You are on page 1of 4

GRAU 3 – PROGNÓSTICO RESERVADO

A dor torna-se mais persistente, é mais forte e tem irradiação mais
definida. O repouso em geral só atenua a intensidade da dor, nem
sempre fazendo-a desaparecer por completo, persistindo
dolorimento. Há freqüentes paradoxismos dolorosos mesmo fora
do trabalho, especialmente à noite. É freqüente a perda de força
muscular e parestesias. Há sensível queda de produtividade
quando não a impossibilidade de executar a função. Trabalhos
domésticos são limitados ao mínimo e muitas vezes não
executados. Os sinais clínicos estão presentes. O edema é
freqüente e recorrente, a hipertonia muscular é constante, as
alterações da sensibilidade estão quase sempre presentes, e
especialmente nos paradoxismos dolorosos e acompanhadas por
manifestações vagas com palidez ou hipertonia e sudorese da
mão.....o retorno à atividade produtiva é problemática. Prognóstico
reservado.
GRAU 4 – PROGNÓSTICO SOMBRIO
A dor é forte, contínua, por vezes insuportável, levando o paciente
a intenso sofrimento. Os movimentos acentuam consideravelmente
a dor, que em geral se estende a todo membro afetado, Os
paroxismos de dor ocorrem mesmo quando o membro está
imobilizado. A perda de força e a de controle dos movimentos se
fazem constantes.... A capacidade de trabalho é anulada e a
invalidez se caracteriza pela impossibilidade de um trabalho
regular. Os atos da vida diária são também altamente
prejudicados. Neste estágio são comuns às altequadros de
depressão, ansiedade e angústia. Prognóstico sombrio.

causando dor. 2 Síndrome Cérvicobranquial Compressão dos nervos da coluna cervical.R 1 .Síndrome da tensão do pescoço Sensação de cansaço muscular e dor crônica na região do pescoço e ombros. causando dor de cabeça.E.L. tontura e fraqueza. .Ergonomia Movimentos Repetitivos .

causa dor aguda ou crônica. Nos polegares. desconforto. . sensação de peso. Dói quando a pessoa segura algum objeto. que pode chegar até o ombro. para mover o pulso ou mesmo durante o sono.3 . causando dor. alteração da caligrafia pela dificuldade de escrever.Epicondilite Inflamação dos tecidos da região dos ombros. afetando o dorso das mãos.Tendinite Inflamação dos tendões próximos as articulações do ombro.Tenossinovite Inflamação dos tendões e bainhas que revestem os tendões . cotovelos e punhos. 7 . 5 .Bursite Inflamação das Bursas Pequenas bolsas localizadas entre os ossos e os tendões das articulações do ombro. 4 . causada por movimentos repetitivos e que exigem a força dos braços por tempo prolongado. 6 .Síndrome do Osso Doloroso Dor provocada pela compressão de nervos e vasos do ombro.

Dedo em Gatilho Inflamação dos tendões dos músculos que fazem a flexão do dedo e impede que ele se estique. como se estivesse puxando um gatilho. situação em que a pessoa não consegue girar uma maçaneta. deixandoo dobrado. 9 . engrossando a membrana que reveste os músculos flexores do punho. principalmente à noite.Síndrome do Túnel do Carpo Compressão do nervo mediano.8 . A inflamação pressiona o nervo responsável pela sensibilidade dos dedos. o que causa dormência nas pontas dos dedos e dor. 10 . na altura do punho. abrir uma garrafa ou uma lata de refrigerante. Atrofia no polegar. . É o que se chama de fraqueza muscular.Punho Caído Com a lesão dos nervos do punho. a pessoa fica sem força para movimentá-lo.