You are on page 1of 17

Multiculturalismo

Ana Paula
Elaine
Renata
Ana Elisa
Rosa




Professora: Elenice

Multiculturalismo e Educação


Questões, tendências, perspectivas


Globalização, educação e escola


Diversidade cultural traz qualidade ao
ensino.
A educação inclusiva pode aumentar a qualidade do
ensino no país.
Três perspectivas básicas:

Plural

Não linear

Não recente
Globalização: expressão de um mundo
hibridizado
Globalização e cultura: tensões e
buscas
Difusão: Adoção de uma determinada entidade
cultural do “outro”.

Aculturação: modo específico pelo qual essa
adoção será feita pelo grupo.
EDUCAÇÃO
É A ARTE DE APRENDER POR UMA
PERSPESCTIVA DE UMA VISÃO
FOLCLÓRICA OU LIBERAL .
SIGNIFICADOS
O MULTICULTURALISMO CRÍTICO OU
PERSPECTIVA INTERCULTURAL CRÍTICA
BUSCA ARTICULAR AS VISÕES FOLCLÓRICAS
AS DISCUSSÕES SOBRE AS RELAÇÕES
DESIGUAIS DE PODER ENTRE AS CULTURAS.
INDENTIDADE E DIFERENÇA
LEVA EM CONSIDERAÇÃO A PLURALIDADE DE
RAÇAS, GÊNEROS, RELIGIÕES, SABERES, CUL-
TURAS,LINGUAGENS, E OUTRAS
CARACTERÍSTICAS IDENTITÁRIAS PARA
SUGERIR QUE A SOCIEDADE É MULTIPLA E
QUE TAL MÚLTIPLICIDADE DEVE SER
INCORPORADA EM CURRÍCULOS E PRÁTICAS
PEDAGÓGICAS.
CIDADANIA
São os direitos e deveres civis políticos de todo
o cidadão , e , é direito de todo cidadão
exigir que sua condição seja respeitada .
PLURALIDADE CULTURAL
É o acúmulo das experiências e das conquistas
humanas que é patrimônio de todos. É a
característica de cada indivíduo ou grupos, com
seus costumes, religião, língua, tradição e modo de
viver.
Multiculturalismo, iniciado nos Estados Unidos.

Ultrapassa territórios e fronteiras, chegando
também ao Brasil.
Multiculturalismo e Educação no Brasil
Preconceito é uma postura ou ideia pré-concebida,
uma atitude de alienação a tudo aquilo que foge
dos “padrões” de uma sociedade. As principais
formas são: preconceito racial, social, sexual e
religioso.
Preconceito racial
Um grande problema enfrentado nas escolas, é o
preconceito racial. Na maioria das vezes o preconceito
é trazido de casa pelas crianças.

A proposta de uma educação voltada para diversidade coloca
a todos os educadores o grande desafio de estar atentos às
diferenças econômicas, sociais e raciais e de buscar o
domínio de um saber crítico que permita interpretá- las.
Homofobia na escola
Homossexualidade e bissexualidade, ainda são assuntos
delicados no ambiente escolar. O preconceito ainda existe
tanto pelos alunos como por alguns professores, e a falta de
técnicas pedagógicas adequadas para lidar com essa
diversidade sexual faz com que a homofobia seja um
problema presente nas salas de aula, não só do Brasil, mas
de todo o mundo.
Gênero na sala de aula e desempenho escolar
Sendo a escola uma instituição que se pretende democrática e
inclusiva, seria de esperar que dela estivessem arredadas
quaisquer práticas discriminatórias, tanto de gênero, com de
outros aspéctos.
Religiosidade nas escola e a intolerância
Na nossa cultura existem diversas religiões e todas
tentam viver harmoniosamente, mas de forma
independente, sem ultrapassar os limites alheios.

A religião exerce uma influência muito forte na
sociedade e, como consequência disso, acontece
também na educação escolar, ditando limites e
regras para as crianças.
Referência bibliográfica
CANDAU, Vera Maria (organizadora). Sociedade,
educação e cultura(s) – Petrópolis, RJ: Vozes,
2002.

Fontes:
Www.infoescola.com.br/sociologia
Www.famalia.com.br
www.pge.sp.gov.br/centrodeestudos