You are on page 1of 33

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

necessitamos de fazer previsões com base nesses mesmos dados organizados. por exemplo. proporcionando ocasiões muito ricas de desenvolvimento numérico.…). não só. Assim.Sentido de número e organização de dados Textos de Apoio para Educadores de Infância Importância da organização de dados no mundo atual “A análise de dados é uma área da Matemática que. quer de adultos quer de crianças. gráficos.… poderá ajudar. “Qual o gelado preferido dos meninos da sala?”. Algumas destas questões só podem ser respondidas através da interpretação de dados e. sobre a qual gostamos de levantar questões. ou “Qual o mês em que mais meninos fazem anos?”.” . uma vez que tem uma forte ligação ao quotidiano. Tarefas que promovam classificação. tabelas. tratamento e análise de informação significativa. organização. no mundo atual tem grande importância. a desenvolver o sentido de número como as capacidades de recolha. nas mais diversas situações. como. todos nós nos deparamos com informação organizada (listas. por vezes. levar as crianças a procurar responder a questões cujas respostas não são óbvias. Habitualmente. contagem e comparação podem considerar-se a base para o desenvolvimento da organização e tratamento de dados.

Para além de dar resposta à questão inicial. após uma discussão à volta da importância de uma alimentação saudável e dos benefícios de comermos muita fruta pode surgir a questão “Qual a fruta preferida dos meninos da sala?”. outras questões podem e devem ser colocadas. diferentes tipos de gráficos). organizar e tratar dados Por exemplo. A resposta não é imediata.Aproveitar a curiosidade das crianças para recolher. tabelas. como por exemplo: Quantos foram os meninos que escolheram o fruto preferido? Qual é o fruto menos escolhido? Quantos meninos o escolheram? Há alguns frutos que tenham sido escolhidos pelo mesmo número de meninos? Foram mais os meninos que escolheram morangos ou os que escolheram cerejas? Quantos mais? Quem é que é capaz de dizer o nome de um fruto que nenhum menino tenha escolhido? . é necessário levar as crianças a pensar a forma como recolher os dados e como os organizar (conjuntos.

No dia seguinte foram ter com ela apresentando os seguintes registos Rui Marta . Um grupo de crianças quis descobrir. Recolha de dados Incentivar as crianças a recolher dados recorrendo a diferentes representações A educadora Sara pretendia mudar a organização da sala e pediu às crianças que ajudassem a descobrir quais os espaços de que mais gostavam. 1.

Educadora – Então qual é o espaço preferido? Rui – O computador! Na escolha alguns espaços ficaram empatados.Ela observou os registos e perguntou-lhes o que tinham descoberto.Não sei! Marta – A casinha e a leitura. Rui – Fiz o desenho do que cada um disse. Marta – Copiei as palavras e fiz tracinhos. Educadora – Quais os que ficaram empatados? Rui . será que a Marta tem razão? Rui – Vou ver! . Educadora – Rui.

Marta – Mas pode haver bananas. de que fruta gostam?” Um grupo de crianças estava interessado em descobrir e os colegas foram ajudando com sugestões: Ana – Vemos que fruta há lá em casa. Ana – Mas eu não sei ler! Tiago – Também se põe a fotografia. João – Não te vais lembrar! Tiago – Podemos fazer uma lista com os nomes e fotocopiamos. E fazemos tracinhos ou cruzes no que gostarem. Melhor organização da recolha de dados Após terem investigado de que fruta gostavam mais na sala surge uma questão: “e os nossos pais.… Rui – Eu vou perguntar ao meu pai. As crianças com a educadora preparam uma lista para recolher os dados: . maçãs e laranjas.

.

Tabelas Tabelas de uma entrada .1.3. Representação 3.

Tabelas de dupla entrada .

Tabelas de frequência mais abstratas .

ou circular). deve. qual a mais frequente. uma vez que a contagem dos elementos da mesma categoria é mais evidente. barras. a maioria dos gráficos convencionais têm níveis de abstração elevados e nem sempre são compreendidos por crianças pequenas As crianças devem ser alertadas para que os gráficos necessitam de um título (nome) elucidativo do que representam Após a construção do gráfico (pictograma. Gráficos A organização dos dados em gráficos permite uma análise mais rápida. qual a categoria menos frequente. No entanto.2. . sempre. haver um momento em que se discute o que este nos sugere (se permite dar resposta à questão inicial. 3.…).

PICTOGRAMAS .

.

necessitam de um sistema de eixos perpendiculares e da escolha de uma unidade . são mais abstractos do que os pictogramas. pelo que a sua utilização em JI depende do grupo e da orientação do educador. Estes gráficos.Os gráficos de barras.

GRÁFICO DE BARRAS A TRÊS DIMENSÕES .