SISTEMA MUSCULAR

Anatomia e Fisiologia

INTRODUÇÃO
Os músculos esqueléticos estão associados aos movimentos do corpo Esses movimentos são resultado de características especiais das células musculares

Tecido Muscular

Músculo esquelético
‡ Aproximadamente 212 músculos: 112 na parte anterior e 100 na parte posterior do corpo ‡ Funções: Produção de movimentos, Estabilização das posições, Produção de calor (contração muscular)

Tecido muscular
‡ Inseção e Origem nos ossos ‡ Um músculo possui duas porções: - Média (vermelha e contrátil chamada ventre muscular) - Extremidades (branca, denominada tendão ou aponeurose. Qual a função??) - Tendão x Aponeurose

Fibra muscular
‡ As células musculares (ou miócitos) são longas fibras - podem chegar a 30 cm de comprimento - que constituem os músculos. ‡ São constituídas de microfilamentos chamados actina e miosina responsáveis pela contração muscular

Fibra muscular

Como ocorre a contração?

NEURÔNIO MOTOR

SISTEMA NERVOSO E CONTROLE DA ATIVIDADE MUSCULAR

UNIDADE MOTORA = UNIDADE BÁSICA NEUROMUSCULAR 250 milhões de fibras musculares para 420 mil nervos motores.

OLHO = 1 motoneurônio enerva 10 fibras musculares QUADRÍCEPS = 1 motoneurônio enerva 150 fibras musculares

O CONTROLE MOTOR

³Um estímulo simples do neurônio motor resulta em brusca resposta da fibra´.

³ Séries repetidas de estímulo recebido do neurônio motor resultam em séries repetidas de respostas bruscas da fibra muscular, se o tempo entre cada estímulo sucessivo é longo o suficiente´.

Tétano

³Resulta de uma freqüência rápida (tempo menor entre cada estímulo), existindo ainda tensão na fibra quando ocorrer o próximo estímulo. Um estímulo continuado manterá a tensão no músculo alta até que ocorra a fadiga´.

FLUXO SANGUÍNEO REGIONAL

O sangue chega aos músculos através das ARTÉRIAS que se dividem em REDES CAPILARES no tecido conjuntivo que cerca as fibras musculares; Durante o esforço, os capilares abrem-se, permitindo uma maior irrigação sanguínea e durante o repouso permanecem fechados. A quantidade de sangue requerida pelos m.m. esqueléticos dependerá do nível de atividade. Durante um esforço máximo haverá um requerimento 100 vezes maior de sangue local em em relação à situação de repouso.

ANATOMIA

Classificação
‡ Longo, o comprimento predomina sobre a largura e a espessura. ‡ Chato, o comprimento e a largura se equivalem, predominando sobre a espessura. ‡ Curto, as 3 dimensões se equivalem.

Forma dos músculos

Classificação Funcional
a) AGONISTA = É o músculo responsável pela ação ação muscular desejada. Ex. Flexão do do cotovelo = bíceps braquial, Braquial e Braquiorradial b) ANTAGONISTA = Tem efeito contrário do agonista, freia o movimento no retorno a posição inicial. Ex: Flexão do tronco: Agonista = mm do abdômem Antagonista = mm eretores da espinha

c) SINERGISTA = Músculos que exercem a mesma função; Auxiliam na produção da ação desejada de um músculo agonista. d) ESTABILIZADOR, FIXADOR OU SUSTENTADOR = Estabiliza uma articulação para outro músculo (agonista) realizar o movimento. Referem-se a músculos isometricamente ativos para manter o membro movendo-se, quando o músculo de referência se contrai. e) NEUTRALIZADOR = Cria um torque para opor uma ação indesejada de um outro músculo; Impedem que outros músculos, senão os desejados, executem a ação.

Músculo deltóide

Vasto lateral da coxa

Glúteo

DÚVIDAS??