Gametogênese

Espermatogênese

Espermatogênse

Conceito: Processo que abrange a formação, nas
gônodas masculinas (testículos), dos gametas masculinos

Espermatogênse
Espermatozóides são formados e lançados no espaço do tubos

Tubos Seminíferos

Epidídimo

Testículo Células em divisão (mitose x meiose)

Espermatogênse

Tubulos Seminíferos

Células em Meiose

Espermatozóides liberados no espaço dos tubulos

Espermatócito secundário Espermatogônias Espermatózóides

Espermatócito primário Espermatides

Etapas

Período Germinativo

Período de Crescimento

Período de Maturação M

Período Diferenciação

Espermiogênese

É o processo pelo qual as espermátides são convertidas em espermatozóides As principais organelas envolvidas neste processo são o núcleo, o aparelho de Golgi e os centríolos.

Espermatogênse
Pequenos grânulos aparecem nas vesículas do aparelho de Golgi. Essas vesículas modificam-se para formar uma vesícula acrossômica. O acrossomo resulta destas vesículas. A vesícula aumenta e se estende para a periferia para formar o capuz cefálico. O núcleo se torna denso e começa a se alongar.

Ver animação do espermatozóide

Neste momento os centríolos e o flagelo em desenvolvimento migram para a membrana nuclear e forma-se uma lâmina caudal. Um anel pequeno se forma em volta do centríolo próximo a lâmina caudal e as mitocôndrias migram em direção oposta ao acrossomo e colocam-se de forma helicoidal em torno do centríolo e do anel. Essa estrutura é a peça intermediária.