobra. Atrás de cada solução inovadora há uma população que apóia. fiscaliza e se orgulha de viver aqui. E Curitiba é um bom exemplo disso. Curitiba. .

Atrás de cada solução inovadora há uma população {que apóia. fiscaliza e se orgulha de viver aqui}. cujo. qual. cobra. determinada que fiscaliza: atenta. quanto. que apóia:defensora. É sempre introduzida por um pronome relativo: que. onde. pois determina um substantivo antecedente. quem. protetora que cobra:exigente. vigilante que se orgulha: orgulhosa Oração subordinada adjetiva é aquela que tem valor de adjetivo. .

Restritivas: ligam-se diretamente ao termo ou à expressão cujo sentido particularizam. As fazendas.Explicativa: funcionam como um comentário adicional e devem ser isoladas por vírgulas do termo ou da expressão a que se referem. devem ser desapropriadas. . que são improdutivas. Minha amiga que mora nos Estados Unidos veio me visitar.

.Oração subordinada adverbial (a) Você nunca se encheu da escola {quando era criança}? (b) Você nunca se encheu da escola na sua infância? Na sua infância: adjunto adverbial de tempo. Conjunção: quando indicando tempo. Este tipo de oração tem função de adjunto adverbial de outras orações. É introduzida por uma conjunção subordinativa.

Conjunções:Quando. Nosso corpo necessita de alimentação de qualidade. Conjunções ou locuções conjuntivas: que (combinado com as palavras tão. tanto e tamanho). tal. de maneira que. . Adverbial temporal: exprimem circunstância de tempo. Sub. Adverbial causal: indicam relação de causa. {Logo que terminavam a prova}. Adverbial consecutiva:indica consequência.Sub. Sub. {tanto que ficamos doentes ao comermos de modo inadequado}. os candidatos iam saindo. enquanto. Locuções conjuntivas: logo que. desde que. de modo que. etc. Conjunção: porque Locução: visto que O técnico manteve a equipe de jogadores. o motivo. {porque eles ganharam a partida}.

Sub. {Conforme o combinado}. ainda que. etc. Adverbial conformativa: exprime um fato que está de acordo (em conformidade) com o que foi declarado. Fiz-lhe um sinal para que entrasse logo. Note que nesse tipo de frase. . Adverbial concessiva: exprime um caso particular. ainda quando. conquanto. Conjunções e locuções conjuntivas: que. etc. posto que. Adverbial final: exprime a finalidade do que se declara. almoçarei na sua casa. por muito que. {Embora lavasse todos os dias o chão da cozinha}. o resultado não ocorre. este lhe parecia sempre sujo. bem que. a fim de que. para que. Conjunção: conforme. nem que. segundo. Sub. se bem que. por mais que. mesmo que. Sub. Conjunção e locuções conjuntivas: embora. uma exceção. etc. como (=conforme). sem que.

melhor e pior). contanto que. menos. as pessoas compram mais roupa quente. desde que. a menos que. bem como. que nem. {Se eu estudar com dedicação}. qual (após tal). maior. Conjunção e locução conjuntiva: que. à proporção que. a não ser que. Conjunção e locução conjuntiva: salvo que. assim como. . à medida que. menor. quanto (após tanto. Conjunção e locução conjuntiva: enquanto.Sub. {À medida que o frio chega}. Sub. Adverbial comparativa: fazem uma comparação entre o fato expresso pela subordinação em relação ao que se declara na oração principal. Marcos escreve {como os grandes escritores}. passarei no exame. do que (depois de mais. tão). como se. Adverbial condicional: indicam uma hipótese ou condição necessária para que seja realizado determinado fato. etc. exceto se. Sub. Adverbial proporcional: estabelece uma proporção entre um fato e outro. etc. como.

Objetiva indireta ( e ) Oração coordenada explicativa . (c) Que maravilha! (d) O ladrão vive receoso de que o peguem em flagrante. objetiva direta ( d ) Oração sub. subst. (q) Para que atinja seus objetivos. (l) A filha dava preocupações que não terminavam. Adverbial final ( o ) Oração sub. de que tinha um encontro com sua amiga. (g) Ela saiu da sala. (e) Vamos andar rápido que atrás vem muita gente! (f) Ele tentou conversar com um tailandês. subst. (h) Vai comer ou vai ficar doente! (i) Pare! (j) Lembrou-se. Completiva nominal ( k ) Oração sub. (k) Da fonte se jorrava água que se podia beber. (b) Marcos afirmou que eram três. tanto que não fui ao parque. subjetiva ( m ) Oração coordenada assindética (a)[Se você pedir. desde que a conheceu. passei.Questões ( g ) Período simples Relacione as classificação: orações de acordo com sua ( h ) Oração coordenada alternativa ( l ) Oração sub. adjetiva ( a) Oração sub. (r) É possível que haja festa. (o) Choveu e ventou muito. de repente. subst. é preciso ser forte. Adverbial consecutiva ( r ) Oração sub. porque choveu muito. ( f ) Oração coordenada adversativa ( c ) Frase nominal ( j ) Oração sub. formei! (n) Não fui à praia. adjetiva ( i ) Frase verbal ( p ) Oração sub. (m) Estudei. adverbial causal ( b) Oração sub. (p) É apaixonado por ela. Adverbial temporal ( n ) Oração sub. subst. adverbial condicional ( q ) Oração sub. mas não entendeu a língua.] ele certamente virá.

Resposta G H K ou L I P N B D K ou L A Q O R M F C J E .