Teoria da personalidade

Abraham Maslow

A vida de Maslow
•Sentimentos de inferiroirdade e compensação •Dos macacos a auto-realização

O desenvolvimento da personalidade

A hierarquia das necessidades

Características das necessidades
Quando mais inferior ela for na hierarquia, maiores serão seu poder, sua força e prioridades. As superiores são mais fracas. A satisfação de necessidades superiores é benéfica também psicologicamente e leva ao contentamento, a felicidade e à realização.

As necessidades superiores surgem mais tarde na vida, as fisiológicas e de segurança emergem na infância, as de afiliação e estima aparecem na adolescência e a de autorealização apenas na meia idade.

Necessidades Fisiológicas

Necessidades de Segurança
Embora os adultos normais tenha suas necessidades de segurança satisfeitas,elas podem ainda ter certo impacto sobre o comportamento.

Segundo Maslow
Quando as necessidades básicas de alimentação e abrigo não são satisfeitas, as necessidades superiores, como estima e autorealização, são de menor importância.

Necessidade de afiliação e amor

Necessidade de estima

Necessidade de autorealização

Necessidades cognitiva
* de entender * de conhecer

Necessidades estéticas

Variáveis situacionais

O estudo dos AutoRealizadores
METAMOTIVAÇÃO: que envolve o ato de maximizar o potencial pessoal, em vez de um objetivo particular. METANECESSIDADES: estados de crescimento ou existência em direção aos quais os auto-realizadores se desenvolvem.

METAPATOLOGIAS: Um impedimento do auto desenvolvimento relacionado ao fracasso em satisfazer as metanecessidades.

METANECESSIDADE METAPATOLOGIAS S    Verdade Desconfiança Bondade Ódio, confiança apenas em si Beleza Ordem Necessidade Auto-suficiencia Perda de bom gosto Insegurança Caos, imprevisibilidade Responsabilidade passada para os outros

Características dos Autorealizadores
Percepção clara da realidade Dedicação a uma causa Independência da necessidade de privacidade Vigor de apreço

Experiências culminantes interesse social relações interpessoais tolerância e aceitação dos outros criatividade e originalidade resistência e pressões sociais

Fracasso em tornar-se auto realizador
Complexo de Jonas;

Livre -arbítrio Natureza Experiências passadas Singularidade Equilíbrio Otimismo

Determinismo criação Experiências presentes Universidade Crescimento Pessimismo

CAMINHOS PARA A AUTO-ATUALIZAÇÃO
01 – Experienciar de modo pleno, intenso e desinteressado, com plena concentração e total absorção. (Consciência Interna e Externa). 02 – Vida – Processo de escolhas. Cada escolha pode ser uma opção para o crescimento. Crescimento X Segurança. 03 – Tornar verdadeiro e não potencial. Sintonizar-se com sua natureza íntima e decidir sozinho. 04 – Honestidade (consigo próprio) e Responsabilidade.

05 – Os 4 passos anteriores melhoram nossas escolhas. Confiança em nossos julgamentos. Ação coerente. 06 – Desenvolvimento das próprias potencialidades. Fazer bem aquilo que queremos fazer. 07 – Experiências culminantes. 08 – Reconhecer nossas defesas e trabalhar para abandoná-las.

Questões sobre a natureza humana

A avaliação na teoria de Maslow

Ruth Benedict

Max Wertheimer

As primeiras avaliações:
● Estudantes Universitários;
1 em cada 3 mil

● Pessoas de meia-idade e mais velhas;
Encontrou menos de1% da população capaz de satisfazer os critérios da auto-realização

Auto-realizadores
●Pessoas contemporâneas ● Figuras Históricas

Thomas Jefferson

Albert Einstein

George Washington

Eleanor Roosevelt

Harriet Tubman

Técnicas de avaliação
Figuras Históricas – Material biográfico, análise de registros escritos para identificar similaridades em características pessoais; Pessoas vivas – entrevistas, livres associações e testes projetivos;

O Inventário de Orientação Pessoal (POI)
• Desenvolvido por Everett Shostrom • Contém 150 pares de asserções

- Faço o que os outros esperam de mim. - Sinto-me à vontade para não fazer o que os outros esperam de mim. -Devo justificar minhas ações em busca de meus próprios interesses - Não preciso justificar minhas ações em busca de meus próprios interesses. -Vivo sob as regras e padrões da sociedade. -Nem sempre preciso viver sob as regras e padrões da sociedade -É preciso haver razoes para justificar os meus sentimentos. -Não é preciso haver razoes para justificar os meus sentimentos. - Continuarei a crescer apenas se buscar um objetivo de alto nível, aprovado socialmente. - Continuarei a melhorar sendo eu mesmo -As pessoas deveriam sempre controlar a sua raiva -As pessoas deveriam expressar honestamente a raiva que sentem.

Indicadores positivos: saúde emocional, criatividade, bem-estar após terapia, realização acadêmica, autonomia e tolerância racial. Indicadores negativos: altas pontuações em altasrealização e alcoolismo, internamento em instituições devido a perturbações mentais, neuroticismo, depressão e hipocondria

A hierarquia das necessidades
“Em apoio à teoria de Maslow, uma pesquisa com estudantes universitários dos sexos masculino e feminino verificou que a satisfação das necessidades de segurança, afiliação e estima estava relacionada negativamente a neuroticismo e depressão”. (Williams e Page, 1989)

“ um teste detalhado da

hierarquia, utilizando uma amostra representativa da população em geral, co9nfirmou a ordem das cinco necessidades” (Graham e Balloun, 1973)

AutoRealização

Afiliação e amor

Segurança

Fisiológicas

Auto-estima: autoconsideraçã oe autoconfiança e sentem-se mais competentes e produtivas.

Baixa autoestima: Relataram um sentimento de rejeição

2 componentes da autoestima
Auto suficiência: refere-se ao senso de poder de uma pessoa, da eficiência ou da capacidade de executar bem uma tarefa; Auto-afeição: diz respeito ao senso de autoconsideração da pessoa. ( Ellis e Taylor, 1986)

Estudo sobre gênero
Idade

Auto-estima

etnia

bibliografia complementar:
http://www.celiacamargo.com/Maslow.pdf

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful