O que é o risco de crédito?

É o risco de perda em que se incorre quando há incapacidade de uma contrapartida, por uma das partes devido a factores internos ou externos, numa concessão de crédito.

Avaliação do risco de crédito
O risco varia consoante:
 O tipo de cliente;  O tipo de produto ou serviço  O tipo de montante em causa • Para determinar o risco de um cliente é indispensável

fazer uma avaliação prévia, mais ou menos pormenorizada, consoante o tipo de cliente.

Tipos de Crédito
Existem três tipos de crédito:
 Concedido na venda a empresas;  Concedido nas vendas ao público e empresas;  Concedido por instituições financeiras ao

particulares ou empresas.

Avaliação do risco de crédito
No crédito concedido a empresas

comerciais:
 A avaliação tem um maior número de

indicadores;
 Os montantes disponibilizados são maiores;  Os prazos médios de pagamento são mais

alargados.

Avaliação do risco de crédito
• No crédito dirigido às vendas ao publico e empresas:  Avaliado segundo o historial do cliente;  Pressupõe a integração do cliente na base da confiança da

empresa;
 Análise muito superficial;  Elevado risco de crédito.

Avaliação do risco de crédito
Concedido por instituições financeiras a

particulares e empresas, é feita:
 Uma análise exaustiva de avaliação de risco

dos clientes, quer sejam particulares ou empresas, com diferenciação de produtos de crédito específico para cada um destes segmentos de clientes.

Avaliação do risco de crédito
Clientes particulares:  O risco é avaliado com base numa ficha de

crédito, tendo em conta o nível de rendimentos.  Quando o cliente é de risco elevado (rendimento baixo),esse risco pode ser minimizado com a existência de um ou mais fiadores.

Avaliação do risco de crédito
Quando o Cliente é uma Empresa:  Na generalidade os montantes envolvidos são

mais elevados e a análise de risco é mais detalhada, incluindo o estudo de demonstrações financeiras, rácios financeiros, o historial de crédito, etc.

Avaliação do risco de crédito
Ficha de Crédito:

Onde figura o conjunto de informações necessárias para a elaboração de uma operação de crédito. Deve conter:  Endereço e dados do cliente para comunicação;  Informações de carácter pessoal e profissional;  Limites de Crédito Absolutos;  Actualizações das informações pertinentes sobre o cliente;  Todos os campos considerados importantes pelo Gestor de Crédito.

Avaliação do risco de crédito
Ficha de Crédito:

Onde figura o conjunto de informações necessárias para a elaboração de uma operação de crédito. Deve conter:  Endereço e dados do cliente para comunicação;  Informações de carácter pessoal e profissional;  Limites de Crédito Absolutos;  Actualizações das informações pertinentes sobre o cliente;  Todos os campos considerados importantes pelo Gestor de Crédito.

Avaliação do risco de crédito
Ficha de Crédito: A sua análise permite definir se o Cliente é ou

não de risco, baseando-se nos seguintes pontos:
 Carácter do Cliente;  Capacidade de Gestão;  Valor do Património;  Garantias de Crédito;  Envolvente contextual.

Avaliação do risco de crédito
Métodos de avaliação do risco de

crédito:
 Método da Ficha de Crédito;  Método Credit Scoring;  Método de RisK Rating.

Proposta de Crédito
Feita depois de ser dado o parecer favorável

para a concessão do Crédito, com os seguintes itens:
 Forma como foi realizada toda a operação;  Quem autorizou a operação;  Dados pessoais do avalista e do tutor do Crédito;  Valor e prazos de pagamento;  Resultados das análises para emissão do parecer.

Proposta de Crédito
Elaborada consoante a Política de Crédito da

empresa/instituição, tendo em conta:
 A Legislação e as Normas Legais;  O Posicionamento Estratégico da Empresa;  Os Resultados que a empresa pretende atingir;  Os Poderes de Decisão da concessão de Crédito;  Descriminação de quem e como concedeu o Crédito;  Assinaturas do concessor e do titular do Crédito.

Feito por: Otília Colaço TAG
Para: UFCD 16 Fluxos de Gestão Formador: Francisco Palma