You are on page 1of 37

Bioenergética 3

Viviane Nouailhetas

Serra do Mar: preservem-na!

Energia de ativação e catálise enzimática

Parâmetros da catálise enzimática
Atividade quantidade de enzima que cataliza 1 µmol de substrato ou produz
1 µmol de produto

Velocidade máxima de catálise

Vmax

Constante de afinidade da enzima
pelo substrato

Km

Efeitos da temperatura e do pH na atividade de uma enzima Temperatura ótima pH ótimo .

Via metabólica Substância 1 Produto (-) Enzima A (limitante) Substância 2 Enzima E Enzima B Substância 5 Enzima D Substância 3 Substância 4 Enzima C .

Pequena amostragem da complexidade das vias metabólicas do corpo humano Esquema das reações do metabolismo Super-campeão .

Como o organismo atende à demanda energética dos diversos tipos de movimento que realizamos? .

Visão geral do metabolismo celular .

7 kcal/mol .ATP como moeda de energia livre ΔG = + 7 kcal/mol ΔG = .

Tipos de exercício Aeróbios Anaeróbios Alácticos LácticosL á c t i c o s Lançamentos Arremessos 200 m rasos 400 m com barreiras Moderado caminhada Intenso e prolongado maratona .

Vias celulares de produção de ATP e o exercício  Sistema ATP/creatina fosfato/creatina cinase (CK)  Metabolismo anaeróbio: Glicólise e produção de lactato  Metabolismo aeróbio: Ciclo de Krebs Cadeia respiratória ou fosforilação oxidativa .

Vias metabólicas para a atividade muscular SISTEMA ATP/CP METABOLISMO AERÓBIO METABOLISMO ANAERÓBIO ATP Atividades curtas (até 6 s) Atividades prolongadas (acima de 10 min) Atividades intermediárias (1 a 3 min) .

Sistema ATP/CP/CK .

12 kcal/mol .Molécula de fosfato de creatina CrP + H20 hidrólise ΔG < 0 Cr + Pi .

12 kcl/mol) Cr ADP + Pi Creatina cinase Síntese G > 0 (+ 7 lcal/mol) ATP G < 0 (+ 7 kcal/mol) ADP + Pi miosina 90° Miosina ATP-ase ∆G > 0 Actomiosina 45° .Sistema ATP/CrP/CK Tamponamento temporal de energia livre CrP ∆G < 0 (.

“Shuttle” de creatina/CK Tamponamento espacial de ATP .

Situações mais emergenciais As enzimas CK e adenilatocinase mantém os níveis de ATP nos tecidos que apresentam alta variação de demanda energética: músculo e cérebro .

AMPK – sensor energético .

Metabolismo Anaeróbio Láctico Corrida de 200 m Michael Johnson Abaixo de 20s .

Metabolismo de carboidratos .

ATP Via metabólica Glicólise .

Metabolismo anaeróbio .

Metabolismo anaeróbio: produção de lactato Regeneração do potencial redoxi do citoplasma .

Glicogenólise Inibição da glicogênio sintetase Ativação da glicogênio fosforilase .

Utilização do glicogênio muscular .

2000 .Lactato (mmol/L) Limiar de Lactato e Exercício [lactato] Carga trabalho VO de (L/min) 2 Powers & Howley.

Metabolismo Aeróbio .

Estrutura da mitocondria .

Ciclo de Krebs .

Objetivos da fosforilação oxidativa Recuperação do potencial redox Produção de ATP .

Cadeia respiratória e a ATP-sintase na mitocondria .

Produtos finais da via aeróbia .

Consumo máximo de oxigênio (VO2 max) .

2003 .Fatores determinantes do consumo máximo de oxigênio Neder & Nery.

Valores típicos de VO2max .

Produção de ATP pelas vias anaeróbia e aeróbia Substrato energético: glicose .

Até a tarde e obrigada! Serra da Canastra .