You are on page 1of 41

ÁFRICA

PROCESSO DE FORMAÇÃO
DO CONTINENTE

Colonização
Pode dizer-se que a colonização recente da África
iniciou-se com os descobrimentos e com a ocupação das
Ilhas Canárias pelos portugueses, no princípio do século
XIV.
O processo de ocupação territorial, exploração
econômica e domínio político do continente africano por
potências europeias tem início no século XV e estende-se
até a metade do século XX. Ligada à expansão marítima
europeia, a primeira fase do colonialismo africano surge
da necessidade de encontrar rotas alternativas para o
Oriente e novos mercados produtores e consumidores.

As potências europeias, para garantir matéria-prima,
ocuparam os territórios contidos no continente africano.
Logo depois, promoveram a partilha do continente entre
os principais países europeus da época, dando direito de
explorar a parte que coube a cada nação.
O continente já havia sido colonizado pelos fenícios,
gregos, romanos e árabes.
Nos últimos anos o continente africano passou por oito
colonizações diferentes:
Colonização portuguesa, colonização francesa,
colonização britânica, colonização neerlandesa,
colonização belga, colonização espanhola, colonização
italiana, colonização alemã.

Descolonização
A ocupação da África pelas potências europeias prosseguiu
até depois do final da Segunda Guerra Mundial, quando as
colônias começaram a obter a independência, num
processo que se chamou descolonização. Com exceção do
Egito, que tinha proclamado unilateralmente a sua
independência em 1922, e da África do Sul, que se tinha
tornado autônoma em 1910, na forma de domínio do
Império Britânico, os restantes territórios africanos
começaram a obter a independência a partir da década de
1950 e, principalmente, a partir da Conferência de
Bandung, em 1958, em que participaram os quatro países
africanos independentes nessa data.

milho. cevada. arroz e inhame. os principais produtos cultivados. seringais. algodão e sisal. amendoim. cana-de-açúcar. são: mandioca. Os produtos cultivados para o comércio são: café. chá. Na África. figos. uvas. Nos extremos do continente. cultivam-se oliveiras. onde o clima é mediterrâneo. batata-doce. trigo. para subsistência. cacau. .ECONOMIA  Principais atividades econômicas Agricultura A agricultura é praticada de duas maneiras bem distintas: a agricultura de subsistência e a agricultura comercial.

Estes últimos são importantíssimos meios de transporte no deserto. além das criações de ovinos e bovinos. Nas áreas mediterrâneas. nas estepes e nas savanas. A Etiópia é o maior criador. Nos trechos áridos e semiáridos das estepes aparece o pastoreio nômade. A criação de ovinos é a principal. há também caprinos. pois os desertos e a floresta úmida dificultam muito seu desenvolvimento. O rebanho bovino é numericamente menor. . camelos e dromedários.Pecuária Os países africanos não são grandes criadores de gado. As principais criações estão nas áreas mediterrâneas.

A África também é muito rica em fontes de energia. níquel. ferro. na Líbia e na Argélia. zinco. Minerais não metálicos: fosfatos. Extrativismo mineral e energia A África é um continente muito rico em fontes de energia e recursos minerais. urânio. O petróleo é produzido principalmente na Nigéria. Os principais produtos minerais são: Mapa-múndi com a relação dos maiores produtores de urânio do mundo. chumbo. Minerais metálicos: manganês. cobalto. diamantes e prata. bauxita. . Minerais preciosos: ouro (cerca de três quartos da produção mundial). petróleo.

É uma organização de integração econômica entre países da África que tem como objetivo promover a prosperidade econômica dos estados membros. COMESA: (Mercado Comum da África Oriental e Austral). Malaui. Suazilândia. Lesoto. Botsuana. Namíbia. Zâmbia e Zimbábue. Seychelles. Moçambique. Blocos econômicos SADC (Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral). Mauricio. assim como a estabilização política. Tanzânia. através do estabelecimento de uma área de livre comércio. sendo eles: Angola África do Sul. É composta por 14 países. República Democrática do Congo. Foi criada em 17 de outubro de 1992 e é de grande importância para o desenvolvimento econômico coordenado na região. .

 A União Africana (UA) foi fundada em 2002 e é a organização que sucedeu a Organização da Unidade Africana. direitos humanos e desenvolvimento econômico na África. . ajuda na promoção da democracia. Baseada no modelo da União Europeia (mas atualmente com atuação mais próxima à da Comunidade das Nações). especialmente no aumento dos investimentos estrangeiros por meio do programa Nova Parceria para o Desenvolvimento da África.

Seus ritos são realizados em locais determinados com orações comunitárias. danças e cantos que podem ser divididos em: momentos importantes da vida. .SOCIEDADE  População A África é o segundo continente mais populoso do mundo (fica atrás somente da Ásia).  Manifestações culturais   A África é um continente de grande diversidade cultural que se vê fortemente ligada à cultura brasileira. 820 milhões de habitantes (estimativa 2011). Possui. integração dos seres vivos e para a passagem da vida para a morte. Os africanos prezam muito a moral e acreditam até que esta é bem semelhante à religião. aproximadamente.

Os povos do continente africano costumam usar trajes.  Geralmente as pinturas são usadas em cerimônias. tecidos e adornos.  A vestimenta africana tradicional é o traje usado pelos povos nativos do continente. por vezes substituída por roupas ocidentais introduzidas pelos colonizadores europeus. . para enfeitar o corpo ou para exibir o estilo de sua tribo. A capoeira e o candomblé também fazem parte da cultura africana. pinturas corporais. todas as pinturas tem um significado diferente. conforme as identidades de seus devidos grupos.

ou cidades onde predominam população branca e cidades onde predominam negros.DESENVOLVIMENTO E SUBDESENVOLVIMENTO  Concentração de renda e desigualdades regionais As desigualdades na África são bastante acentuadas. elas se tornam ainda mais evidentes quando comparamos brancos e negros. .

da pobreza. O crescimento econômico por si só não é suficiente. educação. .A África é o continente com as maiores desigualdades relativamente ao acesso à saúde. O cultivo da terra é o principal fator de segurança alimentar e de criação de emprego para a maioria dos africanos. ou da sobrevivência infantil. indicando que as famílias pobres não têm partilhado os benefícios do crescimento econômico. e os seus efeitos têm sido tímidos na diminuição da fome. A diferença entre ricos e pobres cresce mais rapidamente do que a economia. água e saneamento.Os riscos da falta de alimentos são maiores que em qualquer outra região do mundo.

como também a pobreza. maior a fome no país e consequentemente é maior também a miséria no mesmo. Outro grande desafio é o combate a fome. Assim. . já que está intimamente relacionado a renda no país. Desafios econômicos Tendo em vista a grande desigualdade na distribuição de renda no continente. Quanto mais pobre. mudar esse aspecto negativo é o maior desafio a ser enfrentado palas nações mais pobres. é necessário que seja reduzida a desigualdade de renda entre as classes. para acabar com a fome e a miséria.

nem todas as economias nacionais são alvo de interesse por parte dos principais investidores. dificilmente se desenvolverá. No entanto. pois. os países do Leste Europeu e asiáticos. . o capital disponível para investimento tem como preferência a América Latina. encaixa-se a maior parte dos países africanos. onde a possibilidade de lucro mostra-se maior.Nesse contexto. Atualmente.O processo de globalização que hoje domina o cenário da economia internacional caracteriza-se pelo investimento dos grandes capitais em países de economia emergente. Efeitos negativos da globalização A globalização é uma das maiores causas para o subdesenvolvimento e pobreza na África. que está à margem desse processo. Isso é um problema para a África. devido à precariedade estrutural em que se encontra. sem esse capital.

QUANTIDADE DE PAÍSES A África é composta por 54 países independentes. sendo 48 continentais e 6 insulares. . Ainda por 4 províncias (territórios nacionais) e mais de 10 territórios estrangeiros.

PROBLEMAS DA ÁFRICA(IMAGENS) .

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

BELEZAS DA ÁFRICA .

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

EQUIPE       Bruna Dianna Felipe Luciana Tainá Victor .