GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

O que é a Adolescência?

Segundo a Organização Mundial da Saúde
(OMS), a adolescência é um período de
transição entre a infância e a idade adulta,
que vai dos 10 aos 19 anos. É
caracterizada por mudanças ao nível
físico, psicológico e social, nos
adolescentes. No entanto, o meio cultural
em que se inserem influencia muito estas
duas últimas mudanças.
POSSO FICAR GRÁVIDA LOGO NA PRIMEIRA VEZ?
 A rapariga ao completar a maturidade sexual
(chegar à fase da puberdade/aparecimento do
período) fica em condições de procriar, ou seja,
pode engravidar na sua primeira relação
sexual.

Existem muitos mitos populares que nem
sempre são verdade:
 “se o coito for de pé, não podes engravidar”;
 “se estiveres com o período não podes ficar
grávida”,
 “se a rapariga não chegar ao orgasmo, é
impossível a gravidez”.

Por isso é fundamental o uso de métodos
contraceptivos, que evitem uma gravidez
indesejável, mas também para proteger de
doenças sexualmente transmissíveis
PRIMEIROS SINAIS DE UMA GRAVIDEZ INDESEJADA
É importante estar-se atento a alguns
sinais, pois estes podem indicar uma
gravidez inesperada:

 Ao atraso da menstruação;
Às dores na barriga (simulando o
aparecimento da menstruação);
 Ao peito inchado, duro e/ou dorido (não
necessita de ser os dois);
À fadiga anormal, acompanhada da
vontade (mais) frequente de dormir;
Às náuseas e vómitos;
À vontade fora de normal de urinar;
O SIGNIFICADO DE UMA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
A adolescência é uma fase de
mudanças físicas e
psicológicas. Nesta etapa da
vida, os adolescentes sentem
grandes dúvidas.

 É muito importante que exista
abertura suficiente, no núcleo
familiar, para os jovens
expressarem as suas dúvidas.

O sexo é o tema mais difícil de
se falar. Em pleno século XXI,
ainda é um tabu para muitas
famílias.
O SIGNIFICADO DE UMA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
Uma gravidez, nesta altura,
implica um maior esforço para a
jovem mãe. A nível físico, o corpo
da jovem ainda está em
modificação.

Em termos psicológicos, a
aceitação da realidade é um
processo complicado. Existem
dúvidas que se colocam, difíceis
de responder. A escola, a família,
o bebé… O apoio torna-se
fundamental nesta etapa da vida.
MOTIVOS QUE LEVAM À GRAVIDEZ DA ADOLESCÊNCIA
 Numa era em que os meios de
comunicação e consequentemente a
informação estão disponíveis
em todo o lado e para qualquer
pessoa, coloca-se uma questão:

 “Por que é que a gravidez na
adolescência continua a existir,
especialmente nos países
desenvolvidos, como em
Portugal?”.
OS MOTIVOS PARA UMA GRAVIDEZ NÃO DESEJADA PODEM
DEVER-SE A:
 Transformação e alteração dos padrões comportamentais e
dos valores morais;
Deficiente promoção de educação sexual;
Início precoce da actividade sexual;
Falta de planeamento familiar;
 Meio cultural e socioeconómico;
OS MOTIVOS PARA UMA GRAVIDEZ NÃO DESEJADA PODEM
DEVER-SE A:
 A confiança no companheiro no acto sexual;
Medo de perder o namorado se recusar ter relações sexuais;
Falta de orientação dos pais;
Historial na família: o facto de as gerações anteriores terem
sido pais/mães adolescentes;
Achar que só acontece aos outros;

AS PRINCIPAIS DIFICULDADES DE SER MÃE ADOLESCENTE
 A principal dificuldade começa logo no meio familiar.
Actualmente, o primeiro impacto dos
pais é extremamente negativo.
 Ficam desiludidos, porque os filhos acabam por não seguir o
projecto de vida que tinham sonhado para eles.
 A realidade de ser-se mãe é completamente diferente. Os
projectos e interesses que se tinham ficam para segundo plano. O
futuro é incerto, cheio de preocupações e responsabilidades.
AS PRINCIPAIS DIFICULDADES DE SER MÃE ADOLESCENTE
 Uma das preocupações é a relação incerta com o companheiro e com
os amigos. Existe sempre o receio de contar a “novidade” ao
companheiro, pois este, nem sempre a aceita muito bem. Muitos
acabam por cortar relações com a companheira e com o futuro bebé.
O mesmo acontece com alguns amigos da jovem, que acabam por
recriminá-la, pondo um ponto final na amizade.

Este é um período em que a adolescente se sente só e desamparada,
sem o apoio dos pais, companheiro e amigos.
A REACÇÃO DOS FAMILIARES
No que diz respeito aos pais adolescentes, uns fogem da
responsabilidade, pois não se sentem preparados para assumir
uma gravidez precoce. Outros, no entanto, aceitam a
paternidade, assumindo todas as suas responsabilidades
enquanto pais e procuram manter contacto com a criança
independentemente da relação que possuem com a mãe do
bebé.
A REACÇÃO DOS FAMILIARES
 Em relação aos pais e familiares, normalmente, ficam um
pouco admirados e desiludidos com o sucedido. Alguns põem a
filha fora de casa, outros conformam-se e acabam por apoiar os
adolescentes. Contudo a reacção dos pais depende muito da
mentalidade e do meio social em que se inserem. Aspectos
como a religião influenciam a reacção dos pais, pois a gravidez
precoce é muitas vezes encarada como um pecado.

A ESCOLA E A GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
 Muitas destas adolescentes acabam por desistir da escola, procurando
a via do mercado de trabalho.
 O facto de possuírem pouca instrução faz com que o emprego não seja
muito bem remunerado.
 Actualmente, estes dados têm vindo a diminuir, devido a uma maior
preparação das escolas e dos professores para inverter estes
resultados.
 Existe uma maior preocupação em criar cursos profissionais. Uma boa
escolha para profissionalizar e preparar os jovens para o mercado de
trabalho numa determinada área. Podendo proporcionar-lhes condições
para estudarem trabalharem e educarem os filhos.
CONSEQUÊNCIAS DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
As principais consequências de uma gravidez na adolescência são:

o abandono escolar e a dificuldade em encontrar empregos estáveis .

Nem todas estas jovens estão preparadas para tal responsabilidade.
Não estão preparadas, tanto a nível psicológico como económico, para
poderem sustentar uma criança sem o apoio de ninguém. Daí ser muito
importante o apoio total da família.

 Também a nível físico, a maior parte das vezes, as jovens ainda são
imaturas e o seu corpo não está de modo nenhum para “dar à luz” uma
criança.

 Também existem outras consequências, tais como: a diminuição da
liberdade, o poder sair com os amigos, o não ter hora para dormir, pois
uma criança exige tempo e paciência, e ela própria necessita de dormir
mais do que um adulto.

CONSEQUÊNCIAS DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
 Os métodos contraceptivos são extremamente importantes. Para além
de evitarem uma gravidez indesejável, evitam também o contágio de
doenças sexualmente transmissíveis (DST´s), como a SIDA.
 Existem à disposição variadíssimos métodos, tanto para homens como
para mulheres.
 Alguns só evitam a gravidez, outros evitam só o contágio.
 Antes da utilização de qualquer método é necessário estar-se bem
informado sobre a sua eficácia, as suas vantagens e desvantagens e
qual é o que mais se adequa a cada pessoa e a cada situação.
 Por mais eficazes que os métodos contraceptivos sejam, o uso
incorrecto pode significar grandes consequências. O acto sexual deve
ser feito de forma consciente e responsável.