As Ciências Sociais

Unidade I

Ciências Sociais
‡ Estudam de forma sistemática o comportamento sócio -psíquico e ideológico do ser humano. Objeto de pesquisa ‡ O ser humano em suas relações sociais. Objetivo ‡ Pesquisar e estudar o comportamento social humano e suas varias formas de manifestação

O ser humano é bio psíquico, sócio-cultural

Disciplinas em que se dividem
‡ Sociologia - estudos dos fatos sociais; ‡ Economia - atividades ligadas à produção e consumo de
bens e serviços;

‡ Antropologia - As questões culturais ‡ Ciência política - As questões do poder na sociedade,
formas de governos

‡ Direito - Normas, doutrinas e códigos de conduta grupal

Campo de atuação
‡ As relações sociais do ser humano em suas formas Objeto de Estudo de associações, ‡ Envolve o estudo dos O ser humano, grupos e dos fatos suas relações sociais, sociais; ± Da divisão da Suas manifestações sociedade em classes e culturais e construção camadas; de pensamentos etc. ± Da mobilidade social; ± Dos processos de cooperação, competição, conflitos etc.

Conceitos

± Ciências que se dedicam ao estudo do ser humano em suas várias formas de organização, grupos e sociedades, artes, filosofia etc.
± Estudo da sociedade humana e de suas instituições.

± Ex.: por que precisamos da instituição familiar? Ou a religiosa?
± E o que é a família hoje? ± E a prática religiosa?

Surgimento
‡ Surge das formulações de leis que regem o ser humano em sua organização social; ‡ Isto é:
± da especulação filosófica sobre a o humano na sociedade surge as ciências sociais.

‡ Nasceram da necessidade de se compreender e de atuar sobre a Sociedade Industrial, que teve origem na Revolução Industrial do Século XVIII.

Contexto Histórico
A sociedade ocidental ‡ Até XV explicava-se a sociedade pela filosofia e pela religião, ‡ Renascimento Século XIV
± Valorização dos textos clássicos, (latim, grego) AC. ± Menosprezo pela Idade Média)

Giambattista Vico, (1668 - 1744) Três fases: ‡ a era dos deuses governos teocráticos: temor do sobrenatural, a lei tem origem divina; ‡ a era dos heróis - a justiça é feita pela minoria aristocrática; ‡ e a era dos seres humanos - os governos exercidos próprios homens, nascidos livres, com um sistema jurídico racional que garante direitos iguais para todos.
‡
Seu pensamento Influenciou Hegel, Comte, Savigny, e Marx.

Três fatores importantes que mudaram a sociedade ocidental
1. Iluminismo 2. Revolução Francesa 3. Revolução Industrial

Contexto Histórico
1. Movimento Filosófico : Iluminismo - século XVIII

‡ Opunha-se aos reis e a religião (Instituições ±

‡ Um dos maiores pesadores foi monarquia e Igreja Cristã). Rousseau (1712± valorizou a ciência e 1784); as ³luzes da razão´ ± analisou as origens contra a ignorância das desigualdades e o obscurantismo existente na (verdade religiosa e sociedade de sua não racional). época.

Rousseau: Origens das desigualdades

Contexto Histórico

‡ Na espécie humana há dois tipos desigualdade: ± natural ou Física ± estabelecida pela Natureza; ± moral ou política - Depende da convenção que estabelecida, ou ao menos autorizada, pelo consentimento das pessoas. ± As desigualdades é responsável por diferentes privilégios desfrutados por alguns em prejuízos dos demais como o de serem mais ricos, mais respeitados, mais poderosos, ou mesmo mais obedecidos.

Revolução francesa

‡ Final do séc. XVIII, a monarquia absolutista da França - assegura inúmeros privilégios, ‡ Deixa à margem uma população de 23 milhões de pessoas. ‡ Impedia a constituição da livre empresa, a exploração eficiente da terra e abafava as iniciativas da burguesia.

Contexto Histórico
‡ 1789, através da mobilização de trabalhadores pobres, a burguesia tomou o poder. ± Burguês quer mudança da estrutura do Estado. ‡ Abolir a antiga forma de sociedade, ± Instituições, costumes, ± Quer inovar a economia, a política, a religião e, principalmente a vida cultural.

Revolução Francesa

Contexto Histórico
Dois fatos importantes:

±Ideal de liberdade, igualdade e fraternidade

‡ A secularização:
‡ processo de separação do estado da igreja, ‡ isto é, a laicização do Estado

Revolução Industrial
‡ Desenvolvimento tecnológico ampliou o poder e a velocidade de reprodução, ‡ Aumentou o mercado consumidor (mão-de-obra assalariada) e a produção de bens de consumo.

Industrialização ± Séc. XVIII
‡ Revolucionou a sociedade ocidental - Tudo é novo na

‡ Surgem inovações como:
± novos ritmos de trabalho, ± os direitos dos trabalhadores, ± novas regras de conduta social, ± novos valores sociais, ± novas perspectivas políticas e sociais etc.

Sociedade Industrial
± as técnicas de produção, ± as relações sociais de produção, ± a separação entre o trabalhador e o produto do seu trabalho, ± o relacionamento do trabalhador com os meios de produção.

Industrialização ± Séc. XVIII
‡ Máquina a vapor nas fábricas, aperfeiçoamento das técnicas produtivas.;
± Triunfo da indústria capitalista, da classe detentora dos meios de produção e do capital. ± Massas de trabalhadores submetidos; ± novas formas de relação de trabalho, ± longas e penosas jornadas nas fábricas, salários de subsistência.

‡ A vida nas cidades industriais também mudou;

± êxodo rural, ± explosão demográfica, ± Miséria, epidemias, suicídios, ± aumento da prostituição e da criminalidade eram retratos da situação da época.

Revolução Industrial
‡ Fato de maior relevância
± O SURGIMENTO DO PROLETARIADO,

‡ classe trabalhadora com importante papel histórico na sociedade capitalista. ‡ Os proletários ± organizaram e formaram sindicatos com o objetivo de se defender dos proprietários dos meios de produção e do próprio sistema capitalista vigente. Sua ideologia: socialismo. ± Crise e conflitos entre as duas correntes ideológicas
± Capitalismo x socialismo

Sociedade Industrial
‡ Mudança e insatisfação
± originam tensões e conflitos. ‡ É necessário compreender a nova vida social, ‡ Daí o surgimento das Ciências Sociais, entre as quais se destaca a Sociologia Que traz como objeto de estudo a nova Sociedade ± a Sociedade Industrial.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful