You are on page 1of 13

FACULADE PITÁGORAS

Processo Seletivo de Professores
Abril de 2008

DISCIPLINA: Metodologia e Introdução à
Prática de Pesquisa
TEMA: O Pensamento Científico e a
Especificidade da Pesquisa Científica
CANDIDATO: Prof. Rogério Pádua

ecologia a ampliação dos direitos e a construção da paz em tempos de violência.INTRODUÇÃO • • • • Os efeitos da globalização da economia As incessantes inovações tecnológicas As alterações na esfera do Estado nacional A necessidade de se trabalhar a dimensão da cidadania entre os setores sociais ainda excluídos Redobram a importância da produção de conhecimentos científicos em patamares que se contemple não apenas a produção de riquezas. . democracia a ecologia. mas a democracia.

.. O que é o conhecimento científico? Qual a sua especificidade? E a sua utilidade na formação profissional contemporânea? .Porém.

. Científico e o Senso Comum • A Mitologia: O entendimento do mundo davase através de uma narrativa mítica transmitida de geração a geração.C. sem permitir o questionamento. misterioso. buscando nas próprias coisas naturais a explicação do mundo natural. • A partir do século VI a.Pensamentos Filosófico. os gregos passam a pensar de forma particular. mágico ou sagrado. caracterizando-se por ser sobrenatural.

. certas áreas do pensamento filosófico (matemática. a física) ganham tal especificidade que se separam da filosofia. • Passa a indagar as crenças tendendo à racionalidade e a oferecer respostas conclusivas para os problemas.• Surgimento da Filosofia: O pensamento filosófico parte daquilo que existe. • Ao longo do tempo. critica e coloca a dúvida. a biologia. recusando as explicações preestabelecidas. abrindo novas possibilidades de conhecimento.

• A ciência e o pensamento científico originam-se com a filosofia na Grécia antiga e buscam as estruturas universais das coisas investigadas. levando em conta as relações entre os diversos fenômenos. • O pensamento científico busca compreender a realidade através da racionalidade e do conhecimento sistemático. baseando-se na qualidade teórico-prática (Metodologia). o que leva à possibilidade de prever e controlar novos acontecimentos (relações de causa e efeito). o que desqualifica qualquer outra forma de conhecimento. . a comparação.

existe o senso comum. transformando crenças em “verdades inquestionáveis” e se configurando como extremamente ideológico. dos hábitos. que parte de uma confiança da maioria da população que acredita que a experiência vivida leva à construção do conhecimento. • É fruto dos sentimentos. da imaginação e condicionado à aceitação passiva dos valores. dos desejos. baseado nos êxitos que julga acumular na medida em que enfrentam os problemas do cotidiano.• Em oposição ao pensamento científico. .

fundamentalmente. permitindo às profissões as atualizações necessárias para fazerem frente às múltiplas questões de ordem social e natural.• A construção do conhecimento científico passa. pela questão da pesquisa. • Através da pesquisa torna-se possível vislumbrar outros horizontes de conhecimento. desse modo a prática da “solução de problemas”. desvelar outros fluxos de movimentos. permitindo. . com as quais se comprometem e que atravessam o seu “fazer”.

teorias.• A pesquisa científica prima por: – – – – – – – – Identificação de um problema Colocação precisa do problema (delimitação) Estudo sistematizado do problema (estado da arte) Tentativa de solução do problema através do auxílio de determinados meios (método e técnicas de coleta e análise de dados) Produção de novas idéias ou novos dados empíricos Obtenção de uma solução Prova ou comprovação da solução Correção das hipóteses. procedimentos ou dados empregados na pesquisa quando a solução não for (totalmente) eficaz. .

que lida diretamente com a interpretação da realidade pelos seus interlocutores. ressaltando que todos os profissionais que constroem suas atividades. pesquisa e ciência tem sido uma tônica do discurso contemporâneo.CONCLUSÃO • O vínculo entre trabalho. devem ter noções de procedimentos de investigação. . a partir de uma prática social.

São Paulo: Editora Moderna.espacoacademico. São Paulo. Danilo. ARANHA.com.htm>. 2008.ed. Ciência e Senso Comum: uma reflexão ilustrada por comentários sobre o filme “O Carteiro e o Poeta”. Marilena. 2. MARTINS. Rio de Janeiro: Editora Jorge Zahar Editor.ed. Convite à Filosofia. Antonio Alberto.REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA CHAUÍ. 9. Temas de Filosofia. Maria Helena Pires. São Paulo: Editora Ática. MARCONDES. Maria Lúcia de Arruda.ed. 29 de julho de 2001. Pró Ciência. Iniciação à História da Filosofia: dos présocrásticos a Wittgenstein. Acesso em 28 fev. TRINDADE. 1997. Disponível em:< http://www.br/025/25ctrindade. 2001. . 5. 2000.

Analise criticamente o cartoon em função das informações recebidas. .PROPOSTA DE ATIVIDADE PRÁTICA No cartoon a seguir o autor aborda importantes questões acerca da observação.

d) Você considera essa reportagem como característica de um procedimento prático ou teórico? . televisores e freezer por lares? c) identifique os tipos de indicadores utilizados nessa pesquisa.Analise a pesquisa abaixo e responda: a) que tipos de regularidades da vida social essa pesquisa revela? b) o que essa pesquisa mediu por meio de indicadores como número de moradias precárias.