You are on page 1of 10

LIGAS METÁLICAS PARA PRÓTESE

PARCIAL REMOVÍVEL

Allan Martins
Ana Maria Ipólito
Fernando Flávio Vaz
Maria Helena Moreira
Raquel Aragão

 As propriedades químicas resistentes à corrosão e a alterações físicas.  Os metais. temperatura de fundição.  Ter as propriedades físicas e mecânicas (condutibilidade térmica. quando em meio bucal. as ligas e os materiais necessários devem ser baratos e facilmente encontrados.CARACTERÍSTICAS FUNDAMENTAIS Toxicidade. 70% de Co  Manipulação  30% de Cr . coeficiente de expansão térmica e resistência) dentro dos valores mínimos desejados.

 Minimiza a possibilidade de reações alérgicas devido ao baixo grau de solubilidade nos fluidos orais.  Dureza dobrada em relação às ligas áureas.  Baixo custo.  Estética (devido a possibilidade de ter braços menos espessos).VANTAGENS  Maior tolerância dos tecidos bucais ao material. .  Alto módulo de estabilidade (Rigidez ).  Estruturas mais leves e confortáveis ao paciente.

 Grampos não podem sofrer ajustes térmicos. .  Os acabamentos e polimentos são mais difíceis de serem executados.  Maior contração de solidificação.  Alta temperatura de fusão. o que exige técnicas e revestimentos especiais.DESVANTAGENS  Técnica mais complexa.  Ductilidade e limite de proporcionalidade menores que o das ligas áureas (grampos não devem ser dobrados pois poderá ocorrer fratura devido a deformação plástica).

 Estruturas leves e menos densas.ESTRUTURA METÁLICA EM LIGAS DE Co-Cr  O superaquecimento causa formação de grãos grossos.  Baixo grau de solubilidade nos fluidos bucais.  Dureza elevada. que fragiliza a liga em pequenas estruturas (liga).  Alto módulo de elasticidade. Alta fusão: mínimo de 1316º C Baixa fusão: máximo de .

REVESTIMENTOS Sílica + duplicadores de hidrocolóide reversível Fosfatados + silicones Oferece boas fundições Mais refinados Mais Barato Mais caros Difícil de executar acabamento e polimento Indicados para próteses conjugadas .

.  Maior citotoxidade.REUTILIZAÇÃO DAS SOBRAS DA FUNDIÇÃO  Apenas se for sobra da primeira fundição.  Defeitos na fundição. Consequências  Tendências degenerativas com alto índice de contaminação e porosidades.  Corresponder a no máximo 50% em peso do material que vai ser fundido.  O material deve estar limpo e sem oxidação.  Redução do módulo de estabilidade.

.  Espessura reduzida e menor transmissão de carga aos pilares (?).CONFECÇÃO DAS ESTRUTURAS METÁLICAS Cera ou plástico  Evitam fraturas.  Evitam deformação permanente. Desvantagens  Foi desenvolvido para ligas áureas.

Desvantagens:  Pode ocorrer fratura por fadiga.  Não proporciona gosto metálico.  Baixa condutibilidade térmica.  Alta resistência a corrosão. .  Dificuldade de uso.  Porosidades internas (visíveis em radiografias).ESTRUTURAS METÁLICAS EM Ti cp E LIGAS DE TITÂNIO Indicadas para quem tem alergia a liga de Co-Cr (níquel).  Necessário equipamentos e revestimentos especiais. Vantagens:  Baixa densidade.

 Dificuldades técnicas.9% de titânio. • Ti cp -> 99.Ti cp X LIGAS DE Co-Cr Vantagens  Menor módulo de elasticidade (Por ser mais resistente.  Mais estético. • Ligas com titânio -> ligas com pequena quantidade .  Longevidade.  Mais indicada para pacientes com saúde periodontal comprometida.  Braços retentivos dos grampos localizados mais à cervical. mesmo que seja mais flexível). há menor deformidade. alumínio e vanádio. Desvantagens  Alto custo. • Ligas a base de titânio -> liga de titânio.