A Matriz africana e o Povo Brasileiro • Construção social do Brasil • Massa substancial da força de trabalho de “fazer o Brasil” • A cultura brasileira e a cultura africana • Os povos do continente negro .

Rotas da Escravidão .

Identidade: Iorubás e Bantos .

Bantos  Organizados socialmente  O sagrado é onipresente  Deus criador e pai de tudo que existe  Mundos visíveis e invisíveis interagindo  Ferro .

numa estrutura vertical.Bantos “O poder religioso está presente nos mais velhos.” . por isso o culto aos ancestrais. um cultura valoração de quem chegou mais cedo.

Bantos  Ética negro-africana antropocêntrica  Estrutura social: Aristocracia Homens Livres Escravos  Rei x Incesto .

.

Jejes e Nagôs (Iorubá)  Sec XVIII – transição na rota de escravos  Jejes: Grupos étnicos do antigo Daomé  Nagôs: Grupos étnicos de língua Iorubá  Haussas: Nigeria e Níger .

produção estética e economia monetária  Os orixás Iorubás se tornaram multinacionais .Iorubás  Um povo e não uma nação  No Brasil foram chamados de Nagôs  Monoteístas  Conheciam metalurgia. urbanização.

FIM .

Related Interests