RENASCIMENTO

Profº Ulisses Martins

ORIGENS
 Lenta

desestruturação do feudalismo  Reaquecimento do comércio  Conquista da América  Razão X Fé  Antropocentrismo => valorização da obra humana. O homem se redescobre como criatura e criador do mundo em que vive. Isso o levou ao racionalismo e ao Humanismo

HUMANISMO
 Idade

Média => estrutura social rígida e estratificada. Status de hierarquia social  Idade Moderna => rompimento dessa estrutura, abrindo espaço para a individualidade.

Pioneirismo italiano
 Muitos

elementos preservados da Antigüidade  Fuga de intelectuais bizantinos para a Itália após 1453  Comércio movimentado e competitivo das cidades italianas  As famílias mais poderosas como os Médicis exerciam o mecenato

O MOVIMENTO RENASCENTISTA
 Os

valores humanistas estimulavam a curiosidade intelectual, o espírito de iniciativa, o desejo de aventuras e de exploração do mundo.  Apesar da admiração pelo passado clássico greco-romano, o Renascimento não era um simples retorno à Antiguidade.  Atingiu as elites urbanas e teve um grande aumento na quantidade e na qualidade das obras, principalmente por causa do desenvolvimento da imprensa e da ação dos mecenas.

ARTE Características
 Inspiração

na arte greco-romana  Desvinculação do monopólio cultural da Igreja  variação de temas  Desenvolvimento da perspectiva para criar uma tridimensionalidade às obras  Criação da pintura a óleo

A Primavera – Sandro Botticelli

PRINCIPAIS ARTISTAS RENASCENTISTAS

 Leonardo

da Vinci (1452-1519) – Considerado um verdadeiro gênio criativo, destacou-se tanto nas ciências como nas artes. Entre as poucas telas e afrescos de sua autoria encontram-se obras-primas da pintura: Última ceia, Mona Lisa e Virgem dos rochedos

Repare nos temas pintados

 Rafael

Sanzio (1483-1520) – atendendo a pedidos dos papas Júlio II e Leão X, produziu diversos afrescos para decorar o palácio do Vaticano. Celebrizou-se por ter pintado várias madonas – representações da Virgem Maria com o Menino Jesus.

A Escola de Atenas

Repare bem . . .

 Michelângelo

(1475-1564) – Miguel Ângelo Buonaroti foi pintor, escultor e arquiteto. Suas obras foram marcadas pela perícia técnica, pelo sentimento arrebatado e pela emotividade. Como pintor, produziu afrescos na Capela Sistina, no Vaticano; como escultor, realizou obras importantes como David; projetou ainda a imensa cúpula da Basílica de S. Pedro, em Roma.

 Donatello

(1386-1428) - foi um escultor italiano. Trabalhou em Florença, recorrendo a várias técnicas e materiais. Separou–se definitivamente do gótico retomando e superando a arte grega e romana, seja formalmente, seja estilisticamente. Muito particular foi sua capacidade de sugerir humanidade e introspecção em suas obras.

 Estátua

equestre do Gattamelata; Davi de Donatello e Maria Madalena

Expansão pela Europa
 França

 Rabelais (Gargântua e Pantagruel) e Michel de Montaigne (Ensaios, onde defendeu a educação)  Inglaterra  Thomas Morus (Utopia) e Shakespeare (Romeu e Julieta, Macbeth e Hamlet)  Portugal  Luís de Camões (Os Lusíadas)  Holanda  Hubert e Jan Van Eyck (invenção da pintura a óleo) e Erasmo de Roterdã (Elogio da Loucura)  Alemanha  Albrecht Dürer (misturou o Gótico e o Renascimento nas pinturas) e Hans Holbein (especialista em retratos)  Espanha  Miguel de Cervantes (Dom Quixote de la Mancha)

Renascimento Científico
 Desenvolvimento

de atitude crítica  Desenvolvimento do método científico, baseado na experimentação  Resistência por parte da Igreja

Principais Cientistas
 Miguel

Servet (1511-1553) – pôde descrever, pioneiramente, o funcionamento da circulação sangüínea nos pulmões por meio da dissecação de cadáveres. Por essa prática, foi criticado e perseguido pelas autoridades religiosas cristãs; preso em Genebra, foi queimado vivo.

 Nicolau

Copérnico (1473-1543) – desenvolveu a mais brilhante teoria científica da época, o heliocentrismo, segundo a qual a Terra e os demais planetas se moviam em torno do sol. Examinando, posteriormente, a teoria de Copérnico, cientistas como John Kepler e Galileu Galilei passaram a defendê-la. Galileu chegou a ser acusado de herege pela Inquisição católica e, para livrar-se da pena de morte, negou publicamente suas convicções.

Cientistas

Miguel Servet

Nicolau Copérnico

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful