You are on page 1of 21

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

PRO – REITORIA DE GRADUAÇÃO

EDUCAÇÃO FISICA LICENCIATURA
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS DE FISIOTERAPIA
DOCENTE: ROSÂNGELA BERTOCCO
DISCENTES: LAIZA MENDONÇA, ISAMAEL CARLOS, WILLIAM MOISES

FRATURAS

FRATURA E QUALQUER INTERRUPÇÃO NA CONTINUIDADE DA ESTRUTURA OSSEA OU DE UM OSSO. .

CLASSIFICAÇÃO QUANTO A EXPOSIÇÃO DO FOCO ETIOLOGIA E TIPO .

QUANTO A EXPOSIÇÃO DO FOCO FECHADA .

QUANTO A EXPOSIÇÃO DO FOCO ABERTA .

QUANTO A ETIOLOGIA FRATURA POR TRAUMA DIRETO FRATURA POR TRAUMA INDIRETO FRATURA PATOLÓGICA .

QUANTO AO TIPO COMINUTIVA GALHO VERDE TRANSVERSA OBLIQUA IMPACTADA E ESPIRALADA .

COMINUTIVA O osso está fraturado em mais de dois fragmentos. .

GALHO VERDE O osso se encurva de um lado e se quebra do outro. .

formando um ângulo reto com o seu maior eixo. .TRANSVERSA O traço da fratura é reto através do osso.

.OBLIQUA O traço da fratura cruza o osso em ângulo oblíquo.

IMPACTADA As extremidades ósseas quebradas estão comprimidas entre si. .

ESPIRALADA A linha da fratura se encontra ao redor e através do osso. .

inchaço ou sensação de atrito no local.  Houver dificuldade ou impossibilidade de movimento.  Houver muita dor. .  O membro estiver em posição anormal.QUANDO DESCONFIAR  A parte afetada apresentar um aspecto alterado.

Equimose. Dor. Impotência funcional. . Hiperemia. Crepitação. Edema. Fragmento exposto.SINAIS E SINTOMAS Deformidade.

provocando a distensão dos vasos sanguíneos. HIPEREMIA .Aumento da irrigação sanguínea de um órgão ou região do corpo. .SINAIS E SINTOMASS EQUIMOSE .Infiltração do sangue extravasado no tecido Subcutâneo.

REABILITATÇÃO DE FRATURAS EXISTEM DOIS TIPOS DE TRATAMENTO:  FATORES CIRURGICOS  FATORES .

. dependendo do local anatômico do osso fraturado e o tipo de fratura. Enquadram-se conceitos biomecânicos e biológicos na escolha do melhor método e do sistema de osteossíntese a ser utilizado.FATORES CIRURGICOS As cirurgias de fraturas precisam de eficiência na estabilização e até compressão nos fragmentos dos ossos.

TRATAMENTO CONSERVADOR(NÃO CIRURGICO  Existe também o tratamento conservador. chamado de não cirúrgico. . em que se colocam imobilizações com o uso de aparelho gessado e órtese que proporciona ótimos resultados em mais de 90% dos casos de união de fraturas umerais isoladas.

assim especificidade (BRODY. como a sua . levando adjacente. massa corpórea. 2012).REABILITAÇÃO  A reabilitação objetiva restaurar a movimentação articular fortalecendo tecidos moles próximos à fratura. ocupação. HALL. A escolha para o melhor tratamento leva em consideração a idade do indivíduo. a uma maior resistência óssea. condição articular próxima e adjacente à lesão.