You are on page 1of 27

QUÍMICA

A Ciência Central
9ª Edição

Capítulo 3
Estequiometria: cálculos com
fórmulas e equações químicas

David P. White

© 2005 by Pearson Education Capítulo 03

Equações químicas

• Lavoisier: a massa é conservada em
uma reação química.
• Equações químicas: descrições de
reações químicas.
• Duas partes de uma equação:
reagentes e produtos:
2H2 + O2  2H2O

© 2005 by Pearson Education Capítulo 03

Equações químicas • A equação química para a formação da água pode ser visualizada como duas moléculas de hidrogênio reagindo com uma molécula de oxigênio para formar duas moléculas de água: 2H2 + O2  2H2O © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

Equações químicas 2Na + 2H2O  2NaOH + H2 2K + 2H2O  2KOH + H2 © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

fornecem a proporção de reagentes e produtos. Equações químicas • Coeficientes estequiométricos: são os números na frente das fórmulas químicas. © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

Equações químicas © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

© 2005 by Pearson Education Capítulo 03 . Equações químicas • Lei da conservação da massa: a matéria não pode ser perdida em nenhuma reação química.

• As reações de decomposição têm menos reagentes do que produtos: 2NaN3(s)  2Na(s) + 3N2(g) (a reação que ocorre em um airbag) • O NaN3 se decompôs em Na e N2 gasoso. Alguns padrões simples de reatividade química Reações de combinação e decomposição • As reações de combinação têm menos produtos do que reagentes: 2Mg(s) + O2(g)  2MgO(s) • O Mg combina-se com o O2 para formar o MgO. © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

Alguns padrões simples de reatividade química Reações de combinação e decomposição © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

Alguns padrões simples de reatividade química Reações de combinação e decomposição © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

Alguns padrões simples de reatividade química Combustão ao ar A combustão é a queima de uma substância em oxigênio do ar: C3H8(g) + 5O2(g)  3CO2(g) + 4H2O(g) © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

0 u) = 98.1 u) + 4(16.0 u • Não se recomenda a utilização do termo massa fórmula © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .1 u • A massa molecular (MM) é a massa da fórmula molecular. Massa molecular Massa molecular e peso fórmula • A massa molecular (MF): é a soma de MA para os átomos na fórmula.0 u) = 180.0 u) + (32.0 u) + 12(1. MM de C6H12O6) = 6(12.0 u) + 6(16. MM (H2SO4) = 2(MA do H) + (MA do S) + 4(MA do O) = 2(1.

Massa molar • Massa molar: é a massa em gramas de 1 mol de substância (unidades g/mol.mol-1). • Experimentalmente. © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 . 1 mol de 12C tem uma massa de 12 g. • A massa de 1 mol de 12C = 12 g. g. O mol Mol: medida conveniente de quantidades químicas.0221421  1023 daquele algo. • 1 mol de algo = 6.

O mol © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

O mol © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

O mol Esta fotografia mostra um mol de sólido (NaCl). um mol de líquido (H2O) e um mol de gás (O2). © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

• As massas molares para os elementos são encontradas na tabela periódica. • As massas moleculares são numericamente iguais às massas molares. O mol Conversões entre massas. © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 . mols e número de partículas • Massa molar: é a soma das massas molares dos átomos: massa molar de N2 = 2  (a massa molar de N).

Dados Empíricos) e calcule uma fórmula. Fórmulas mínimas a partir de análises • Comece com a % em massa dos elementos (por exemplo. © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 . ou • Comece com a fórmula e calcule os elementos da % em massa.

© 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

• Os índices inferiores na fórmula molecular são sempre números inteiros múltiplos dos índices inferiores na fórmula mínima. © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 . Fórmulas mínimas a partir de análises Fórmula molecular a partir de fórmula mínima • Uma vez que conhecemos a fórmula mínima. precisamos da MM para encontrarmos a fórmula molecular.

Fórmulas mínimas a partir de análises Análise por combustão • As fórmulas mínimas são determinadas pela análise por combustão: © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

NB: As proporções estequiométricas são proporções ideais • As proproções ideais de reagentes e produtos no laboratório devem ser medidas em gramas e convertidas para mols. • Interpretação: a proporção da quantidade de matéria de reagente necessária para se chegar à proporção da quantidade de matéria do produto. © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 . Informações quantitativas a partir de equações balanceadas • A equação balanceada fornece o número de moléculas que reagem para formar produtos. • Essas proporções são denominadas proporções estequiométricas.

© 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

Reagentes limitantes • Se os reagentes não estão presentes em quantidades estequiométricas. ao final da reação alguns reagentes ainda estarão presentes (em excesso). • Reagente limitante: um reagente que é consumido © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

Reagentes limitantes © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

Reagentes limitantes Rendimentos teóricos • A quantidade de produto prevista a partir da estequiometria considerando os reagentes limitantes é chamada de rendimento teórico. • O rendimento percentual relaciona o rendimento real (a quantidade de material recuperada no laboratório) ao rendimento teórico: © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .

Fim do Capítulo 3: Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas © 2005 by Pearson Education Capítulo 03 .