Tipos de sistemas de propulsão

Propulsão a Turbina a Vapor

Motores de Combustão Externa - é aquela em que a queima do
combustível ocorre fora dele ou, mais precisamente, numa caldeira onde o
calor da combustão é utilizado para produzir o vapor d’água que vai
movimentar a máquina. Como exemplos podemos citar a turbina a vapor.
1

com o objetivo de conseguir-se variação de sua quantidade de movimento e. é o vapor d’água (VAPOR SUPERAQUECIDO) o fluído considerado. A função destes últimos é modificar a direção do fluído em escoamento. . Há duas importantes transformações de energia na turbina: a de energia do fluído em energia cinética no expansor e a de energia cinética em trabalho no eixo nos canais móveis. No caso presente. TURBINA TEORIA BÁSICA DA TURBINA A turbina é uma máquina dotada de canais que permitem o escoamento de um fluído. por meio do qual se obtém trabalho no eixo. A parte fixa da turbina é chamada estator. uma força de impulsão a atuar nas paredes dos canais móveis. como consequência. A turbina mais simples é constituída de um expansor (canal fixo) e de uma ordem de palhetas fixadas na periferia da roda (parte móvel da turbina).

a turbina de reação que não seja Ljungstrom é constituída de ordens alternadas de palhetas fixas e móveis. Assim. . Mista – Conjunto formado de uma turbina de impulsão e outra de reação. toda a queda de pressão de que se dispõe para esta transformação de energia ocorre nos expansores. TURBINA CLASSIFICAÇÃO DAS TURBINAS QUANTO AO PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO Impulsão – A transformação de energia do fluído em cinética só se realiza em canais fixos. Neste caso. Nas fixas há queda de pressão e aumento de velocidade do vapor e nas móveis há queda de pressão e queda de velocidade absoluta. que são os expansores. Reação – A transformação de energia do fluído em cinética realiza-se alternadamente em canais fixos e móveis ou somente em canais móveis (turbina Ljungstrom).

TURBINA CLASSIFICAÇÃO DAS TURBINAS QUANTO AO PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO TURBINAS DE REAÇÃO .

.Curtis. OBSERVAÇÃO: As turbinas de alta pressão. sendo geralmente um ou dois estágios curtis seguidos de vários estágios rateau.Curtis-rateau .Rateau – constituído de vários estágios Rateau. TURBINA CLASSIFICAÇÃO DAS TURBINAS QUANTO AO ARRANJO DE ESTÁGIOS TURBINAS DE IMPULSÃO PODEM SER: .de Laval ou turbina de impulsão simples.constituída de um ou mais estágios Curtis. TURBINAS DE REAÇÃO NORMALMENTE SÃO PARSONS. As turbinas de baixa pressão são geralmente Rateau ou Parsons.constituída de estágios curtis e rateau. . . . de cruzeiro e de marcha a ré são geralmente Curtis.

Nas turbinas de reação. permanecendo a mesma pressão em todo empalhetamento fixo e móvel. Quanto ao emprego. de modo que a pressão e a temperatura do vapor que vai ter ao empalhetamento são relativamente baixas. as turbinas de impulsão levam vantagem quando aplicadas no lado de alta pressão. converte-se em trabalho no estágio Curtis grande parte de energia utilizável da turbina No entanto. há vantagem em utilizar-se a turbina de reação como turbina de baixa pressão. pois haverá queda de pressão e temperatura nos expansores do primeiro estágio. as palhetas fixas correspondem aos expansores das turbinas de impulsão. a única queda de pressão é a que ocorre nos expansores. A queda de pressão ocorre tanto nas palhetas fixas quanto nas móveis. . porque poderemos utilizar material mais leve e mais barato. TURBINA COMPARAÇÃO ENTRE AS TURBINAS DE IMPULSÃO E DE REAÇÃO Em um estágio de uma turbina de impulsão. Como consequência.

TURBINA CLASSIFICAÇÃO DAS TURBINAS QUANTO AO PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO TURBINAS DE IMPULSÃO DE LAVAL .

TURBINA CLASSIFICAÇÃO DAS TURBINAS QUANTO AO PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO TURBINAS DE REAÇÃO PARSONS .

Tipos de sistemas de propulsão Propulsão a Turbina a Gás 9 .

não exigindo os numerosos equipamentos auxiliares.comparadas com os motores a diesel.permitem rápida partida mesmo em temperatura baixa. . Tipos de sistemas de propulsão Propulsão a Turbina a Gás O sistema de propulsão para navios utiliza motores de turbina a gás. semelhantes as empregadas em aviação. produzem menos vibrações na potência máxima e exigem menor número de pessoas para manutenção e operação. e . 10 .a instalação é simples.ocupam um espaço muito menor que outras máquinas.são muito mais leves do que qualquer outro tipo de máquina para a mesma potência. . As principais vantagens das turbinas a gás são as seguintes: . aceleram-se rapidamente e se ajustam prontamente às variações de carga. .

As turbinas são mais empregadas nos navios de guerra que necessitem de altas velocidades ou reserva de potência. exigindo inspeção periódica a suas diversas peças. 11 .maior custo de instalação. .exigem uma instalação de ar comprimido para partida e injeção de combustível.maior trabalho de manutenção. Para os navios mercantes de modo geral ou navios de guerra com velocidades moderadas ou baixas. emprega-se o motor diesel. Tipos de sistemas de propulsão Propulsão a Turbina a Gás As principais desvantagens das turbinas a gás são as seguintes: . . e mais lubrificante. e .consome um combustível mais caro.