Doenças bacterianas da pele e anexos

DOENÇA Impetigo CONSIDERAÇÕES
Crostas na pele

AGENTE CAUSADOR
Staphylococcus aureus (coco Gram+; exotoxina) Streptococcus pyogenes (estrept. grupo A) (diplocococo Gram +; exotoxina) Staphylococcus aureus (coco Gram+;exotoxina)

Foliculite, furúnculo, terçol Inflamação de folículos pilosos

Ação das exotoxinas sobre a pele; Staphylococcus aureus Síndrome do Choque (coco Gram+; exotoxina) Tóxico e Síndrome da Pele septicemia Escaldada

Fasciite necrosante Erisipela Dermatite Otite externa Acne

Destruição de tecidos profundos em Streptococcus pyogenes (diplocococo Gram +; curto período de tempo exotoxina) Pápulas avermelhadas Streptococcus pyogenes (diplocococo Gram +; exotoxina) Pseudomonas aeruginosa (bacilo Gram- ) Pseudomonas aeruginosa (bacilo Gram- ) Propionibacterium acnes

Associada a saunas, piscinas e banheiras Associada a piscinas Bactérias que metabolizam sebo

Impetigo

Fasciite Necrosante

Acne

Síndrome da Pele Escaldada

Doenças bacterianas do sistema nervoso
DOENÇA CONTÁGIO CONSIDERAÇÕES
Em crianças < de 4 anos

AGENTE CAUSADOR
Haemophilus influenza (aeróbica Gram -)

Meningite por Haemophilus Invasão do SNC via corrente sanguínea e (vacina anti-Hib) linfática, trauma do
crânio ou coluna

Meningite meningocócica Meningite pneumocócica Tétano

Idem

Em crianças < de 2 anos; febre Em crianças e idosos

Neisseria meningitidis (aeróbica Gram -; endotoxina) Streptococcus pneumoniae (cápsula - patogenicidade)

Idem

Solo contaminado com Ação de neurotoxinas; Clostridium tetani fezes de animais; cortes Contração muscular (bacilo Gram+ anaeróbico, profundos ou não, involuntária; espasmos dos exotoxina, endosporos) lesões por rojões músculos respiratórios; morte Endosporos presentes no solo e água; Intoxicação alimentar; enlatados; mel Visão dupla, náuseas (1-2 dias); paralisia flácida; insuficiência respiratória e cardíaca Clostridium botulinum (bacilo Gram+ anaeróbico;endosporos; exotoxina botulínica) Mycobacterium leprae (bacilo álcool-ácido resistente)

Botulismo

Lepra/Hanseníase

Contato prolongado da Pouco contagiosa, muito mucosa nasal com danosa aos tecidos mais secreções de doentes “frios”; incubação de anos

Hanseníase

Tétano

Tétano

Tétano neonatal

Doenças bacterianas dos sistemas cardiovascular e linfático
DOENÇA CONTÁGIO CONSIDERAÇÕES AGENTE CAUSADOR

Bacillus antracis Antraz ou Carbúnculo Inalação, ingestão ou contato Pústulas no local de entrada; com endosporos (solo, couro e Pneumonia grave; Septicemia – (bacilo aeróbico Gram +) (sangue) lã, ar, animais contam.) proliferação descontrolada de bactérias no sangue

Gangrena gasosa (sangue) Peste (linfa e sangue)

Entrada de endosporos (solo, Destruição de tecidos (pés, Clostridium perfringens trato intestinal e genital) em um mãos, escroto, etc); Septicemia (bacilo anaeróbico Gram +, ferimento necrosado (por Uso de câmara hiperbárica exotoxina e endosporos) isquemia) Picada da pulga do rato e do gato, arranhão de gato, cortes em geral; aerossóis de seres humanos infectados Peste bubônica - inflamação dos Yersinia pestis gânglios (letalidade 50 a 75%); (bacilo Gram -) peste septicêmica e pulmonar (letal. 100%). Mancha vermelha com centro Borrelia burgdorferi branco; sintomas de gripe; danos(espiroqueta) cardíacos e neurológicos; artrite severa. Febre alta, exantema, hemorragias subcutâneas (TE alta taxa de letalidade) Septicemia - Calafrios e febre, vasos linfáticos inflamados; Sepse – condição tóxica; Choque séptico – queda pressão Rickettsia sp. (cocobacilos que não se desenvolvem em meio de cultura) Sepse: geralm. bacilos Gram – Choque: bactérias Gramprodutoras de endotoxinas Sepse Puerperal: S. pyogenes

Borreliose ou Doença Picada do carrapato de Lyme (sangue)
Tifo Epidêmico (TE) Tifo Murino Endêmico (TME) (vasos sanguín.) Fezes do piolho (TE) Picada da pulga do rato ou outros roedores (TME) Complicações de outras doenças; infecção hospitalar

Septicemia, Sepse, Sepse Puerperal , Choque Séptico (sangue e linfa)

Gangrena

Lesão por antraz

Piolho – transmite o Tifo Epidêmico

Peste bubônica Yersinia pestis – bactéria causadora da Peste e transmitida pela pulga do rato

Borreliose
Mancha característica (local da picada)

Carrapatos

Doenças bacterianas do sistema respiratório
DOENÇA Faringite Estreptocócica Otite Média Escarlatina CONTÁGIO CONSIDERAÇÕES AGENTE CAUSADOR
Streptococcus pyogenes (diplocococo Gram +; exotoxina) Streptococcus pneumoniae (coco Gram+) Streptococcus pyogenes (diplocococo Gram +; exotoxina) Corynebacterium diphteriae (bacilo Gram +; exotoxina) Secreções respiratórias, Dor de garganta; otite média leite não-pasteurizado Complicação de resfriados Inflamação dolorosa do tímpano e gripes, baixa da imunidade Perdigotos e contato direto Pele descamada e vermelha, “língua de morango” Dor de garganta (com placas brancas, febre, edema de pescoço, coração e rins, paralisia, falta de ar, morte “Tosse de cachorro” (guincho), falta de ar, lesão cerebral

Difteria ou crupe Perdigotos, contato cutâneo (vacina DPT)
Perdigotos Coqueluche, pertussis ou tosse comprida (vacina DPT)

Bordetella pertussis (cocobacilo Gram -)

Tuberculose (vacina BCG) Pneumonia (bacteriana)

Perdigotos e pelo ar

Evolução lenta, perda de peso, Mycobacterium tuberculosis tratamento longo, afeta pulmões e (bacilo álcool-ácido resistente) cérebro (meningite) Inflamação pleural dolorosa Streptococcus pneumoniae (coco Gram+) Haemophilus pneumoniae (bacilo Gram+) Mycoplasma pneumoniae (bacilo Gram+) Haemophilus influenza tipo b (Gram -)

Perdigotos

Escarlatina – “língua de morango”

Doenças bacterianas do sistema digestório
DOENÇA Intoxicação alimentar estafilocócica Salmonelose CONTÁGIO CONSIDERAÇÕES AGENTE CAUSADOR
Staphylococcus aureus (coco Gram+; exotoxina) Salmonella spp (bacilos Gram-, anaeróbicos facult., endotoxina)

Alimentos contaminados Náuseas, vômitos e diarréia por exotoxinas Alimentos contaminados Febre, náuseas, dor abdominal, diarréia Baixa mortalidade

Febre Tifóide

Fezes contaminadas em Febre alta, infecção disseminada Salmonella typhi contato com alimentos, Alta mortalidade (bacilos Gram-, anaeróbicos facult., água etc endotoxina) Água e alimentos contaminados Água e alimentos contaminados Desidratação grave Alta mortalidade Disenteria (diarréia severa) Vibrio cholerae (vibrião Gram -) Vibriões em geral, Escherichia coli ( bacilo Gram – aerób.), Campylobacter (bacilo Gram+ aerób.), Clostridium perfringens (bacilo Gram+ anaerób.), Bacillus cereus (bacilo Gram+ aerób.)

Cólera Gastroenterite

Úlcera

Helicobacter pylori ? Associação com úlceras pépticas (microbiota normal) e câncer de estômago

Doenças bacterianas dos sistemas urinário e reprodutor
DOENÇA Cistite (infecção da bexiga e vias urin.) Leptospirose (infecção renal) Gonorréia CONTÁGIO
Geralmente por contato genito-urinário com matéria fecal

CONSIDERAÇÕES
Dificuldade e dor à micção

AGENTE CAUSADOR
Escherichia coli ( bacilo Gram – aerób.) ou Staphylococcus saprophitycus (coco Gram+ aerób.) Leptospira interrogans (espiroqueta)

Água e solo contaminados Cefaléia, dores musculares, por urina e fezes de febre, insuficiência renal e animais infectados (cães, hepática ratos...) DST Coceira, micção dolorosa e secreção purulenta, infecção sistêmica, cegueira e morte

Neisseria gonorrhoeae (diplococo Gram- aeróbico)

Sífilis

DST

Úlceras urogenitais e na pele, Treponema pallidum lesões graves no coração e (espiroqueta) cérebro Doença com três fases Nódulos doloridos nos genitais, Haemophilus ducreyi virilha, boca e língua (bacilo Gram- aerób.) Gardnerella vaginalis (bacilo Gram-variável)

Cancro mole

DST

Vaginose por Gardnerella Infecção por Clamídea (uretrite não-gonocócica)

DST para o homem e Corrimento amarelo ou cinza desequilíbrio da microbiota com odor de peixe, parto para a mulher ( pH vaginal prematuro, baixo peso do >5) recém-nascido DST Pessoa a pessoa; mãe-filho

Corrimento translúcido e sem Clamydia tracomatis odor, disúria, infertilidade, tracoma, linfogranuloma venéreo

Gonorréia

Oftalmia gonocócica

Sífilis: primária

Sífilis: secundária

Sífilis: terciária

Presença de bubões e lesões graves (pele, cartilagens, ossos, coração, pulmões etc)

Cancro mole

Termos gerais em doenças infecciosas
•Patógenos: organismos causadores de doenças •Sinais: alterações objetivas que podem ser observadas e medidas (lesões, febre, edema) •Sintomas: alterações subjetivas na função corporal (dor, mal-estar) •Doenças contagiosas: que se disseminam de um hospedeiro para outro •Incidência:número de casos novos de uma doença em determinado tempo (intensidade com que acontece a doença na população) •Prevalência: número de casos antigos e novos de uma doença em determinado período (força com que determinada doença subsiste na coletividade) •Doença esporádica: presente apenas ocasionalmente em uma população •Doença endêmica: constantemente presente em uma população (resfriado comum) •Epidemia: grande número de pessoas afetadas em pouco tempo (conjuntivite, influenza) •Pandemia: ocorre em todo o mundo •Doença aguda: desenvolve-se rapidamente e tem curta duração (influenza) •Doença crônica: desenvolve-se lentamente, é contínua , duradoura e recorrente (mononucleose infecciosa, tuberculose, hepatite B) •Doença latente: agente causal permanece inativo temporariamente (cobreiro) •Doença infecciosa emergente: doenças novas ou que estão se alterando e aumentando •Infecção local: invasão limitada a uma área pequena •Infecção sistêmica: disseminação pelo corpo (através do sangue e da linfa)