You are on page 1of 38

Instituto Federal de Santa Catarina

Campus de Florianópolis
Departamento Acadêmico de Metal-Mecânica
Curso Técnico de Mecânica Industrial – ProIn II

Introdução à tecnologia
dos materiais
ProIn I
Prof. Henrique Cezar Pavanati, Dr. Eng
E-mail: pavanati@ifsc.edu.br

Prof. Henrique Cezar Pavanati

Introdução à tecnologia dos
materiais
Objetivos da unidade curricular:
1) Proporcionar ao aluno uma idéia inicial da
importância dos materiais para o desenvolvimento
da Ciência e Tecnologia
2) Introduzir uma série de conceitos básicos
relacionados à estrutura, propriedades e aplicação
dos Materiais
3) Conhecer os principais Materiais, suas
propriedades e aplicações visando a especificação
de materiais

2

Prof. Henrique Cezar Pavanati

Introdução a
à tecnologia dos
materiais
Bases tecnológicas:
1) Introdução
2) Processos de obtenção de ligas metálicas ferrosas
3) Ligas metálicas ferrosas
4) Diagrams de equilíbrio
5) Curvas TTT
6) Tratamentos térmicos
7) Ensaios Mecânicos
8) Metalografia

3

Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais O que é um material? 4 .Prof.

Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais O que é um material? Um material nada mais é que um “amontoado” de átomos Exemplo de um material 5 Requisitos básicos para “ser” um material .Prof.

Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Átomos Fe Ni Ag S V Mo Ca Al K Au O H C P São os “ingredientes” dos materiais 6 Si .

Classificação Não metais Semi-metais Átomos metálicos 7 Gases nobres - Metais - Semi-metais - Não metais - Gases nobres .Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Átomos .

Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Como os átomos se unem? Ligação química Força de atração interatômica que faz com que os átomos permaneçam unidos Átomos individuais Sem ligação Material 8 Átomos unidos pela força de ligação .Prof.

Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Como os átomos se unem? Ligação química Ligação Forte • • • 9 Ligação Iônica (340-800 kJ/mol) Ligação Covalente (270-610 kJ/mol) Ligação Metálica (20-240 kJ/mol) Ligação Fraca • • Van der Walls (<40 kJ/mol) Pontes de H .

Prof. .C.000 a. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Evolução do uso dos materiais Pele de animais e madeira 10 >10.

000 a.C. 5.000 a. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Evolução do uso dos materiais Lança de pedra Cerâmica Bronze 10.Prof.C.000 a.C. 2. 11 .

Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Evolução do uso dos materiais 12 Aço Alumínio Titânio 1. Séc XIX Séc XIX .000 a.Prof.C.

Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Evolução do uso dos materiais Super ligas de Ni Séc XX 13 Cerâmicas de Engenharia Séc XX Nanotecnologia Séc XXI .Prof.

Hemmus: Curitiba (2000) .Prof. Materiais de Engenharia: Microestrutura e propriedades. F. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Disponibilidade dos materiais 14 Fonte: PADILHA.

Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos Disponibilidade dos materiais materiais Elementos químicos presentes na crosta terrestre 15 .Prof.

Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Tradicionalmente os materiais podem ser classificados em 4 grupos básicos: Br o Compósitos Metálicos Poliméricos Embalagem Tetra Pak 16 o dr vi ca s de de “W a br Fi id i a” Cerâmicos .

Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Classificação – Átomos x Materiais Átomos • • • • 17 Metais Não Metais Semi-metais Gases nobres Materiais • • • • Metálicos Cerâmicos Poliméricos Compósitos .

Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Materiais Metálicos Materiais Metálicos Características Gerais • • • • • • • 18 • Possuem brilho Boa condutividade térmica e elétrica Boa maleabilidade Ponto de fusão médio Dureza média Boa tenacidade Em geral. resistência à corrosão é ruim Em geral.Prof. densidade alta .

Berílio • Metais de baixo ponto de fusão • Chumbo. Titânio. Estanho. Ferro fundido • Metais leves • Alumínio. Zinco • Metais nobres • Ouro. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Materiais Metálicos Materiais Metálicos Tipos Exemplos • Metais Ferrosos • Aço.Prof. Bronze. Molibdênio • Metais resistêntes à corrosão • Cobre. Latão. Platina • Metais refratários • Tungstênio. Níquel 19 . Prata.

Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Materiais Cerâmicos Materiais Cerâmicos Características Gerais ALUMINA • • 20 • • • • • • Em geral opacos mas podem ser transparentes Bons isolantes térmicos e elétricos Frágeis Dureza elevada Ponto de fusão elevado Maleabilidade ruim Boa resistência à corrosão Densidade média .

azulejo. Carboneto de silício • DLC. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Materiais Cerâmicos Materiais Cerâmicos Tipos • Cerâmica Tradicional • Cerâmica Avançada • Revestimento Cerâmico 21 Exemplos • Tijolo.. vidro • Diamante. boretos de ferro etc. . Nitretos de ferro.Prof. porcelana. óxido de zircônio. óxido de alumínio.

Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Materiais Poliméricos Materiais Poliméricos Características Gerais • • • • • • 22 • Em geral opacos mas podem ser transparentes Bons isolantes térmicos e elétricos Boa plasticidade e elasticidade Baixa dureza Baixo ponto de fusão Resistência à corrosão média Baixa densidade .

Náilon . chifre. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Materiais Poliméricos Materiais Poliméricos Tipos • Naturais • Sintéticos 23 Exemplos • Latex. pele. PVC. isopor. unha. Policarbonato. glicose. madeira. celulose.Prof. DNA. cabelo • Acrílico.

Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Materiais Compósitos Materiais Compósitos Características Gerais • • 24 São materiais produzidos de modo a se obter uma otimização de propriedades Tem-se propriedades que não se consegue num único material.Prof. ou que seja economicamente mais vantajoso .

fibra de vidro. embalagem tetrapak. fibra de carbono. aços galvanizados • Pneu. fio condutor de eletricidade com isolante .Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução à tecnologia dos materiais Materiais Compósitos Materiais Compósitos Tipos • Mesma classe • Classes distintas 25 Exemplos • Folha de flandres.

. C.Prof.) .. Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Arranjos Atômicos Estruturas Moleculares Estruturas Cristalinas Estruturas Amorfas C Metano (CH4) 26 Água (H20) Diamante (C) Grafita (C) Vidros (SiO2.

Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos Estrutura cristalina do Ferro materiais Polimorfismo do Ferro 27 .

Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Estrutura cristalina do Ferro Ferro alfa/delta (Fe- e Fe- ) – Cúbico de CORPO centrado (CCC) 1 átomo inteiro Célula unitária 1/8 de átomo Numa célula unitária temos: 1 atomo + 8(1/8) = 2 átomos 28 .Prof.

Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Estrutura cristalina do Ferro Ferro gama (Fe- ) – Cúbico de FACE centrada (CFC) 1/2 átomo Célula unitária 1/8 de átomo Numa célula unitária temos: 6(1/2) átomo + 8(1/8) = 4 átomos 29 .Prof.

Nomenclatura Ferro alfa ou delta Fe . Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Estrutura cristalina do Ferro .Prof. ou Fe . Ferro (CFC) AUSTENITA 30 . Ferro (CCC) FERRITA Ferro gama Fe .

Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Defeitos da rede cristalina Vazios 31 .

Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Defeitos da rede cristalina Átomo intersticial 32 .Prof.

Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Estrutura real do ferro Defeitos da rede cristalina Discordâncias 33 .Prof.

Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Defeitos da rede cristalina Contornos de grão 34 ASM Handbook Vol 9 (2004) .Prof.

Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Há dois tipos de soluções sólidas: solvente soluto a) Solução sólida substitucional  os átomos dos elementos químicos minoritários (do elemento de liga) ocupam posições regulares da rede 35 cristalina do elemento b) Solução sólida intersticial  os elementos em solução ocupam os interstícios da rede cristalina do elemento majoritário .

Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Distorções causadas por soluções sólidas: 36 b) Distorção da rede cristalina por átomos em solução sólida: átomo maior (amarelo) e átomo menor (vermelho) .Prof.

Elasticidade. Tenacidade.Prof. 5. 2. Ductilidade (Plasticidade). Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Propriedades mecânicas 1. 4. Dureza. 3. 37 . Resistência Mecânica.

Sinterabilidade 38 . Usinabilidade 2. Temperabilidade 4. Conformabilidade 3.Prof. Henrique Cezar Pavanati Introdução a à tecnologia dos materiais Propriedades tecnológicas 1. Soldabilidade 5.