You are on page 1of 27

Disfonia Orgânica

Aula 04: Transtornos Motores da Fala
Dia 15.04.2014
Roteiro
• Transtornos motores da fala
• Disartria: conceito
• Classificação das disartrias
• Características das disartrias
• Transtornos motores da fala (ou disfonias neurológicas)
são distúrbios da fala e voz que acompanham lesões ou
alterações no sistema nervoso
• Causados por déficit neurológico:
• Programação dos atos motores da voz e da fala
(sistema nervoso central)
• Execução neuromuscular (sistema nervoso
periférico)

• Disartria (Darley, Aronson e Brown, 1969a e b) ou Disartrofonias
(Aronson, 1980)
Disartria
• “É um nome coletivo para as alterações da fala
resultantes de distúrbios no controle de seu
mecanismo, devido a danos no sistema nervoso
central ou periférico; designa problemas na
comunicação oral devido à paralisia, fraqueza ou
incoordenação da musculatura da fala” Darley, Aronson e Brown,
1969 a
• “Desordem da fala resultante de dano no
mecanismo neural que regula os movimentos
da fala” Netsell, R., 1984

• Etiologia multifatorial
• Incidência pouco conhecida
• Causas mais comuns: traumatismos, AVE, tumores,
doenças degenerativas, distrofias musculares,
mecanismos, doenças autoimunes, infecções virais,
neurotoxinas e fatores ambientais
• Causas vasculares/ AVE: etiologia mais comum
• Traumatismos cranioencefálicos: comuns, problemas
vocais em 1/3 dos sobreviventes
• Doenças degenerativas: declínio progressivo da função
neural
• Espasticidade Tremor
• Rigidez Flacidez
• Atetose
• Coréia Hipocinesia
Condições Neuromusculares
Classificações
• Baseadas em:
• Característica motora (Darley, Aronson e Brown, 1969a e b)
• Local da lesão (Ward, Hanson e Berci, 1981)
• Constância ou inconstância das
características acústicas (Aronson, 1980)
• Características vocais e laríngeas (Ramig e Scherer,
1992)
Características Motoras: Clássica
Darley, Aronson e Brown, 1969a e b

• 6 categorias:
• Flácida
• Espástica
• Hipocinética
• Hipercinética
• Atáxica
• Disartria mista
Características vocais
Aronson, 1980
• 5 categorias:
• Relativamente constantes
• Flutuantes arrítmicas
• Flutuantes rítmicas
• Paroxísticas
• Perda da fonação volitiva
Local da lesão
Ward, Hanson e Berci, 1981

• 4 categorias:
• Neurônio Motor Superior (córtex e trato piramidal)
• Nuclear (neurônio motor inferior)
• Sistema Extrapiramidal (substância reticular)
• Cerebelar
Características vocais e
laríngeas
Raming e Scherer, 1992
• 3 categorias:
• Problemas de adução (hipoadução e hiperadução)
• Problemas de estabilidade (curto prazo e longo prazo)
• Problemas de coordenação (incordenação fonatória,
disprosódia)
• Argumento das autoras: a classificação serve
como guia para o tratamento fonoaudiológico
• Foco de atuação passa a ser na laringe, no lugar
de trabalhar a articulação como um todo
Características vocais e
laríngeas
Raming e Scherer, 1992
Disfonia Flácida

• Lesão: interrompe a condução do impulso nervoso do
SNC para o músculo
• Consequência: falta de contração muscular das unidades
motoras (paralisia ou paresia)
• Paralisias de PPVV; miastenia gravis; paralisia bulbar
progressiva, poliomelite bulbar, tumores de tronco
cerebral, infecções virais, AVE, condições congênitas
• Movimentos reflexos e voluntários alterados
• Hipotonia (falta de impulso nervoso que mantém o tônus
muscular)
• Reflexos diminuidos
• Atrofia muscular
• Falta de resistência ao movimento passivo
• Faciculações (pequenas contrações visíveis e espontâneas,
tremores de grupos musculares individuais)
• Rápida degeneração da força em tarefas não fonatórias é
característica de Miastenia Gravis, mas não é encontrado
em nenhuma outra disartria flácida
• Regurgitação nasal é possível na disartria flácida
• Imprecisão articulatória
• Hipernasalidade
• Qualidade vocal rouco-soprosa
Disfonia Hipocinética

• Doença de Parkinson; paralisia supranuclear
progressiva, outras formas de parkinsonismo, Shy-
Drager Syndrome
• Movimentos involuntários: tremor
• Alterações do tônus muscular: hipotonia
• Redução de movimento (hipocinesia)
• Perda das reações posturais anormais
• Voz monótona
• Intensidade vocal fraca (diminuida)
• Alterações na qualidade vocal
• Imprecisão articulatória alteração da velocidade de fala
(aumentada ou diminuida)
• Expressão facial de máscara e redução nos
movimentos de AMR são características comuns
nas disartrias hipocinéticas
Características vocais
• doença de Huntington (coréia), tremor essencial,
discinesia facial, atetose, distonia,
palatofaringolaringeo, mioclonus, síndrome Giles de la
Tourette
• Movimentos coréicos anormais involuntários
• Movimentos involuntários anormais: movimentos
coréicos, atetóides ou distônicos
• Alterações do tônus muscular: hipertonia
• Excesso de movimento: hipercinesia
• Perda das reações posturais anormais
Disfonia Hipercinética
• Várias anormalidades podem aparecer no mecanismo oral
em repouso ou na fala
• Movimentos com padrão ou não, rápidos ou lentos:
característicos das disfonias hipercinéticas
• Entretanto, algumas hipercinesias em repouso e em
movimentos não fonatórios não são exclusivos das
disartrias hipercinéticas.
• A presença de movimentos faciais involuntários – com
exceção de fasciculações – é característico das disfonias
hipercinéticas
• Ataxia: incoordenação dos movimentos
• Alteração do movimento volitivo que envolve
erros na velocidade, extensão, força e direção do
movimento


Disfonia Atáxica

• Hipotonia
• Redução da resistência ao movimento passivo
• Dismetria
• Decomposição do movimento
• Disdiadocosinesia
• Astenia
• Tremor (evidente ao final dos movimentos)
• Achados normais para o exame do mecanismo oral é
possível na disartria atáxica. Entretanto, movimentos não
verbais de mandíbula, face e língua podem apresentar-se
dismétricos, o que não é comum em outros tipos de
disartria
Disfonia EspásticA
• Pseudobulbar
• Falta de inibição dos impulsos excitatórios do nervo vagal
• Hiperadução das pregas vestibulares e pregas vocais
• Reflexos orais patológicos e hipereflexia do GAG
• Disfagia e baba + comum nas disfonias espásticas,
mas não distintivas
• Lesões e transtornos neurológicos em múltiplos
sistemas
• Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA): disartria flácida e espástica
• Esclerose Múltipla: disartria espástica e atáxica
Disartria Mista

• Referências:
• Behlau, M. (org) Voz. O livro do especialista. Vol II. Revinter, 2005. Capitulo 9 Disfonias Neurológicas
• Netsell, R. A neurobiologic view of the dysartrias. In: McNeill et all. The Dysarthrias: Phisilogy, Acoustics, Perception,
Management. College Hill, 1984.