PIB DO BELMONTE

Pr. Luciano Santágueda

Lugar de gente feliz...

BASES
CIENTÍFICAS
PARA A ARCA
DE NOÉ

O TEXTO BÍBLICO

Gênesis 7. 6-16

seus filhos. No dia em que Noé completou seiscentos anos. um mês e dezessete dias. de aves e de todos os animais pequenos que se movem rente ao chão vieram a Noé e entraram na arca. e as comportas do céu se abriram. Noé. por causa das águas do Dilúvio.Noé tinha seiscentos anos de idade quando as águas do Dilúvio vieram sobre a terra. Casais de animais grandes. como Deus tinha ordenado a Noé. E depois dos sete dias. sua mulher e as mulheres de seus filhos entraram na arca. puros e impuros. . nesse mesmo dia todas as fontes das grandes profundezas jorraram. as águas do Dilúvio vieram sobre a terra.

entraram na arca. Naquele mesmo dia. Casais de todas as criaturas que tinham fôlego de vida vieram a Noé e entraram na arca. todos os rebanhos domésticos. com sua mulher e com as mulheres de seus três filhos. Sem. . Com eles entraram todos os animais de acordo com as suas espécies: todos os animais selvagens. todos os demais seres vivos que se movem rente ao chão e todas as criaturas que têm asas: todas as aves e todos os outros animais que voam. Os animais que entraram foram um macho e uma fêmea de cada ser vivo. Cam e Jafé. E a chuva caiu sobre a terra quarenta dias e quarenta noites. conforme Deus ordenara a Noé. Noé e seus filhos. Então o SENHOR fechou a porta.

Introdução. • As águas demoraram 150 dias para escoar completamente (Gn. • A situação envolve: um dilúvio que ocorreu a cerca de 5 mil anos atrás.. • A arca de Noé é um dos assuntos mais misteriosos da Bíblia.3-4). • Uma mega construção naval que durou cerca de 120 anos. • 40 dias de chuvas torrenciais e ininterruptas.. . 8.

. Ainda mais. • A preservação das espécies humana e animal por causa deste fato. 7.19-20). • Uma quantidade cúbica de água suficiente para inundar o planeta e cobrir os maiores montes e picos (Gn. .. • Tal evento inclui uma embarcação com milhares de animais em seu interior durante uma tempestade de 40 dias e um total de 190 dias de navegação.

Perguntas que não calam... • Como essa pequena arca poderia abrigar milhares de espécies? • Como uma caixa de madeira poderia suportar uma tempestade tão violenta com tanto peso em seu interior? • Como uma família e tantos animais poderiam sobreviver tanto tempo dentro daquele ambiente cativo e apertado? .

. • Há bases científicas para uma defesa consistente do fato diluviano? • Existem fatos e evidências que fundamentam tal evento e que o credibilizam como evento histórico? • Por que a arca não tombou? • Como animais tão grandes desceram do Ararate? • Como eles couberam na arca? . Perguntas que não calam..

..Estudando os fatos. .

há cerca de 12 mil anos. geólogo americano). As águas do dilúvio. (Bob Ballard.. as geleiras se derreteram e fizeram subir o nível dos oceanos”.. no final da última Era Glacial. • De onde veio tanta água? • É bem provável que as águas da chuva tenham recebido a ajuda do derretimento das geleiras (a ciência atesta o derretimento delas algumas vezes na história). “Sabemos também que. .

jogou muita água dos oceanos para a superfície terrestre • (Gn. Então Deus fez o firmamento e separou as águas que ficaram abaixo (mares) do firmamento das que ficaram por cima (lagos). 6-7 cita duas fontes: Depois disse Deus: “Haja entre as águas um firmamento que separe águas de águas. E assim foi”. A Bíblia confirma: • A força das marés. . 1. impulsionada pela tempestade.

em parte. frutos de efeitos climáticos e sismológicos como terremotos (o Himalaia em 1951 na Índia). . furacões e outros fenômenos tectônicos (ovo). Mais possibilidades.. Sabemos que a terra na época era bem menos acidentada que hoje. Tais desníveis são..

Mais água.. • As enchentes atuais comprovam tal probabilidade. . • A ciência moderna afirma que há água suficiente nos oceanos para cobrir a superfície terrestre e deixá- la sob 250 metros (caso ela fosse plana).. A Amazônia fica submersa durante meses apenas por motivo das águas das chuvas intermitentes do verão.

32 afirma que o mundo pós diluviano foi reabitado pelas oito pessoas da família noética. • Gênesis 10. 20). . 3. Global ou Local? • Se fosse local não haveria necessidade de salvar os animais. • Pedro fala da salvação de apenas oito pessoas (1 Pe. • Os sedimentos mesopotâmicos provenientes do dilúvio estão depositados nos oceanos do mundo inteiro e em todos os sítios arqueológicos.

açudes) e cumes espalhados pelo mundo. .A National Lançou uma matéria! Existem indícios de sal em diques (represas.

...A descoberta reforçou a idéia de um fato histórico.

.Foi a edição de outubro de 2000.

.. A National de Maio de 2001 dedicou umas 14 páginas às novas descobertas sobre um dilúvio mundial. .

há 7.. com pelo menos 4 mil anos de idade. Os achados de Ballard reforçam a teoria de que os povos que habitavam o local. “ Ossos da Idade do Bronze. fugiram de um dilúvio de proporções bíblicas” (Pg.500 anos. . 104).Alguns trechos da revista.. ressurgem no litoral do Mar Negro.

ricos em matéria orgânica. depositados após o influxo de água salgada. . “O leito do Mar Negro revela uma mudança abrupta: os sedimentos de cor clara de quando a bacia era um lago de água doce dão lugar a sedimentos mais escuros. “Revelações de uma Amostra”. 108). É a prova de que houve uma transição súbita de lago para mar” (pg.

os dois geólogos concluíram que essa inundação ocorreu há cerca de 7..5 mil anos e que a margem desse antigo lago deve estar hoje a 150 metros de profundidade.) recolheu conchas dessa praia submersa que confirmaram as conclusões de Pitman e Ryan”.. . Partindo de amostras de sedimentos e da datação das conchas. Em 1999. lançaram a hipótese de que o grande dilúvio registrado na Bíblia pode ter origem verídica: uma violenta inundação que fez um lago de água doce tornar-se um mar salgado e transformou em refugiados os habitantes da orla do mar Negro. Walter Pitman e William Ryan. Provas de um antigo Dilúvio! “Em 1998. Bob Ballard (. geólogos americanos e co-autores do livro O Dilúvio de Noé.

108: .O trecho da pg.

Rochas sedimentares...
Cerca de 85% das rochas que estão
debaixo de nossos pés são conhecidas
como rochas sedimentares. Isso
significa que elas foram depositadas
sob a água, e quando a água finalmente
desapareceu, o sedimento secou,
endureceu e se tornou rocha. Para isso
ter acontecido, teria de haver um
dilúvio!

Cuvier estava errado...
O paleontólogo Georges Cuvier propôs, certa
vez, uma teoria que defendia que as rochas
sedimentares eram fruto de diferentes
inundações pelo mundo inteiro durante a
história. Sua teoria foi suplantada por
descobertas posteriores que comprovaram a
existências de rochas sedimentares por toda
a Inglaterra, Alemanha, Rússia e etc. Outra
camada contendo fósseis marinhos foi
encontrada se estendendo do norte da
Irlanda, passando pela Inglaterra, França,
Alemanha, Índia, Malásia e terminando na
Austrália!

As camadas falam...
Outro fator interessante é a ordem das
camadas de rochas foram depositadas no
fundo dos oceanos de uma só vez. O
estudo foi do geólogo Johannas Vulther,
em 1893. Ele observou que a ordem dos
fósseis depositados nas camadas
coincide com o seu ambiente marinho.
Assim sendo, os mariscos que viviam no
fundo do oceano foram freqüentemente
encontrados no fundo das camadas. Isso
é exatamente o que se esperaria de um
dilúvio.

• O registro fóssil ainda comprova que várias espécies de plantas não sobreviveram ao dilúvio. comprovou que várias sementes de várias frutas e flores. . depois de submersas em água. podem germinar normalmente depois. E as plantas? • Como as plantas sobreviveram tanto tempo debaixo d’água? Uma pesquisa feita por um cientista chamado George Howe. por até 140 dias. tanto doce quanto salgada.

e isso não é teoria. . Isso prova que as camadas diferenciadas poderia ser depositadas simultaneamente (num dilúvio). eles começam a se mover no sentido da corrente. O sedimentólogo Gilbert Hall comprovou.. Ele constatou.. não dependendo de eras de milhões de anos. Gilbert Hall comprovou. cobrindo alguns dos sedimentos mais leves. através de experimentos. Mas depois. que na realidade. os sedimentos mais leves terminavam no fundo. que os sedimentos mais pesados tendem a cair primeiro no fundo dos oceanos.

outros animais foram sendo afogados e depositados. com mais sedimentos. Depois. atestando de uma só vez.. causando a morte de milhares de seres marinhos. com a subida das águas.. o dilúvio e complicando o evolucionismo. Um pouco mais de Hall. Ele constatou que depois que as chuvas do dilúvio caíram.. sedimentos começaram a ser depositados no fundo dos oceanos.. Isso é exatamente o que vemos nas colunas geológicas. sobre os animais marinhos. .

eras glaciais. cometas. Dados científicos comprovam que a Terra passou por um período em que houve uma extinção em massa de muitas espécies de animais terrestres e marinhos.. Tal período é conhecido no mundo científico como “A Grande Morte”. A ciência vê várias causalidades para tal evento: erupções vulcânicas. A Grande Morte. Não seria um dilúvio? .... efeito estufa.

Somente um depósito súbito aniquilaria tal probabilidade.. porque a ação de predadores...Camadas foram depositadas rapidamente. . Isso. a ação de micro- organismos e a ação climática seriam fatores deteriorantes para qualquer animal morto. de acordo com estimativas do paleontólogo Robert Broom.. só em Kahoo) que temos indica que as camadas foram depositadas rapidamente no fundo do mar ou na superfície da terra. A grande quantidade de fósseis (8oo milhões.

.. cobrir um peixe com 2. Com as taxas de depósito de sedimento atual (0. quanto mais rapidamente um organismo for sepultado e quanto mais hermético for o selo de sua tumba sedimentar. tanto melhor a possibilidade de preservação”.. Os grandes depósitos de fósseis não teriam resistido em condições normais.5 polegadas levaria 100 anos. James Beerbower confirma: “Em geral. ..024 polegadas por ano).

. nos EUA.. da África do Sul.. Mas. calculou que há cerca de 800 milhões de vertebrados na formação do Kahoo. sem falar nas bacias de Williston e a formação de Mission Canyon. resistiram. • O Paleontólogo Robert Broom. .. Isso. • O xisto (rochas de textura laminar como ardósias) de Monterrey contém mais de 1 bilhão de peixes fósseis numa área de 10 km².

• Muitos cientistas já defenderam que a sedimentação foi lente. Mas.A sedimentação foi rápida. .... uma lagosta da Alemanha que foi aparentemente fossilizada no ato de apanhar um pequeno peixe”. ao longo dos milhões de anos. isso mudou: • O paleoecologista Derek Ager afirmou: “tenho em minha coleção..

. Tais evidências estão no Museu de Albany. Algumas estavam se preparando para devorar moluscos que estavam sob seus corpos.. que morreram subitamente.. .. • Dois paleontólogos (Schuchert e Dunbar) relatam na obra Geologia os fósseis de cerca de 400 estrelas do mar que foram encontrados em Nova York.Elas estavam prestes a jantar.

. Por que tais pegadas não foram. e depois. desfeitas por forças erosivas? Isso significa que as pegadas foram. como é natural.. por material sedimentar). As pegadas atestam. Pegadas são freqüentemente encontradas nos registros fósseis. inundadas e soterradas (nesse caso. Por que os animais estão subindo a encosta? Por que não descem? Estariam fugindo de uma inundação? . primeiramente secas em lama. Pegadas foram encontradas em dunas (alguns animais procuraram subi-las).

O Dilúvio Resolve mais um problema! A morte dos dinossauros em massa tem sua única explicação plausível no dilúvio e seus fósseis estão espalhados pelo mundo. .

. que nos declara algo inovador. há um relatório de Fred Beierle sobre os estudos feitos na camada de Paluxy. Ele mostra uma camada com pegadas de dinossauros e de seres humanos. já na sexta edição. Texas. Numa obra chamada “O Vale dos Gigantes”. “O Vale dos Gigantes”. O baixo nível de água durante a seca do verão tornou fácil a descoberta de áreas em que pegadas claras de alguma espécie humana primitiva cruzam as pegadas de dinossauros.

. (Jó 40. Jó sabia das coisas. Que força ele tem em seus lombos! Que poder nos músculos do seu ventre! Sua cauda balança como o cedro. o seu Criador pode chegar a ele com sua espada. Ele ocupa o primeiro lugar entre as obras de Deus.. os nervos de suas coxas são firmemente entrelaçados. Seus ossos são canos de bronze. 15-19). seus membros são varas de ferro. . “Veja o Beemote que criei quando criei você e que come capim como o boi. No entanto.

Quase sem exceção. . É fato conhecido que os poucos peixes morrem naturalmente. encontrados pelo mundo todo. a existência de enormes cemitérios fósseis. são quase que imediatamente devorados por outras criaturas. porém não está acontecendo agora algo semelhante. os leitos de peixes fósseis encontrados se estendem por quilômetros em todas as direções e contêm enterrados cardumes inteiros. Eles têm toda a indicação de terem sido enterrados vivos e com certa rapidez. a aparência é de que esses foram sepultados subitamente. em um grande cataclismo geral. abarcando o globo”. por exemplo. Não se acumulam no fundo dos oceanos ou dos rios.O testemunho do colunista Dalton Ramos Maranhão: “Veja. No entanto. aos milhões.

6).. Os admiráveis leitos de elefantes na Sibéria. O mesmo se pode dizer dos grandes depósitos de répteis fossilizados em outras partes do mundo.. os leitos de cavalos na França. De nenhuma outra maneira pode ser explicada a súbita extinção dos dinossauros e dos grandes mamíferos do passado. os leitos de hipopótamos na Sicília e os acúmulos de organismos marinhos que provavelmente foram a maior parte dos depósitos estratificados do mundo. como nas Montanhas Rochosas e Colinas Negras. . apontam para uma catástrofe mundial na qual veio a perecer o mundo daquele tempo afogado em água (2Pe 3. Ele continua.

milhões desses animais foram sepultados nos atuais desertos daquela região e ilhas do Norte. pg. Mais evidências: E os depósitos de elefantes ou mamutes da Sibéria? Literalmente.² (Apologia da Fé Cristã. que agora são tão estranhos na Sibéria como os elefantes. É o mesmo caso dos rinocerontes. Os cientistas afirmam que esses animais morreram afogados. 18. onde o clima era quente e a vegetação abundante. . Evidentemente viviam naquela região. encontrada ainda nos estômagos dos animais fossilizados. 19). embora saiba-se que os elefantes são fortes nadadores e podem nadar por muito tempo.

Tanto mamutes como bisões foram dilacerados e torcidos como que por mãos cósmicas em fúria divina. C. (Apologia da Fé Cristã.O testemunho do ilustre professor F. . embora alguns deles pesassem várias toneladas. 19). Hibben: Há evidências de perturbações atmosféricas de violência sem igual. pg. Os animais foram simplesmente dilacerados e espalhados através da paisagem como se fossem palha e barbante.

. lobos. . • A geologia afirma que tais animais morreram afogados e foram depositados nas fendas sob água por volta de 5 mil anos.. Ossos estraçalhados de animais (mamutes. cervos e outros mamíferos de menor porte) foram encontrados em fendas ossíferas escavadas nas rochas desde a Europa até a América do Norte. ursos. rinocerontes. hienas. A ciência atesta. bois.

• Gênesis 6. 23 de largura e 137 de comprimento (baseado num côvado de 45 centímetros [Gênesis 6. . • Dos 72 mil tipos diferentes de animais e insetos terrestres. A arca comportaria cerca de 150 mil animais.A arca era grande o suficiente? • A arca era uma caixa retangular com 14 metros de altura. 15]). Noé deve ter levado filhotes. Isso resulta em 45 mil mt³ o que equivale a 569 vagões de trem. a grande maioria é do tamanho ou menor que um gato. 16 diz que ela tinha três andares. o que não encheriam nem 70% de seu interior.

Pra se ter uma noção. ...

para um espaço de 150 mil. • Se Noé levou apenas espécies e não raças. • Insetos não ocuparam tanto espaço e os animais marinhos permaneceram no mar.. . • Algumas espécies certamente hibernaram não precisando de tanta comida. Mais fatos. o número de envolvidos cai para cerca de 3 mil. • Algumas outras espécies podem ter sido preservadas em ovo..

Alguns dizem que ela era mais segura que os navios modernos pela falta de estética naval. . cede sem quebrar. a arca poderia enfrentar ondas de até 60 metros de altura e inclinar-se até quase 90° sem perder a estabilidade. • Arquitetos navais afirmam que um vagão retangular flutuante é o tipo de embarcação mais estável em águas turbulentas. • Pelos cálculos de engenharia naval.A estrutura de madeira agüentaria? • O cedro é forte e flexível.

. As Condições de Navegação “A arca. Henry Morris – Professor e engenharia hidráulica e presidente do departamento de engenharia civil do Instituto Politécnico de Virgínia. como desenhada. admiravelmente adequada para o seu propósito de enfrentar as tempestades do ano de grande inundação”. EUA. Dr. era portanto de todos os modos grandemente estável.

• A família de Noé pode ter se beneficiado dos filhotes dos animais que a arca levava. . • Espaço para comida a arca tinha bastante e a quantidade de água do lado de fora dispensa comentários. mas não anormal.Como sobreviver 190 dias dentro daquela arca? • O ser humano e os animais sobrevivem a qualquer situação desde que o clima seja parametrado e que haja água e comida.800 mt³ (480 vagões de gado dos hodiernos). • O clima era um pouco frio e úmido. • Os cálculos dizem que para Noé e sua família sobraram 36.

A Construção • Como um homem antigo poderia construir uma embarcação desse porte? • A arca não seria tão complexa como as pirâmides de Imhotep. os jardins suspensos da Babilônia. o Templo da deusa Diana dos Efésios e outras das sete maravilhas do Mundo Antigo. . o Coliseu. o Colosso de Rodes. o Partenon.

sacerdote caldeu que escreveu sobre a Caldéia e Assíria por volta de 475 a. . relata pessoas subindo ao Ararate. Um historiador chamado Berose..C.Evidências de um fato histórico. tomando de pedaços de uma embarcação betuminosa e os usando como talismãs.

historiador cristão do primeiro século disse que os armênios chamavam o Ararate de “Lugar da Descida”. um tesouro arqueológico que data de cerca de 2500 a.. Mais fatos. . • Josefo.. C. • As tabuinhas de Ebla. encontrado na Síria moderna a partir de 1974 cita a história de Noé e a arca como fato histórico (mil anos antes de Moisés).

Essa pedra próxima ao Ararate traz a história do dilúvio em detalhes... .

. • Jean Chardan.. . cita o dilúvio. • Marco Polo (1254 – 1324) mencionou a existência da arca e descreveu o Ararate como uma imensa montanha de difícil acesso. Testemunhos de peso. historiador egípcio que escreveu sobre os fenícios. • Hierônimo. viajante francês do século XVII citou lendas referentes ao dilúvio.

. • Um jovem armênio a viu e relatou em fita m 1902... Outras provas. • O explorador Hardwicke Knight encontra uma estrutura retangular de madeira no gelo do Ararate na década de 1930. • Uma patrulha de militares russos constataram a presença de uma embarcação no Ararate em 1916.

. e em 1955 ele busca alguns pedaços da madeira trabalhada a mão revestida de betume e com datação de 5.000 anos. As evidências são grandes.. . • O explorador francês Fernand Navarra vê a arca sob o gelo do Ararate em 1952. Tudo atestado pelo Instituto Florestal de Pesquisa e Experimentação (Madrid) e pelo Instituto da Faculdade de Ciências da Universidade de Bordeaux.

Mais Evidências. • Na década de 70... • O engenheiro George Jefferson Greene fotografa a arca de um helicóptero em 1952. . • Só a Bíblia pode explicar como de fato tal embarcação gigantesca foi parar naquele lugar. aviões espiões americanos e satélites atmosféricos e militares fotografaram a arca no Ararate.

entre povos completamente diferentes como os lapões e os habitantes das ilhas Fiji. a tradição de um dilúvio universal encontra-se no mundo inteiro. Essas tradições freqüentemente mencionam um barco em que algumas pessoas escaparam às águas destruidoras. “Além disso.” John Montgomery (Historiador Judeu) .

. Lutzer cita Robert Boyd: “Curioso é que a arqueologia descobriu nada menos que 33 versões separadas desse dilúvio gigantesco. Robert Boyd afirma: No livro “7 Razões para Confiar na Bíblia”. das quais apenas duas coincidem com a narrativa bíblica”.

165 metros até ao cume. Não seria o Ararate alto demais para os animais descerem? • São 5. • A Bíblia não diz que a arca pousou no topo. • Noé e os animais podem ter aproveitado o escoamento da água. . • Além disso. a grande maioria dos animais são excelentes nadadores.

. ..As fotos indicam a arca numa planície inferior.

Há algo grande e de madeira betumada lá em cima.. ..

.Uma marca no Ararate...

“Pois assim como foi nos dias de Noé.. A Maior Evidência. Portanto. assim como foi nos dias anteriores ao Dilúvio. Jesus Cristo (Mateus 24.. até o dia em que Noé entrou na Arca”. 37-38) . também será a Vinda do Filho do homem. comiam e bebiam. casavam e davam-se em casamento.

Todas as terças e quintas . Junte-se a nós...