You are on page 1of 20

Plásticos

•Possibilidades incalculáveis; •As matérias são produzidas desde 1928 – plexiglas; (resina sólida
semelhante ao acrílico)

•O poliestireno em 1930;

Plásticos
•PVA e PVC em 1932;
(“acetato” polímero sintético, cola/adesivo)(“cloreto” resina origem petróleo)

Plásticos
•Polietileno em 1940; •Melaminas em 1938

Plásticos
•Poliésteres em 1938; •Silicones em 1945;

Plásticos
•A 1º matéria celulóide-1869. O grande Boom 2ª GM; •90% produção: aeronáutica, mecânica, automobilística. Nos 3 últimos anos nos EUA construção civil; •Definição: materiais artificiais com a combinação do carbono com oxigênio. Hidrogênio, nitrogênio e outros, tendo em uma das suas fases a forma líquida; (importância dos artificiais, aço, vidro, borracha); •Obtenção sempre através de calor e/ou pressão; (através de derivados
de matérias primas naturais, areia, calcáreo, petróleo, carvão, madeira etc – matérias primas intermediárias);

•Classificação: termoplásticos (amolecem qdo aquecidos); termofixos (moldagem irreversível); elastômeros (borracha sintética);

Plásticos
Propriedades: •Pequeno peso; •Isolantes elétricos; •Coloração integrante; •Baixo custo; •Produção em escala; •Imunidade à corrosão. Desvantagens gerais: resistência fraca em relação: •tração, impacto, dilatação, deformação sob carga, calor.

Plástico na construção civil
Os mais utilizados são: •PVC: (cloreto de polivinila) é o mais utilizado, possui baixo custo. Maiores usos em tubulações de água, esgoto e eletricidade, painéis. Principal vantagem é a resistência a oxidação e isolamento elétrico. Há três tipos: o de pressão (redes adutoras), o pesado (instalações prediais, rosqueado) e o leve (menos espessura, pequenas pressões, colado)

•Poliestireno: permite superfícies brilhantes e polidas, resiste pouco ao calor, é quebradiço se não for o tipo mais aperfeiçoado (alto impacto).

•Poliestireno expandido: forma de esferas comprimidas em molde, são cortadas com fios aquecidos (melhor acabamento). Muito leve, ótimo isolante acústico e térmico (mín. 20 mm).

•Polietileno: plástico fino e pouco resistente mecanicamente e ao calor, utilizado para proteção e recobrimentos de paredes ou materiais de construção.

•Náilon: plástico mais nobre, usado como reforço nas telhas plásticas de fibra de vidro, em buchas de fixação e dobradiças e ferragens.

•Fiberglass: fibra de vidro com resina poliéster. (estrutura semelhante ao concreto armado, resina=cimento e fibra=ferro) material nobre (aço inoxidável) alta resistência (se bem calculado). Leve, resistente à corrosão, baixo custo, ótimo acabamento. Pode ser usado como estrutura, vedação, divisórias ou equipamentos. Altamente adaptado processo industrial (paredes com armários fundidos). Usado como cobertura em domus ou chapas onduladas (fibra de vidro + náilon) (mais de 50 m domus monoblocos esféricos). Podem ser usados como fôrmas/moldes para concreto (elementos repetitivos, ótimo acabamento). Exemplos:
Prédio História e Geografia USP

http://www.youtube.com/watch?v=ZVgF9QePV5I&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=0GzquRynX-g&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=6mvlrFogA_8&feature=related

•Acrílico: plástico nobre, de qualidade óticas e aparência semelhante ao vidro. Os leitosos pela sua difusão luminosa são usados em luminárias. Podem ser divisórias e substituir o vidro (como em box). Podem ser domus para iluminação zenital, opaco ou transparente, boa resistência ao impacto, química e boa característica isolante (condutividade menor 3,8 que vidro).

•Acrílico cuidados: margem de expansão térmica; seladores flexíveis, grandes peças, requer modulação ou aumento da espessura.

•Ainda temos as resinas alquídicas (tintas a óleo, vernizes), Fenólicas (fórmica), e Vinílicas (paviflex), as resinas epóxi (adesivo, selante, revestimento não fabricado Brasil) o Hypalon e Neoprene (elastômeros ou borrachas sintéticas, usados na impermeabilização, o neoprene ainda usado na fixação esquadrias). O silicone (resinas sintéticas, proteção contra intempérie e umidade, hidrofugante).

Plástico na construção civil
Espaçador circular

Estribo Protetor de Vergalhão

Calço com garra
www.eplas.com.br

Plástico na construção civil

Tendas Infláveis (PVC): São versáteis, de montagem rápida. Podem ser brancas ou personalizadas. Baixo custo com transporte e mão de obra. Mantêm-se suspensas com o uso de 01 ventilador elétrico para cada tenda ou túnel. A montagem é estender a lona da tenda no chão, estaqueá-la e inflá-la. Desinflado é enrolado em pequeno volume e peso. Têm visual moderno e arrojado.