You are on page 1of 14

Reprodução assistida

Fatores que contribuem para o
sucesso da procriação
• Produção e libertação de espermatozoides
viáveis em número suficiente;

• Produção e libertação de oócitos II viáveis;

• Capacidade de os espermatozoides
fecundarem os oócitos II
• Existência de ovidutos onde possa ocorrer a
fecundação;



• Existência de um endométrio espesso onde
possa ocorrer a nidação.
Causas da infertilidade
Masculina
• Anomalias congénitas dos
testículos;

• Número de
espermatozoides
produzidos demasiado
baixo;

• Mobilidade deficiente dos
gâmetas
Feminina
• Anomalias congénitas;

• Distúrbios hormonais;

• Obstrução ou alteração das
trompas;

• Problemas ao nível do
endométrio;
• Percentagem
excessivamente elevada
de espermatozoides
anormais;


• Anomalias na
libertação dos gâmetas;


• Exposição a tóxicos.
• Infeções das vias
genitais;



• Muco cervical
desfavorável



• Exposição a tóxicos

MÉTODOS DE REPRODUÇÃO
ASSISTIDA
Inseminação intrauterina ou
Inseminação artificial
Situações em que é usada?
• Os espermatozoides não conseguem atingir as
trompas
Em que consiste?
• Consiste em colocar espermatozoides na
cavidade uterina.
• Pode efetuar-se com esperma do casal ou de
um dador
Fertilização in Vitro (FIV)
Situações em que é usada?
• Disfunção ovárica grave;

• Obstrução das trompas;

• Endometriose avançada;

• Infertilidade inexplicável.
Em que consiste?
• Consiste em provocar artificialmente a
ovulação através de hormonas artificiais;


• Depois o oócito é aspirado;


• Vários oócitos são colocados numa incubadora
com uma elevada concentração de
espermatozoides;
• Após os embriões se terem formado, alguns
são selecionados para serem transferidos para
á cavidade uterina;

• A mulher recebe um tratamento de
progesterona de modo a melhorar o estado do
endométrio;

• Um a três embriões são transplantados para a
cavidade uterina;

• Os embriões não transferidos são
crioconservados;



• Após a descongelação a taxa de sobrevivência
é de aproximadamente 70%
Injeção intracitoplasmática de um
espermatozoide (ICSI)
Em que situações é utilizada?
• Quando grande parte dos espermatozoides é
inviável.
Em que consiste?
• Uma micropipeta contendo um
espermatozoide penetra no citoplasma do
oócito II;
• O espermatozoide é empurrado para o
interior do citoplasma;


• Alguns oócitos não resistem ao procedimento;


• Os que sobrevivem são colocados numa
incubadora até á sua transferência para o
útero.
Fontes:
• Terra, Universo de Vida; Porto Editora
• Vários sítios da internet.