You are on page 1of 19

Gás de Proteção

Argônio
SG - A
- inerte
- arco curto / concentrado
- boa estabilidade
do arco
- excelente transf. do metal
AWS - A5.32 - GASES DE PROTEÇÃO
SG - C
Dióxido de Carbono
Gás de Proteção
- mais barato
- ativo
- provoca oxidação
(aumento de temperatura)
- arco mais instável
- maior velocidade de soldagem
- ação de molhagem
1
AWS - A5.32 - GASES DE PROTEÇÃO
- arco longo
- elevada concentração
de calor
- utilizado para soldagem de
grande espessuras
- arco instável
- inerte
Gás de Proteção
Hélio
SG - He
SG - N
Nitrogênio
Gás de Proteção
- gás de purga - aço inox austen.
- bom grau de puresa contra
microrganismo
- não recomendado para aços
carbono e baixa liga
- ativo
2
- ativo
- reage facilmente
- melhora a estabilidade do
arco
- aumento do aporte de calor
- usado no prcesso MIG até
aprox. 3%
bons resultados até 2%
Gás de Proteção
Oxigênio
SG - O
AWS - A5.32 - GASES DE PROTEÇÃO
- redutor
- aço de molhagem
- não deve ser utilizado na
soldagem dos aços carbono
e baixa liga
- utilizado em misturas com
gás inerte, normalmente
argônio
Hidrogênio
Gás de Proteção
*utilização maior na
soldagem de alumínio
com objetivo de evitar
poros
* não utilizado no processo
TIG, pois oxida o eletrodo
de tungistênio
3
AWS - A5.32 - GASES DE PROTEÇÃO
SG - AO - 2
Argônio + O2
2% de O2

Gás de Proteção
- Diminui respingos
- Bom para soldagem nas
posições vertical e sobre
cabeça.
Gás de Proteção
Argônio + CO2
25% de CO2
(sempre o segundo gás)
SG - AC - 25
- para aço baixa liga / inox
- devido a oxidação aumenta
a velocidade de soldagem
e melhora a estabilidade
do arco
4
Gás de Proteção
Argônio
CO2
Oxigênio
8% de CO2
2% de Oxigênio
SG - ACO - 8 - 2
SG - A - G
Argônio
A mistura é difinida entre
fornecedor e cliênte

Gás de Proteção
AWS - A5.32 - GASES DE PROTEÇÃO
5
Gás de Proteção
SG - AHe - 10
- aumento do aporte de calor
- recomendado para soldagem
de peças espessas
AWS - A5.32 - GASES DE PROTEÇÃO
SG - AH - 5
Argônio + Hidrogênio
Gás de Proteção
- devido a sua ação redutora é,
indicado para soldagem de aço
inox austenítico, niquel e alumínio
Argônio + Hélio
10% de He
5% de Hidrogênio
6
AWS - A5.32 - GASES DE PROTEÇÃO
25% de Argônio
Gás de Proteção
Hélio (90%)
Argônio
CO2
7,5% de Argônio
2,5% de CO2
SG - HeAC - 7,5 - 2,5
SG - HeA - 25
Hélio + Argônio
Gás de Proteção
- boa ação de soldagem
- indicado para soldagem
dos aços inox e aços
baixa liga
7
AWS A5.1 - Soldagem dos Aços Carbono
Proc. Eletrodos Revestidos
E XX YY
Eletrodo Revestido
Limíte de Resistência Tração (60, 70 - x 1000 p/ passar p/ PSI)
Posição de Soldagem 1-todas posições
2-plana / horizontal
4-todas / vertical descendente
Tipo de Corrente
0 e 5 - CC+
2 - CC- / CA
1, 6 e 8 - CC+ / CA
3, 4, 7 e 9 - CC- / CC+ / CA
*nota - terminação 20, é utilizado
em todos tipos de cprrente.
Ácido
Celulósico (C6 H10 O5)
Rutílico (TiO2)
Básico (Ca CO3)
Tipo de Revestimento
8
9
AWS A5.5 - Soldagem dos Aços Baixa Liga
Proc. Eletrodos Revestidos
E - (X) XX YY - X
Eletrodo Revestido
Limíte mín. de Resistência Tração
(70, 80,90,100,110 e 120 - x 1000 p/ passar p/ PSI)
Posição de Soldagem - Idem a classificação AWS.A5.1
Tipo de Corrente - Idem a classificação AWS. A5.1
*Nota - A liga continua a mesma, a única defrença
está nos radicais 1 e 2. No radical 2, o percentual
de elemento de liga é maior que no radical 1.
Vide tabela pag. 20 e 21
Composição química do metal depositado.
*Vide Tabela na apostila de consumíveis
Tipo de revestimento - Idem a classificação AWS A5.1
E XXX(X) - Y Y
Eletrodo Revestido
AWS A5.4 - Soldagem dos Aços Inoxidaveis
Proc. Eletrodo Revestido
Composição Química
Austenítico - Classe 300
Martensítico - Classe 400
Vide Tabela pg.
Controle de Carbono L - Baixo teor de Carbono, max. 0.03%
H - Alto teor de Carbono, 0.04 - 0.08%
Posição de soldagem 1 - Todas Posições
2 - Plana / Horizontal
Característica do Revestimento 1 - Convencional
2 - Sintético
Corrente 5 - CC+
6 e 7 - CC+ / CA
Alma (aço inox)
Revestimento
(compensar as perdas de
Cr da Alma)
Revestimento
(liga de Cr e Ni)
Alma (aço carbono)
*Nota
Convencional
Sintético
10
11
AWS A5.2 - Varetas de Aço Carbono / Baixa Liga
Proc. Oxigas
R - XXX - G
Vareta
Limíte Mínimo de RT (45; 60; 65; 100; G)
*Notas
Vareta R-45 - Não é exigido limíte de resistência
A especificação é acordada emtre fornecedor e cliênte
Não especificado.
Acordo entre fornecedor e cliênte.
AWS A5.18 - Soldagem dos Aços Carbono
Proc. - MIG / MAG: TIG e Plasma
ER XX Y - X (X)
Se trata de Eletrodo / Vareta
Limite de Resistência Tração
Eletrodo Sólido (S) ou
Eletrodo Composto (C)
*Nota - (S) composição química similar à cpomposição do metal de base
(C) mínimo 85% de pó metálico - aumenta à deposição
- Adição de Liga
- Composto - com núcleo metálico
Tipo de Gás de Proteção
SG - A
SG - C
SG - M
Indica Composição Química
*Vide Tabela na Apostila
12
Processos: TIG, MIG/MAG, PLASMA, ARCO SUBMERSO
Teor de Carbono
Composição Química
Eletrodo (Y)
EY XXX (X)
AWS A5. 9 - Soldagem dos Aços Inoxidáveis
ER - Eletrodo ou Vareta
EC - Eletrodo Composto
EQ - Eletrodo em Forma de Fita
Austenítico - Classe "3XX"
Martensítico - Classe "4XX"
*Vide tabela pag. 25 - AWS A5. 4
L - Baixo - max. 0.037%
H - Alto - entre 0.04 e 0.08%
* Para austeníticos
13
Baixo - (L)
Médio - (M)
Alto - (H)
Arame Eletrodo
Propriedades Mecânicas
Limite de Resistência Tração
Fluxo
F - X X X - E - X X X (X)
AWS A5.17 - Soldagem dos Aços Carbono
Proc. Arco Submerso
6 x10 = 60ksi x1000 = 60.000 PSI
7 x10 = 70 ksi x1000 = 70.000 PSI
A como soldado
P após, executar alivio de tensões
Requerimento de impácto
*Vide tabela - pag. 31
K - Acalmado ao Si
Teor de Carbono
Teor de Mn
Exemplo:
F 7 A Z - E L 12
0.12 de Carbono
Baixo Manganês
Eletrodo
Não requer ensaio
de impácto
Como Soldado
Limíte min. de RT 70.000 PSI
Fluxo
14
E X X T - X
AWS A5. 20 - Soldagem dos Aços Carbono.
Proc. Arame Tubular de Aço Carbono
Eletrodo
Limíte mínimo de Resistência Tração
6 x 10 = 60 KSI, x 1000 = 60.000 PSI
7 x 10 = 70 KSI, x 1000 = 70.000 PSI
Posição de soldagem
0 - posições plana / horizontal
1 - todas posições
Usabalidade
Técnica
Proteção
Polaridade
*Vide tabela pag. 35
Arame com núcleo fuxado
15
AWS A5. 29 - Soldagem de Aços Baixa Liga
Processo Arame Tubular
E X X T X - X
Eletrodo
Limíte mínimo de resistência Tração
*Vide tabela pag. 37
Posições de Soldagem
0 - posição plana / horizontal
1 - todas posições
Ex: E 101T1 - K1
Composição química
*Vide tabela pag. 37
Arame com núcleo fuxado
Técnica
Proteção
Polaridade
*Vide tabela pag. 35
Usabalidade
16
AWS A5. 22 - Soldagem dos Aços Inoxidáveis
Processo Arame Tubular
E XXX (X) T X - X
Usabalidade
Técnica
Proteção
Polaridade
*Vide tabela pag. 38
0 - posição plana / horizontal
1 - todas posições
Posições de Soldagem
Arame com núcleo fuxado
Teor de Carbono L - Baixo teor de carbono - (max. 0.03%)
H - Alto teor de carbono - (0.04 - 0.08)
Composição química
Austenítico - classe AISI 3XX
Martensítico - classe AISI 4XX
* Vide tabela (AWS A5. 4)
Eletrodo
Ex: E 304(L)T1 - 4
17
Tipo de
Revestimento 2 Dígitos finais
Celulósico 10 e 11
Rutílico 12, 13, 14 e 24
Básico 15, 16, 18, 28 e 48
Ácido 20, 22 e 27
Obs - o 19 é tanto rutílico com ácido
18
Tipo de Corrente Dígito Final
CC+ 5 e *10
CC+ / CA 1, 6, e 8
CC+ - / CA 3, 4, 7, 9 e **20
CC- / CA 2
*Quando o "0" for precedido do número 1, (ex: 10)
a corrente é CC+
** Quando o "0" for precedido do número 2, (ex: 20)
a corrente é CC+ - / CA
19